Um bom começo é sempre um bom começo



Há um grande consenso relativamente ao fato de a escolaridade ser um dos maiores
fatores protectores de saúde e de bem-estar.

Felizmente o ensino tende a universalizar-se.

É sinal que teremos, seguramente, gerações cada vez mais saudáveis. Não esqueçamos,
no entanto, que o ensino não se faz só na Escola, mas em todo o lado. E servirá de pouco se a criança aprender a ler e os pais não lhe estimularem o gosto pela leitura, se aprender a desenhar, mas passar as tardes em frente do televisor, gostar de desporto e não tiver um local para o praticar, aprender as regras sociais e de convivência e deparar-se, em casa, com um ambiente desinteressado, violento, malcriado ou ditatorial.

Apoiemos as crianças nesta fase da sua vida e não tenhamos medo – pelo contrário, tenhamos orgulho, pais e professores -, de elas serem, agora e no futuro, muito melhores do que nós fomos ou somos.

Comentários

Um bom começo é sempre um bom começo | Para Pais.