Tivemos tantas visitas que tenho a sensação de que ainda não conheço o meu bebé. O que sugere?



Talvez, se já foi inundada por visitas, as coisas comecem agora a acalmar. Se não, tanto você como o seu companheiro têm que ser educadamente firmes e explicar que você está cansada e que a visita só pode durar dez minutos ou adiá-la para o fim-de-semana ou para uma altura mais conveniente. Não é falta de educação pedir algum tempo e espaço. Depois feche a porta, ignore o telefone e aprecie algum tempo com o seu bebé. Além de chorar, as primeiras tentativas de contacto do seu bebé são através do olhar. Olhe-o nos olhos a uma distância de cerca de 20 cm, a melhor distância para os bebés focarem. Toque-o com suavidade, acarinhe-o, sorria-lhe e fale ou cante para ele. Olhe para os movimentos dele, ouça cada som que ele faz e dê-lhe toda a sua atenção. Irá ensinar o seu bebé a aperceber-se do mundo através destes primeiros contactos. Por vezes, a melhor altura para comunicar é depois de amamentar, quando o bebé está relaxado e satisfeito. Atividades agradáveis também incluem partilhar um banho, dar um passeio, cantar para o seu bebé ou fazer uma massagem. Qualquer coisa que tanto os pais como o bebé possam apreciar. Seria bom dedicar uma noite por semana a “tempo de família”, para passarem o tempo todo juntos. Mas tente manter o compromisso e evitar interrupções.

Comentários

Tivemos tantas visitas que tenho a sensação de que ainda não conheço o meu bebé. O que sugere? | Para Pais.