Tenho ouvido muitas histórias sobre obstruções na enfermaria de trabalhos de parto – eu quero ser útil, mas estou muito nervoso.



Muitos homens ficam muito ansiosos por estarem com as companheiras durante o trabalho de parto e parto. Isso muitas vezes deve-se ao facto de estarem a assistir à experiência das companheiras, uma das coisas mais intensas que uma mulher pode viver, e podem sentir-se inseguros sem saber como ajudar.

Provavelmente a melhor forma de ultrapassar os seus receios é falar com a sua companheira sobre a forma como se sente e tentar discutir as formas em que pode ser útil. Com certeza que irá descobrir que há muitas formas de a apoiar, como saber os seus desejos e falar por ela se ela estiver incapaz de o fazer devido às dores, repetir o que as parteiras ou o médico disserem se ela não tiver ouvido ou dar seguimento à informação, dar-lhe de beber, esfregar-lhe as costas, passar-lhe uma toalha pela cara, pôr ou tirar música, e, no geral, encorajá-la e tranquilizá-la.

Assistir às aulas de parto juntos pode ser muito útil. Poderá aprender mais sobre o desenrolar do trabalho de parto e do parto, e poderá aprender a saber apoiar a sua companheira tanto física como emocionalmente. Algumas aulas ensinam aos acompanhantes de parto técnicas de massagens que podem ser uma forma eficaz de aliviar a dor durante o trabalho de parto. Também lhe será mostrado como poderá apoiar a sua companheira em certas posições de parto. A parteira da sua companheira poderá informá-lo sobre aulas disponíveis na sua área.

Comentários

Tenho ouvido muitas histórias sobre obstruções na enfermaria de trabalhos de parto – eu quero ser útil, mas estou muito nervoso. | Para Pais.