Posts found under: febre

Sintomas e sinais de alarme

Em primeiro lugar, há que saber quais os sinais e sintomas que devem levar a criança IMEDIATAMENTE ao médico: – convulsões – cianose (a criança ficar arroxeada) – dificuldade a respirar (vêem-se as costelas a ir para dentro, e as «asas» do nariz a abrir. A criança tem «fome de ar», piora ou faz muito […]

Ler Mais...

Rubéola

A rubéola é uma doença infeciosa, causada por um vírus, e não provoca doença grave nas crianças – aparecem manchas, gânglios no pescoço, região da nuca e virilhas, e febre baixa, durante 3 a 4 dias. Na maioria dos casos nem estes sintomas surgem. O problema da rubéola tem a ver com a infeção de […]

Ler Mais...

Escarlatina – Quais são os sintomas?

A criança aparece com febre alta dores de cabeça ou de barriga, dificuldade a engolir, falta de apetite, mal-estar e a língua muito encarnada, quase «escarlate». Depois de umas horas ou escassos dias, a língua fica branca, a febre mantém-se e aparecem pequenas manchas, como pequenos pontos, poupando a zona à volta da boca e […]

Ler Mais...

Sinais e sintomas

febre (de início súbito, em «picos»»); arrepios; aspeto tóxico (ar gravemente doente); alterações do estado mental; irritabilidade; letargia; ansiedade e agitação; má resposta a estímulos; coma; choque; pele fria; palidez; cianose; sinais na pele (hemorragias) – petéquias («picadas de alfinete»), equimoses («nódoas negras), gangrena (por falta de oxigenação). O exame aponta para o diagnóstico embora, […]

Ler Mais...

Quinta doença – Que sintomas?

Os sintomas aparecem cerca de uma a duas semanas depois do contágio e, essencialmente, são cansaço e febre ligeira que desaparece rapidamente. Depois destes sintomas (inespecíficos e que na maioria dos casos passam despercebidos), aparecem as manchas (exantema), geralmente ao nível das bochechas, dando o aspecto tradicionalmente descrito como «cara em bofetada» (nesta altura já […]

Ler Mais...

Quais os sintomas?

Os sintomas clássicos da apendicite são dor abdominal, febre e vómitos. A dor começa geralmente mais acima do que a localização real do apêndice, ou seja, acima e ao centro, quase como se fosse uma dor de estômago. Com o evoluir da situação, a dor aumenta de intensidade e desce para a região umbilical, até […]

Ler Mais...
Tag "febre" | Para Pais.