Substâncias perigosas no fumo do tabaco



Os estudos científicos revelaram a existência de cerca de 4000 compostos químicos diferentes no fumo do tabaco, os quais podem ser respirados pelo fumador passivo. Muitos destes são irritantes e agressivos, condicionantes de alterações nos sistemas de defesa e de limpeza brônquica da criança, e estimulantes de alergias. Por outro lado, alguns destes compostos aderem às roupas, paredes, mobílias, tapetes e alcatifas, ou ficam no habitáculo do automóvel. Entre estes compostos estão o alcatrão, o monóxido de carbono, a amónia, o arsénico, o cianeto de hidrogénio, entre outros. Não são substâncias muito saudáveis…

Sem retirar aos fumadores o seu direito a fumar, o que se lhes pede é que evitem fazê-lo, não apenas em frente de crianças mas nos locais onde as crianças habitam e circulam. E aos pais, exige-se rigor e convicção, seja em relação a eles próprios, seja relativamente a amigos e familiares.

Deixar criar um ambiente de fumo à volta do bebé porque se tem medo de ferir susceptibilidades dos amigos não parece defensável.

Se houver visitas ou familiares em casa que queiram fumar, os pais deverão, em defesa do direito da criança a um ambiente respiratório saudável, pedir à pessoa para não fumar ou apagar o cigarro se já o acendeu. Não vão no argumento «Ah!

Mas é só um cigarrinho» ou «Um cigarro não faz mal a ninguém». Faz, no que toca às crianças, principalmente nos primeiros anos de vida ou se têm algum problema respiratório incluindo otites. Os vossos filhos agradecerão estes cuidados.

Comentários

Substâncias perigosas no fumo do tabaco | Para Pais.