Sinais e sintomas



  • febre (de início súbito, em «picos»»);
  • arrepios;
  • aspeto tóxico (ar gravemente doente);
  • alterações do estado mental;
  • irritabilidade;
  • letargia;
  • ansiedade e agitação;
  • má resposta a estímulos;
  • coma;
  • choque;
  • pele fria;
  • palidez;
  • cianose;
  • sinais na pele (hemorragias) – petéquias («picadas de alfinete»), equimoses («nódoas negras), gangrena (por falta de oxigenação).

O exame aponta para o diagnóstico embora, muitas vezes, a ausência das lesões da pele possa atrasar o diagnóstico. Por vezes há sinais e sintomas das doenças associadas (meningite, epiglotite, pneumonia, celulite, artrite ou outros). Os testes que se efetuam incluem a hemocultura, a punção lombar, a análise das lesões da pele, análises ao sangue (designadamente para ver como está a coagulação a funcionar), etc.

Uma septicemia exige imediato internamento hospitalar, numa unidade de cuidados intensivos ou de infeciologia especializada. O choque séptico tem uma mortalidade muito elevada (superior a 50%), estando muito dependente da precocidade do início do tratamento e da sua adequação.

Comentários

Sinais e sintomas | Para Pais.