Serei pesada nas minhas consultas pré-natais?



Em 1941, todas as mulheres grávidas começaram a ser pesadas por rotina nas consultas pré-natais.
Embora se pensasse que existia uma relação entre o aumento de peso da mãe e o peso do bebé ao nascer, mais recentemente concluiu-se que isso não é um bom indicativo de que o bebé está a crescer e assim, nos últimos 10 anos, abandonou-se a rotina de pesar em cada consulta.
Além disso, o aumento de peso pode variar de mulher para mulher nas gravidezes saudáveis, com uma diferença de 3-18 kg.
Hoje em dia, todas as mulheres são pesadas uma vez no início da gravidez e então, juntamente com a altura, calcula-se o seu IMC (índice de massa corporal) o que ajuda a prever certos factores de risco, por exemplo em mulheres com um IMC muito alto ou muito baixo.
A única altura em que deve ser pesada em visitas sucessivas é se houver razões médicas para o fazer, por exemplo, se aumentou muito de peso num curto espaço de tempo, o que pode indicar retenção excessiva de líquidos (edema), um sinal de pré-eclampsia.

Comentários

Serei pesada nas minhas consultas pré-natais? | Para Pais.