Resultados para: "video parto fosspio"

Você está a ver bebé , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa video parto fosspio. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Poderei fazer um vídeo ou fotografar o parto. Preciso de tratar isso com antecedência?

Alguns hospitais permitem que você filme ou fotografe o nascimento do seu bebé, se for o que ambos desejam. Contudo, antes de fazer isso, deverá informar-se sobre se as parteiras ou os médicos que estiverem a assistir ao parto não põem objeções, pois alguns profissionais não gostam de ser filmados por razões legais. Enquanto que alguns casais valorizam muito ter um registo visual de um dos momentos mais especiais das suas vidas, outros casais preferem começar a filmar e a fotografar o seu bebé depois do parto. É importante ter em conta o impacto que poderá ter na sua companheira ser filmada e fotografada num momento tão íntimo e vulnerável, e ela nunca deverá sentir-se forçada a ser filmada. Também será bom pensar se filmar o acontecimento não irá afetar a sua participação no parto. Se estiver concentrado em filmar ou fotografar, não estará tão envolvido no parto como poderia e poderá não dar à sua companheira todo o apoio de que ela necessite. Quando planear como registar o parto do seu bebé, tenha em mente que deve esclarecer o assunto com a sua companheira antes do trabalho de parto, e com a parteira e o médico depois de o trabalho de parto ter começado. Isto é importante para se assegurar de que os desejos de todos serão respeitados, neste assunto. Ler Mais...

O que é um parto assistido?

Um parto assistido é quando se usam fórceps ou ventosas de aspiração, para ajudar a retirar o bebé do canal de parto, se o bebé não estiver a ter um bom progresso durante o trabalho de parto ou se houver complicações durante a segunda fase do trabalho de parto, num parto vaginal. Ainda assim, você continuará a ajudar a expulsar o bebé com as suas contrações, mas o instrumento utilizado ajudará a guiar o bebé através do canal de parto. Ler Mais...

Tive um parto com fórceps pois no fim estava demasiado cansada para fazer força. É provável isso voltar a acontecer?

Um parto assistido é mais comum num primeiro parto do que nos subsequentes. A primeira gravidez e parto causam o alongamento dos ligamentos pélvicos, o que pode facilitar os partos subsequentes e o útero tem mais facilidade em se contrair na segunda e nas vezes seguintes, o que também em geral significa que o trabalho de parto é mais curto. Por vezes, mesmo que a cabeça do bebé não esteja na melhor posição para o parto, por exemplo, se o bebé estiver em posição posterior, em que a parte de trás da cabeça está contra a espinha e o fundo das costas da mãe, poderá ser feito um parto não assistido num segundo parto. Assim, é possível, mas não certo, que tenha um parto vaginal normal da próxima vez. Ler Mais...

Lista de controlo hospitalar – o que verificar antes de ir para o hospital

Parte do planeamento do trabalho de parto é descobrir que serviços são dispensados pelo hospital local e o que você mesma precisa de preparar para a ajudar durante o trabalho de parto e parto. ♦Verifique se a unidade fornece equipamento como bolas de parto ou aparelhos TENS ou se precisa de alugá-los com antecedência. ♦Verifique com antecedência se o hospital tem piscina de parto e parteiras treinadas em fazer o parto de bebés dentro de água. ♦ Descubra se o seu hospital tem um bom bloco de partos. Ler Mais...

Posso utilizar a piscina de parto para o trabalho de parto e parto se já tiver tido uma cesariana anteriormente?

Infelizmente, recomenda-se que se tiver tido anteriormente uma cesariana, os batimentos cardíacos do seu bebé e as suas contrações precisarão de ser monitorizados continuamente durante o subsequente trabalho de parto e parto, o que não pode ser feito numa piscina de parto. A razão para uma monitorização contínua nesta situação é que há uma probabilidade, embora bastante pequena, de uma rutura do útero. Isso por vezes não causa dor e a única indicação pode ser a alteração dos batimentos cardíacos do bebé. Se decidir que quer um trabalho de parto e um parto na água depois de ter tido uma cesariana, a escolha é sua, mas deve estar completamente consciente dos riscos. Ler Mais...
Video parto fosspio | Para Pais.