Resultados para: "video de parto normal visto de frente"

Você está a ver criança , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa video de parto normal visto de frente. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

O que é o mecónio?

O mecónio são as secreções dos intestinos do seu bebé. É castanho-escuro ou esverdeado e de textura pegajosa e granular. O mecónio começa a formar-se logo às 12 semanas de gestação e contém células mortas da pele e restos do líquido amniótico que o bebé engole e digere durante a gravidez. Em geral é expelido depois do parto, com as primeiras fezes, mas pode sair na gravidez ou no trabalho de parto, podendo ser um sinal de que o bebé está em sofrimento. Se for visto mecónio antes do parto, o bebé será cuidadosamente monitorizado durante o trabalho de parto e parto. Ler Mais...

Poderei fazer um vídeo ou fotografar o parto. Preciso de tratar isso com antecedência?

Alguns hospitais permitem que você filme ou fotografe o nascimento do seu bebé, se for o que ambos desejam. Contudo, antes de fazer isso, deverá informar-se sobre se as parteiras ou os médicos que estiverem a assistir ao parto não põem objeções, pois alguns profissionais não gostam de ser filmados por razões legais. Enquanto que alguns casais valorizam muito ter um registo visual de um dos momentos mais especiais das suas vidas, outros casais preferem começar a filmar e a fotografar o seu bebé depois do parto. É importante ter em conta o impacto que poderá ter na sua companheira ser filmada e fotografada num momento tão íntimo e vulnerável, e ela nunca deverá sentir-se forçada a ser filmada. Também será bom pensar se filmar o acontecimento não irá afetar a sua participação no parto. Se estiver concentrado em filmar ou fotografar, não estará tão envolvido no parto como poderia e poderá não dar à sua companheira todo o apoio de que ela necessite. Quando planear como registar o parto do seu bebé, tenha em mente que deve esclarecer o assunto com a sua companheira antes do trabalho de parto, e com a parteira e o médico depois de o trabalho de parto ter começado. Isto é importante para se assegurar de que os desejos de todos serão respeitados, neste assunto. Ler Mais...

Devo esperar até à minha consulta pós-parto para voltar a fazer amor?

Isso depende inteiramente de si e do seu companheiro! É normal querer voltar a ter uma vida amorosa ativa depois do parto mas também é normal não lhe apetecer durante meses! Algumas mulheres preferem voltar à sua vida amorosa só depois da consulta pós-parto por volta das seis semanas. O seu médico poderá confirmar que a ferida de uma episiotomia ou de um rasgão que tenha tido no parto cicatrizou e que o seu corpo está a voltar ao normal. Se tudo estiver bem, é provável que o sexo não seja desconfortável, mesmo de início. Outras mulheres sentem-se prontas para fazer amor antes da consulta pós-natal. Desde que tenha parado de sangrar e que leve as coisas calma e suavemente, não fará mal. Se tiver qualquer problema, poderá discuti-lo com o seu médico na altura da consulta. Ler Mais...

Ecografias 3D e 4D

Muitos laboratórios fazem agora ecografias especiais que revelam o seu bebé em três dimensões ou a movimentar-se num filme ou vídeo. Estas ecografias das 26-32 semanas podem ser muito caras e são feitas mais por curiosidade do que por razoes médicas. A qualidade das imagens em geral é fantástica e os pais por vezes conseguem detectar parecenças genéticas entre eles próprios e o seu bebé. Contudo, a ecografia é muito demorada, o que significa que o bebé está exposto aos ultra-sons mais tempo do que o normal. Além disso, se o bebé estiver na posição errada, pode ser difícil obter uma imagem clara. A posição da placenta, a quantidade de líquido amniótico e o tamanho da mãe também podem afectar a qualidade das imagens obtidas. Ler Mais...

Tive um parto com fórceps pois no fim estava demasiado cansada para fazer força. É provável isso voltar a acontecer?

Um parto assistido é mais comum num primeiro parto do que nos subsequentes. A primeira gravidez e parto causam o alongamento dos ligamentos pélvicos, o que pode facilitar os partos subsequentes e o útero tem mais facilidade em se contrair na segunda e nas vezes seguintes, o que também em geral significa que o trabalho de parto é mais curto. Por vezes, mesmo que a cabeça do bebé não esteja na melhor posição para o parto, por exemplo, se o bebé estiver em posição posterior, em que a parte de trás da cabeça está contra a espinha e o fundo das costas da mãe, poderá ser feito um parto não assistido num segundo parto. Assim, é possível, mas não certo, que tenha um parto vaginal normal da próxima vez. Ler Mais...

Ouvi falar de “dores pós-parto”, mas o que são exatamente?

O termo "dores pós-parto" refere-se ao desconforto que se sente depois do parto quando o útero começa a contrair-se para voltar ao normal, ao tamanho anterior à gravidez. Essas dores são por vezes descritas como semelhantes a dores de período. Por vezes, as mulheres que têm o primeiro bebé podem não sentir dores pós-parto, ou estas podem ser muito leves; são sentidas com mais frequência por mulheres que têm o segundo ou subsequente bebé, devido ao facto de o útero ter de se esforçar mais para recuperar o seu tamanho normal depois de ter sido esticado em mais de uma ocasião. As dores pós-parto também têm tendência a ser mais sentidas pelas mulheres que amamentam os bebés, pois a amamentação estimula a libertação da hormona oxitocina, o que por sua vez estimula as contrações uterinas que são sentidas como dores pós-parto. Se tiver dores pós-parto muito desconfortáveis, é perfeitamente seguro tomar um analgésico leve como paracetamol. Verá que o desconforto desaparece passados alguns dias. Também pode acalmar tomando banhos quentes. Ler Mais...
Video de parto normal visto de frente | Para Pais.