Resultados para: "ver fotos de cicatres de mulheres que ligou as trompas"

Você está a ver bebé , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa ver fotos de cicatres de mulheres que ligou as trompas. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Como é que o ovo é liberto e fertilizado?

Depois da menstruação o corpo segrega uma hormona folículo estimulante (HFE), que actua nos ovários para amadurecer um folículo que contém um óvulo. Na altura da ovulação, um aumento no nível da hormona luteizante (HL) apressa libertação de um óvulo do ovário, o qual viaja para as trompas de Falópio para esperar a fertilização por um espermatozóide. Em cada ejaculação são libertos até 300 milhões de espermatozóides e desses, só cerca de 200 chegam às trompas de Falópio Estes espermatozóides correm em massa para o óvulo e muitos os deles podem prender-se à sua superfície. Nesta fase, as caudas e as cabeças dos espermatozóides separam-se e libertam enzimas que os ajudam a furar o óvulo. Contudo, só um espermatozóide pode penetrar a parte mais interior do óvulo chamada oócito logo que o ovulo e o espermatozóide se fundem com sucesso, deu-se a fertilização e o zigoto começa a dividir-se. Ler Mais...

O que pode afectar a fertilidade de uma mulher?

Condições como a síndrome do ovário policístico (um desequilíbrio hormonal que provoca quistos no ovário) e a endometriose podem prejudicar a fertilidade. Outros desequilíbrios hormonais, como baixos níveis de FSH e LH podem afectar a ovulação; ou os níveis de progesterona podem ser demasiado baixos para reter um ovo fertilizado. Trompas de Falópio danificadas, devido a uma gravidez ectópica, cirurgia endometriose ou doença inflamatória pélvica, a qual pode ser causada por uma infecção como a clamídia podem evitar a concepção. Ovários danificados podem resultar de cicatrizes devidas a uma cirurgia ou infecção ou o fornecimento de ovos pode ser baixo. Algumas mulheres têm uma malformação do útero ou têm cicatrizes uterinas, que podem prejudicar a implantação de um ovo com sucesso. Ler Mais...

Tive uma DST no passado, mas agora está tudo bem – isso irá evitar que eu conceba?

Uma anterior doença sexualmente transmissível (DST) não deverá causar problemas se tiver sido descoberta cedo e tratada com sucesso. Contudo, a clamídia e a gonorreia podem ter consequências a longo prazo se ficarem sem tratamento, em especial nas mulheres. Uma DST sem tratamento pode também ser passada para o seu bebe. A clamídia é a doença sexualmente transmitida mais frequente. Embora tenha cura, muitas pessoas não estão conscientes dos riscos que representa para a saúde. Nas mulheres, até 70 por cento das infecções de clamídia não tem sintomas óbvios, portanto um grande número de casos não são nunca diagnosticados. O risco é que a clamídia não tratada pode causar uma doença inflamatória pélvica, que é uma causa muito comum de infertilidade feminina. Num grande número de pesquisas há uma ligação clara entre a clamídia e a infertilidade dos canais na qual a infecção faz com que se formem aderências e cicatrizes nas trompas de Falópio causando bloqueios nos canais e aumentando o risco de complicações, como a gravidez ectópica. Numa pesquisa finlandesa encontraram-se anticorpos da clamídia no sémen de 51 por cento dos homens inférteis comparados com 23 por cento dos homens férteis concluindo portanto o estudo que a clamídia pode afectar tanto a fertilidade masculina como a feminina. As DST clássicas, como a sífilis e a gonorreia são, em geral, mais fáceis de reconhecer e, em consequência, de diagnosticar e tratar. Ler Mais...

A minha endometriose está a evitar que eu engravide? Há dois anos que estamos a tentar

A endometriose ocorre quando as células da parede do útero, o endométrio, se espalham para outras áreas, corno as trompas de Falópio, ovários e pélvis, o que pode causar cicatrizes e bloqueios que podem afectar a fertilidade. Embora tenha endometriose, não deve concluir que essa é a única causa do seu problema. O conselho geral para qualquer casal que tenha estado a tentar engravidar há mais de 18 meses é que procure aconselhamento médico e o mais certo é que irão ser pedidos a ambos exames para determinar se haverá alguma causa específica para a gravidez não acontecer. Há provas que nos levam a concluir que a dieta tem o seu papel nos sintomas da endometriose; julga-se que aumentar a ingestão de vitamina C e E mais B1, B6 e B12, em conjunto com o aumento de ingestão de ácidos gordos essenciais ómega-3 e ómega-6, e reduzir a ingestão de carne vermelha e gorduras encontradas nos alimentos processados, podem ajudar a reduzir os sintomas de endometriose e por outro lado aumentar a fertilidade das mulheres com esse problema. Ler Mais...
Ver fotos de cicatres de mulheres que ligou as trompas | Para Pais.