Resultados para: "veias v"

Você está a ver gravidez , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa veias v. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

A minha mãe teve varizes – será que também vou tê-las na gravidez?

Cerca de um terço das mulheres sofrem de alguma forma de varizes na gravidez. Isto ocorre porque o aumento da hormona progesterona faz com que as paredes das veias se tornem menos firmes; há também um aumento de pressão dentro das veias como resultado do aumento do útero que pressiona as veias da pélvis. Famílias com varizes no seu historial aumentam as possibilidades de as ter, mas há várias coisas que pode fazer para diminuir os riscos ou a gravidade das varizes. Se as varizes aparecerem durante a gravidez, em geral melhoram dentro de três meses depois do parto, embora infelizmente, em gravidezes subsequentes o mais certo seja voltarem. Ler Mais...

Como muito mozzarella, ele faz parte da lista de “queijos cremosos” que se devem evitar?

O queijo é uma das preocupações principais da mulher grávida, de acordo com pesquisas de saúde. Contudo, os queijos cremosos processados, como o mozzarella, o queijo fresco e o queijo creme, podem comer-se durante a gravidez. Aconselhamos a evitar queijos como o Camemben, o Brie ou Chèvre (um tipo de queijo de cabra cremoso), ou outros com uma casca semelhante e queijos com veias azuis ou curados, pois podem conter Listeria, uma espécie de bactéria que pode prejudicar o seu bebé. O processo de cozedura poderá matar a Listeria; assim poderá ser seguro comer comida que contenha queijos cremosos, com bolor ou de veias azuis, desde que tenha sido bem cozinhada e tenha cozido bem, até por dentro. Ler Mais...

Há algum exercício que ajude a evitar as varizes?

As varizes são veias inchadas, torcidas e doridas que estão cheias com uma quantidade anormal de sangue que causa inchaço (edema) na zona afectada. Em geral situam-se na parte inferior da perna e na barriga da perna. São mais comuns nas mulheres do que nos homens, com um aumento de incidência na gravidez, e também têm tendência a ser hereditárias. Os sintomas mais comuns de varizes e edemas são dores, cãibras nocturnas, adormecimento, formigueiro e dor. Pode diminuir o risco de varizes fazendo exercício com regularidade, como caminhar com rapidez, e tentando incluir outros exercícios na sua rotina diária, como usar as escadas em vez do elevador e se conduzir com frequência, estacionar mais longe do seu destino. Ler Mais...

Estou com 17 semanas e os meus seios mudaram – doem e parecem diferentes. Isso é normal?

É perfeitamente normal e muito comum ter alterações nos seios durante a gravidez. Estas são causadas quer por um aumento do fornecimento de sangue quer pelas hormonas da gravidez, em particular nas primeiras 12 semanas. Antes de a sua gravidez estar confirmada devia sentir uma sensação de formigueiro (em especial na zona dos mamilos) pois a afluência de sangue aumentou. Logo nas 6-8 semanas, os seios podem aumentar e tornar-se mais sensíveis e podem começar a ter um aspecto diferente, com veias muito finas a aparecerem Por volta das 8-12 semanas, os mamilos escurecem e podem tornar-se mais erectos, e já nas 16 semanas, o colostro, o primeiro leite, pode ser espremido. Ler Mais...

Os meus pés continuam inchados depois do parto – é normal?

Os pés e as pernas inchados são um efeito desagradável da gravidez. Depois do parto a pressão nas suas veias diminui e o fluxo de sangue volta ao normal, portanto o excesso de fluido já não é empurrado para os tecidos. O fluido extra que o seu corpo recolheu será expelido e portanto de início poderá urinar muito. Isso pode demorar algum tempo e o inchaço pode perdurar durante pelo menos uma semana, o que é normal. Pode aliviar o inchaço descansando deitada para o seu lado esquerdo, sentando-se com as pernas erguidas, bebendo muita água, urinando muitas vezes, esticando as pernas e os pés, não ficando de pé muito tempo, fazendo exercício moderado, como caminhar, e comendo de forma saudável. Ler Mais...

Tenho medo de tocar na ponta do cordão umbilical do meu bebé – devo limpá-la?

O cordão umbilical continha as artérias e as veias que alimentavam o seu bebé e que removia as secreções durante a gravidez. E normal os pais não quererem tocar na ponta do cordão. Contudo, a ponta pode infetar pois a base pode ficar húmida e, uma bactéria prejudicial que vive na nossa pele pode crescer nessa área húmida antes de a ponta cair, o que acontece, em geral, ao décimo dia. Se a ponta do cordão estiver limpa e seca, não há necessidade de lhe tocar, mas se ficar suja deverá ser limpa com algodão humedecido. Logo que a ponta caia, a zona deve ser mantida seca até cicatrizar, pois o umbigo e a zona circundante também se podem inflamar. Se a ponta tiver mau cheiro ou estiver pegajosa, contacte a sua parteira ou o seu médico. Ler Mais...
Veias v | Para Pais.