Resultados para: "utero por dentro fotos"

Você está a ver bebé , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa utero por dentro fotos. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Estou com 25 semanas de gravidez e o meu bebé parece que “salta” quando ouve ruídos altos – isso é normal?

Os bebés prematuros reagem aos sons e os sons altos produzem-lhes um “reflexo de susto”, portanto isto é uma prova evidente de que os bebés dentro do útero, durante a gestação, também ouvem e reagem aos sons altos, possivelmente com movimentos repentinos. Como mencionado acima, estudos demonstraram que os bebés podem reagir a sons dentro do útero desde as nove semanas de gestação. Conforme o feto vai crescendo, a audição desenvolve-se com os bebés a responder a uma maior variedade de sons. Ler Mais...

Tem de se beber litros de água antes de uma ecografia? Tenho receio de não aguentar.

Para a ecografia de data das 10-14 semanas, é importante ter a bexiga cheia para tornar possível a visão do bebé. Isto porque até às 12 semanas o útero mantém-se na pélvis e o intestino obscurece a visão. Uma bexiga cheia eleva o útero e empurra o intestino para fora do caminho. Vai precisar da bexiga cheia para a ecografia da translucência da nuca entre as 11 e 14 semanas, dependendo de quando for feita. Algumas unidades fazem ecografias transvaginais (uma pequena sonda de ultra-sons dentro da sua vagina) antes das 10 semanas, se a ecografia abdominal for fraca. Nesse caso, não precisará da bexiga cheia e as pesquisas indicam que as ecografias transvaginais são mais confortáveis no início da gravidez em comparação com as ecografias abctominais Não precisa da bexiga cheia para a ecografia das 18-20 semanas pois a posição do útero já se alterou. Ler Mais...

Que sons pode o meu bebé ouvir dentro do útero?

As orelhas do bebé são visíveis por volta das oito semanas e a primeira reacção a sons fortes foi registada às nove semanas. Isto foi medido em estudos feitos tocando uma variedade de sons perto do abdómen da mãe e registando qualquer resposta, como movimentos, através de ecografias. Julga-se que os bebés começam por ouvir sons graves e os sons mais agudos são ouvidos mais tarde, conforme o aparelho auditivo se vai desenvolvendo. Estudos também sugerem que um feto pode reconhecer a voz da mãe e as vozes de amigos chegados e familiares especificamente durante a gravidez. Um estudo revelou que o feto ouve a voz da mãe e que ao ouvi-la os batimentos do seu coração diminuem, indicando que a voz dela tem um poder calmante. Pelas 16 a 20 semanas, a audição está bastante desenvolvida. Os bebés prematuros nascidos nesta altura reagem aos sons, portanto são uma prova viva de que os bebés dentro do útero, nesta fase da gestação, podem ouvir. Pesquisas também sugerem que os bebés respondem quando lhes lêem histórias ou põem música a tocar, durante a gravidez e após o nascimento. Ler Mais...

A minha mãe teve varizes – será que também vou tê-las na gravidez?

Cerca de um terço das mulheres sofrem de alguma forma de varizes na gravidez. Isto ocorre porque o aumento da hormona progesterona faz com que as paredes das veias se tornem menos firmes; há também um aumento de pressão dentro das veias como resultado do aumento do útero que pressiona as veias da pélvis. Famílias com varizes no seu historial aumentam as possibilidades de as ter, mas há várias coisas que pode fazer para diminuir os riscos ou a gravidade das varizes. Se as varizes aparecerem durante a gravidez, em geral melhoram dentro de três meses depois do parto, embora infelizmente, em gravidezes subsequentes o mais certo seja voltarem. Ler Mais...

Indução da Ovulação (IO)

Começa-se por tentar a indução com citrato de clorrifeno (comprimidos). Se este tratamento não se revelou eficaz recorre se a injecções de hormonas gonadotrofinas para estimular os ovários. Isto é seguido por inseminação intra-uterina (IIU) em que os espermatozóides são colocados artificialmente dentro do útero por via dum cateter. É ideal para casais em que o esperma do homem é "lento" ou a mulher tem problemas de ovulação, ou existem ambas as coisas. Ler Mais...
Utero por dentro fotos | Para Pais.