Resultados para: "utero baixo o que fazer"

Você está a ver leite , alimentação e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa utero baixo o que fazer. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, ver parto normal ver tudo, gemeos escondidos barriga, cesariana inflamada.

Quando posso fazer força?

O ideal é começar a fazer força quando sentir necessidade disso, presumindo que o seu colo do útero está completamente aberto. A urgência de fazer força é em geral estimulada pela descida do bebé pelo canal de parto, o que acontece em qualquer altura logo que o colo do útero esteja completamente aberto. Pode sentir a necessidade de esvaziar os seus intestinos e realmente pode evacuar ou urinar um pouco, quando o bebé estiver a empurrar. Isto é muito comum durante o trabalho de parto. Se tanto você como o bebé estiverem bem, será encorajada a fazer força. Por vezes, pode sentir necessidade de fazer força antes de o colo do útero estar completamente aberto. Se for o caso, será importante resistir o mais possível a sensação, pois fazer força nesta fase pode fazer com que o colo do útero inche, o que tomará mais difícil a sua dilatação. Algumas mulheres acham que estar ajoelhadas de gatas, com a cabeça e os ombros mais baixos que as ancas, é uma boa posição para esta fase do trabalho de parto. Ler Mais...

O que é um “D e C”?

D e C são as iniciais para dilatação e curetagem, um procedimento cirúrgico no qual a abertura do útero, o colo do útero, é dilatada e o tecido que envolve as paredes do útero é raspado ou removido (curetagem). Este procedimento é algumas vezes utilizado para garantir a evacuação do conteúdo uterino de uma gravidez não evolutiva. Há vantagens e desvantagens a considerar antes de fazer um D e C. O processo fica em geral concluído em duas horas e muitas mulheres recomeçam a sua actividade no prazo de uma semana. No entanto, a necessidade de uma raspagem cirúrgica ou D e C depois de um aborto tem sido questionada devido a potenciais complicações, tais como hemorragia e infecção. Peça conselho ao seu médico. Há opções menos agressivas do que o D e C. Um método é o de simplesmente observar e esperar para ver se o útero irá expelir espontaneamente quaisquer conteúdos restantes da concepção. Outra opção é um tratamento com medicamentos, que estimulam as contracções do útero para expelir naturalmente os tecidos da gravidez. Ler Mais...

ICSI

Este processo pode ser usado quando se julga que a qualidade do esperma do companheiro pode ser responsável pelos problemas de infertilidade. Se o número de espermatozóides é baixo ou o movimento fraco, o espermatozóide pode ser “ajudado” e fertilizar o ovo. Um único espermatozóide é injectado directamente no ovo e, se a fertilização tiver lugar, o embrião dai resultante é colocado no útero. Ler Mais...

Porque é que os médicos poderão decidir fazer o parto dos meus gémeos por cesariana?

Uma cesariana facultativa pode ser recomendada para um parto de gémeos por várias razoes. A melhor altura para o parto de qualquer bebé é no termo da gravidez (37-40 semanas de gestação) e esse é o caso para o parto de gémeos pois poderão ser mais pequenos do que um único bebé tendo precisado de partilhar o seu fornecimento de nutrientes. Contudo se um ou ambos os bebés estiverem em risco, possivelmente devido a uma síndroma da transfusão feto-fetal ou se tiver tido tensão alta na gravidez poderá haver necessidade de fazer um parto pré-termo. Muitas unidades recomendam uma cesariana para os bebés em posição pélvica, em que o bebé está com as nádegas para baixo dentro do útero, pois há mais riscos associados a um parto vaginal de posição pélvica. Numa gravidez de gémeos, se o primeiro bebé estiver em posição pélvica, isso põe também o segundo gémeo em risco. Também, se o primeiro gémeo estiver em posição pélvica e o segundo de cabeça para baixo (posição cefálica), recomenda-se uma cesariana devido a uma complicação rara de “gémeos travados”, quando os queixos dos bebés estão encaixados um no outro. Se ambos os bebés estiverem de cabeça para baixo e parecerem bem desenvolvidos, muitas unidades maternas encorajarão um parto normal. O seu médico e a sua parteira discutirão isso consigo mais perto do tempo do parto. Ler Mais...

Dilatação

Nas fases iniciais do trabalho de parto, o colo do útero começa a amaciar, e depois começa a dilatar para que o bebé possa passar através dele e sair pela vagina. A cabeça do bebé não pode passar pelo colo do útero até ele estar completamente dilatado. O tempo que isso demora varia: algumas mulheres já têm alguns centímetros de dilatação no início do trabalho de parto, enquanto outras levam várias horas a atingir essa fase. ong>2 CM de dilatação:ong> Na primeira fase, o colo do útero começa a amaciar e a abrir gradualmente. ong>6 CM DE DILATAÇÃO:ong> O colo do útero está a cerca de metade da dilatação e agora as contrações são mais fortes. ong>10 CM DE DILATAÇÃO:ong> O colo do útero alargou o suficiente para o útero poder empurrar o bebé para fora. Ler Mais...
Utero baixo o que fazer | Para Pais.