Resultados para: "tomar agua para dilatar"

Você está a ver bebé , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa tomar agua para dilatar. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Que precauções devo tomar para preparar biberões com água engarrafada, quando estiver a viajar?

Quando utilizar água engarrafada para fazer o biberão, assegure-se de que o selo ainda está intacto. Use água, sem gás e evite água com alta concentração de minerais de sódio, nitrato ou fluoreto. Ferva a água numa chaleira da mesma forma que ferveria a água da torneira em casa, e lave e esterilize o seu equipamento de aleitamento da forma normal. As garrafas grandes de água mineral deverão ser guardadas no frigorífico depois de abertas. Por conveniência, poderá preferir garrafas mais pequenas de água mineral se estiver em viagem. Para uma maior conveniência, o leite pronto a beber está disponível em pacotes pequenos, pelo que não terá de transportar grandes latas de leite em pó consigo. Embora mais dispendiosas, diminuem o trabalho que tem e asseguram-lhe uma boa higiene na ausência de instalações adequadas. Ler Mais...

Posso tomar banho depois de as águas rebentarem?

Se não houver complicações na sua gravidez e no seu trabalho de parto, então poderá tomar um banho, o qual poderá também ser utilizado para aliviar a dor. Sem dúvida que utilizar água no trabalho de parto tem sido avaliado em muitas experiências e a maioria demonstra que as mulheres dizem sentir uma significativa redução na dor. Estudos concluíram não haver aumento no risco de infeção nas mulheres que tomam banho a seguir à rutura espontânea das suas membranas. Se está insegura acerca disto, pergunte à sua parteira quais as diretrizes do seu hospital local, pois muitas maternidades têm políticas específicas para assegurar uma prática segura no que se refere ao uso da água tanto no trabalho de parto como no parto. Ler Mais...

Água-do-mar

É água e sal... teoricamente, porque há que juntar tudo o que o homem lhe adicionou e a que globalmente se chama «poluição». As águas portuguesas são, ainda assim, das mais limpas. Se escolherem uma praia de «bandeira azul» as probabilidades de a água ser limpa são maiores, embora não seja uma garantia total pois as análises só são feitas em amostras recolhidas episodicamente Segundo aspecto, a temperatura: há praias de água mais fria e praias de água mais quente. O Algarve é, em média, mais quente mas, por outro lado, as ondas da costa ocidental ajudam a suportar melhor a temperatura inferior. Os mais pequeninos podem ter frio e isso ser causa suficiente para não quererem tomar banho. Para além disso, as ondas e o seu barulho e movimento de «engolir» também os podem assustar. Terceiro aspecto: a segurança. Há águas mais agitadas e outras menos, há umas com correntes e outras mais mansas. E nem sempre o que parece é - as águas traiçoeiras são as piores. Informem-se sobre o tipo de água que vos espera - aos leitores e às vossas crianças. O nadador-salvador pode- rá esclarecer-vos, sim, porque com toda a certeza irão frequentar uma praia vigiada e terão uma conversa inicial com ele, não é? Ler Mais...

Um parto na água pode ajudar a aliviar a dor?

Está bem documentado que a água pode ajudar com as dores do trabalho de parto. O calor da água reduz os espasmos musculares e o agitar da água alivia a pressão na pélvis, o que por sua vez alivia a dor em geral. A água deverá ser mantida à temperatura do corpo e deverá cobrir a sua barriga para ser eficaz. Estudos têm demonstrado que isto pode reduzir a extensão do trabalho de parto e o risco de rasgar. Os bebés podem nascer completamente debaixo de água para que não tenham dificuldade em respirar até enfrentarem o ar frio. Alguns hospitais permitem utilizar gás e oxigénio numa piscina como alívio de dor adicional. Ler Mais...

Ai! Os meus pontos são mesmo desconfortáveis. Qual a melhor forma de abrandar a dor?

Os pontos causam desconforto durante alguns dias depois de dar à luz, portanto mantenha a zona o mais limpa possível, pois isso ajudará a evitar infeções e a diminuir o seu desconforto. Deverá lavar a zona com água quente, várias vezes ao dia, e assegurar-se de que muda o penso com frequência. Muitas mulheres dizem que as seguintes técnicas ajudam a diminuir o desconforto: Utilizar um penso frio. Pode usar um penso de gel frio que foi especialmente criado com o fim de aliviar o desconforto causado pelos pontos na zona do períneo. Estes têm demonstrado reduzir o inchaço, as pisaduras e a dor com eficácia. Ou faça o seu próprio penso frio colocando gelo esmagado num saco plástico e embrulhando numa toalha seca. Tomar o remédio homeopático arnica, o qual se pensa que ajuda a reduzir as pisaduras. Tomar um banho quente com algumas gotas de óleo de essência de lavanda ou camomila. Tomar analgésicos como paracetamol ou ibuprofeno. Peça conselho ao seu médico ou parteira. Ler Mais...
Tomar agua para dilatar | Para Pais.