Resultados para: "sinequia de pequeno labios bebe"

Você está a ver criança , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa sinequia de pequeno labios bebe. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

E os pipis…

Os pequenos lábios vaginais podem estar, frequentemente, colados. Por vezes é necessário o médico pediatra ou cirurgião afastarem-nos, e os pais deverão depois colocar vaselina durante 15 dias, para não voltar a colar. O nome técnico é«Sinequia dos pequenos lábios». Em alguns bebés do sexo feminino, as hormonas maternas, ainda em circulação no bebé, podem originar um pequeno fluxo vaginal de sangue e de muco. Ler Mais...

O meu bebé é muito pequeno para o tempo que tem – há alguma coisa que se possa fazer?

A partir das 25 semanas a sua parteira irá medir e apalpar a sua barriga para estimar o tamanho do feto. Se ela achar que está “pequena para o tempo” deverá mandá-la fazer uma ecografia para uma avaliação mais segura do tamanho do bebé e da eficácia da placenta. Deverá fazer outra ecografia mais ou menos uma semana depois para medir o crescimento de acordo com o passar do tempo. Se os bebés não crescerem como deveriam, isso é chamado atraso no crescimento intra-uterino (ACIU). Isto pode acontecer devido a um problema do bebé ou da placenta, afectando a quantidade de oxigénio e de nutrientes que chegam ao bebé. A pré-eclampsia pode causar ACIU assim como fumar, beber álcool e drogas leves. Se o seu bebé for muito pequeno e a média de crescimento diminuir bastante, poderá ser necessário fazer um parto antecipado. Ler Mais...

O que é observado?

O técnico começa por verificar o batimento cardíaco do feto e depois conta os bebés - por vezes os gémeos não se revelam antes das 20 semanas! Medirá o perímetro cefálico e o diâmetro (diâmetro biparietal), a circunferência abdominal e o fémur (o osso da coxa) para datar a gravidez e assegurar-se de que o bebé está a crescer bem. Procurará anomalias no cérebro, face e lábios, espinha, abdómen, coração, estômago, rins, bexiga, mãos e pés. Por último, examinará a placenta, o cordão umbilical e o líquido amniótico. Poderá ser possível saber o sexo do bebé, embora você possa pedir para não lhe darem essa informação. Ler Mais...

Pode-se Emaranhar o cordão umbilical ao erguer os braços acima da cabeça?

Não se preocupe com isso! Nada que você faça vai interferir com o corda umbilical do seu bebé. O emaranhado do cordão umbilical deve-se à actividade do bebé no útero quando é ainda muito pequeno. Se a actividade do seu bebé emaranhou um pouco o cordão, a parteira podedesenredá-lo gentilmente no parto. Ler Mais...

O pipi…

Neste grupo etário são menos as questões que podem aparecer relativas ao pipi do que à pilinha. As alterações anatómicas ou pequenas malformações, como por exemplo a colagem (sinéquia) dos pequenos lábios, são detetadas no primeiro ano de vida. Todavia, a observação do pipi deverá fazer parte dos cuidados normais de saúde. Um aspeto importante é a lavagem. A mucosa vaginal é muito sensível e pode inflamar-se com facilidade, se sujeita a trauma ou fricção. A lavagem deve ser sempre feita cuidadosamente, e como a criança já vai adquirindo autonomia, inclusivamente iniciando o banho sozinha, por volta dos 4-5 anos, deve ensinar-se que a lavagem do pipi deve ser feita mais suavemente do que, por exemplo, as mãos ou os pés. Por outro lado, há sabonetes e gel de banho que não causam irritação na pele, mas que podem causar na mucosa vaginal, afinal a única mucosa tão exposta a estes produtos. Se isso se verificar, há produtos das linhas cosméticas que são hipoalergénicos e concebidos para a higiene chamada «íntima». Uma das causas de inflamação (com consequente ardor ou dor, irritação e vontade de coçar) é a manipulação dos órgãos genitais (habitual entre os 3-4 anos), que referirei mais detalhadamente no capítulo do Desenvolvimento - é uma das razões pela qual se deve dizer à criança que deve ter cuidado em evitar essa prática. A proximidade da região vaginal e da uretra da região anal (nos rapazes o percurso é muito maior), pode favorecer infeções urinárias. A limpeza deve ser sempre no sentido anterior-posterior, para evitar que o papel higiénico ou o toalhete tragam bactérias que residem nas fezes (como o colibacilo) para a região vaginal-uretral. Se houver parasitas (oxiúros, por exemplo), estes podem provocar essa contaminação, causando irritabilidade vaginal, com ou sem infeção urinária. Finalmente, é normal aparecer, cerca dos 4-5 anos, um corrimento que «suja as cuecas»», às vezes com aspeto esverdeado. Se é a primeira vez, deverá ser feito um exame bacteriológico, micológico e parasitológico para excluir infeção ou infestação. Se se torna repetitivo, a lavagem com um dos solutos de limpeza que referi é suficiente. Deve sossegar-se a criança, para não pensar que está doente. Caso se constate que as cuecas estão sujas de sangue, por exemplo, há que pensar se não sofreu um traumatismo. Saltar sobre um obstáculo e até as brincadeiras normais podem causar uma lesão vaginal com sangramento, nas que já não usam fralda e que, portanto, estão mais expostas. Num e noutro sexo é imprescindível insistir para ir à casa de banho regularmente dado que a micção é a melhor forma de evitar infeções urinárias. A retenção (porque estão a brincar e não querem interromper, por exemplo), leva à estagnação da urina e dá tempo para as bactérias se desenvolverem. Ler Mais...

Queilite

Queilite significa inflamação dos lábios, com vermelhidão, fissuras (por vezes com sangramento, sobretudo se a criança as morder e tentar arrancar) e aparecimento de escamas. É mais frequente nas crianças alérgicas. O frio e o vento, bem como o pó e a secura ou o sol, ou ainda uma dieta sem vegetais e fruta, podem também ser causa da queilite. O tratamento faz-se com aplicação de vaselina ou batons próprios, tentando que a criança não arranque as peles secas. Se há infeção, especialmente no canto da boca, pode ter de se aplicar uma pomada com antibiótico durante 3 a 4 dias, e dar um xarope de vitamina B. Ler Mais...
Sinequia de pequeno labios bebe | Para Pais.