Resultados para: "sarna na gravidez passa pro bebe"

Você está a ver alimentação , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa sarna na gravidez passa pro bebe. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, ver parto normal ver tudo, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Sarna

A sarna é uma irritação cutânea, causada pela infestação da larva de uma parasita que se introduz debaixo da camada mais superficial da pele. As borbulhas que aparecem na pele traduzem a reação alérgica aos ovos e fezes dos parasitas. O nome «escabiose», que designa a sarna, vem de uma palavra latina que significa «coçar» - este é o sintoma principal da sarna. A transmissão da sarna faz-se através do contacto pele com pele, com uma pessoa infetada, e o parasita é muito contagioso. Apesar de estar associada a «porcaria», a verdade é que qualquer criança pode apanhar sarna. A transmissão da sarna faz-se através do contacto pele com pele, com uma pessoa infetada, e o parasita é muito contagioso. Apesar de estar associada a «porcaria», a verdade é que qualquer criança pode apanhar sarna. Os sintomas e sinais são comichão muito intensa e aparecimento na pele de uns altos, pequenos, avermelhados, espalhados pelo, corpo mas mais vulgares entre os dedos, nos punhos, parte externa do cotovelo, axilas, parte de baixo da barriga e região genital. É raro o envolvimento da cara. Além das borbulhas, surgem também umas linhas vermelhas, finas, que correspondem aos túneis que as larvas fêmeas escavaram debaixo da pele, para colocar os ovos. A comichão é tão intensa que impede de dormir, e piora com o banho ou à noite. Se a criança se coçar muito, podem surgir lesões de coceira e infeção. Os sintomas e sinais podem demorar um mês a aparecer, se for o primeiro contacto com o parasita, ou apenas dois dias, se já tiver havido infestação anterior. Num caso suspeito, há que consultar o médico-assistente ou um dermatologista. Este poderá examinar uma amostra de pele ao microscópio, encontrando as larvas ou os ovos. No total, a infestação não ultrapassa geralmente as dez larvas. O tratamento tem dois objetivos: diminuir a comichão e matar o parasita (através da aplicação de uma loção ou creme especial). É essencial seguir à risca as indicações do médico. Embora não seja claro se a sarna se transmite pelos lençóis, será melhor lavar a roupa num programa quente, bem como os bonecos de peluche. Se houver algum que não possa ser lavado, deverá ser guardado num saco de plástico fechado, durante uma semana. O infantário ou jardim-de-infância deverá ser avisado. Ler Mais...

Antibióticos

Há antibióticos que podem ser tomados com segurança durante a gravidez. Em geral receitam-se os que incluem penicilina, ou, se for alérgica a esses, há outras alternativas seguras. Devera evitar os seguintes na gravidez: * Tetracilinas podem afectar o desenvolvimento dos ossos e dos dentes do bebé e podem causar descoloração dos dentes. * Streptomicina pode causar danos nas orelhas do feto em crescimento que resultará em perda de audição e assim deve ser evitada na gravidez. * Sulfamidas causam icterícia no bebé e não deverão ser dadas na gravidez. Ler Mais...

Os meus enjoos matinais vão provocar falta de alimento ao meu bebé?

Os enjoos matinais são dos sintomas mais comuns da gravidez e julga-se que são causados pelas hormonas da gravidez. É fácil entrar em pânico se vomitar todas as manhãs e parecer que não está a aumentar de peso, mas tente não se preocupar – na realidade não irá começar a ganhar peso até a gravidez estar mais avançada. Desde que esteja de boa saúde antes de engravidar, o seu bebé será adequadamente alimentado. Contudo, é possível que enjoos graves na gravidez (hiperémese) possam pôr em risco o seu bebé. Diga ao seu obstetra ou parteira se não conseguir reter nenhum líquido ou alimento. Ler Mais...

Estou com quatro meses de gravidez e ainda tive poucas consultas – vão-se tornar mais frequentes?

Sim, as suas consultas pré-natais vão tornar-se mais frequentes conforme a gravidez vai avançando. Na sua primeira gravidez, pode esperar um total de cerca de 10 consultas mas se já teve antes um bebé, poderão ser só 7. Se aparecer alguma complicação, serão marcadas consultas adicionais de acordo com as suas necessidades. O plano de consultas pré-natais difere ligeiramente de local para local, mas regra geral pode esperar uma consulta nas seguintes fases da gravidez: uma ou duas consultas por volta das 12 semanas de gravidez e depois consultas às 16 semanas, 25 semanas, 28 semanas, 31 semanas, 34 semanas, 36 semanas, 38 semanas, 40 semanas e, se o bebé atrasar, 41 semanas. Se estiver à espera do seu segundo ou subsequente bebé e a gravidez estiver a ser normal, pode não precisar de assistir a tantas consultas. Ler Mais...

É normal ter dores pélvicas no início da gravidez?

As dores pélvicas estão associadas à área que suporta a sua pélvis, os ligamentos da sínfise púbica. Estes podem inchar ou separar-se causando bastante dor. Isto designa-se por disjunção da sínfise púbica (DSP). Julga-se que é causado pelas hormonas da gravidez e é bastante comum na gravidez avançada, mas pode aparecer mais cedo. Muitas mulheres sentem mais dores quando estão a caminhar ou deitadas. Use sapatos confortáveis na cama use almofadas para apoiar a anca e as pernas, junte as pernas ao sair da cama, evite bater com o peito, e descanse muito. Algumas mulheres acham que ajuda sentarem-se numa bola de parto. Poderá ter de ir a um fisioterapeuta obstétrico e usar uma cinta de apoio. Nos casos mais graves, poderão ser necessárias canadianas. Geralmente passa depois do parto. Ler Mais...
Sarna na gravidez passa pro bebe | Para Pais.