Resultados para: "resto de parto na barriga"

Você está a ver grávida , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa resto de parto na barriga. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Evitar dores de barriga – A importância da higiene no biberão

Os bebés pequenos são mais vulneráveis a infeções gastrointestinais, por isso é importante obedecer a regras de higiene. Um dos aspetos mais importantes no aleitamento a biberão é certificar-se de que os utensílios usados são cuidadosamente esterilizados e limpos, e sem quaisquer vestígios de utilização anterior. Deve portanto esterilizar os biberões, tetinas e tampas. Se o bebé não beber tudo, não guarde o resto para lhe dar mais tarde, pois os germes da boca dele podem já ter ido para o biberão e podem desenvolver-se no leite. Quando viajar ou estiver ausente, deve ter cuidado com o transporte dos biberões. O leite de pacote já preparado ou a mistura do leite e da água dos diferentes lugares podem causar dores de barriga nos bebés alimentados a biberão. Ler Mais...

Como se sentem as contrações do trabalho de parto?

De uma forma geral, as mulheres sentem as contrações como um apertar doloroso dos músculos do útero. Embora elas realmente comecem no cimo da sua barriga e vão descendo, pode sentir mais dor e uma sensação de pressão na parte mais baixa do seu abdómen e na pélvis, conforme o bebé vai sendo empurrado para baixo pelas contrações. Algumas mulheres sentem a dor na barriga, enquanto outras sentem as dores de trabalho de parto como dores de costas. Em geral, as contrações têm tendência a começar como uma dor menstrual forte, aumentando gradualmente de intensidade; contudo, a intensidade da dor é diferente em cada mulher. Ler Mais...

Plano de parto

Indicar as suas preferências para o trabalho de parto e parto A finalidade do plano de parto é comunicar os seus desejos para o trabalho de parto e parto. O seu plano pode ser tão detalhado ou tão breve como quiser. Tenha em conta que certas circunstâncias podem tomar impossíveis algumas das suas preferências. Discuta o plano com a sua parteira antes do parto. Tem aqui algumas sugestões sobre o que incluir: Pode querer indicar quem será o seu acompanhante no parto, e se quer mais do que um. Pode incluir as suas preferências para lidar com a dor do trabalho de parto. Quer um trabalho de parto natural (talvez utilizando uma piscina de parto), ou tem um medicamento preferido para aliviar a dor? Pode indicar que posições gostaria de utilizar durante as várias fases do trabalho de parto. Quer estar ativa na primeira fase e em que posição gostaria de dar à luz? Tem problemas em estar ligada a um monitor fetal? Se tiver, quer pedir que isso só seja feito intermitentemente? Indique as suas preferências para depois do parto. Quer que o seu bebé seja colocado em cima da sua barriga, e quando quer começar a amamentar? Ler Mais...

Quando devo pôr o meu bebé de barriga para baixo?

Mesmo um recém-nascido pode passar algum tempo de barriga para baixo quando estiver acordado para ajudar a fortalecer o pescoço e os ombros e para ajudar a controlar a cabeça. É importante que o seu bebé não passe o tempo todo deitado de costas, pois com o passar do tempo pode deformar a cabeça e "achatá-la" num dos lados. Quando for mais velho, deitá-lo de barriga ajudá-lo-á a aprender a gatinhar. Supervisione-o durante "o tempo de barriga para baixo" e esteja pronta para ajudar se ele se cansar ou ficar frustrado; irá gradualmente ficando mais forte. Contudo, nunca ponha o seu bebé de barriga para baixo para dormir, pois isso pode aumentar o risco de morte súbita. Ler Mais...

Um parto na água pode ajudar a aliviar a dor?

Está bem documentado que a água pode ajudar com as dores do trabalho de parto. O calor da água reduz os espasmos musculares e o agitar da água alivia a pressão na pélvis, o que por sua vez alivia a dor em geral. A água deverá ser mantida à temperatura do corpo e deverá cobrir a sua barriga para ser eficaz. Estudos têm demonstrado que isto pode reduzir a extensão do trabalho de parto e o risco de rasgar. Os bebés podem nascer completamente debaixo de água para que não tenham dificuldade em respirar até enfrentarem o ar frio. Alguns hospitais permitem utilizar gás e oxigénio numa piscina como alívio de dor adicional. Ler Mais...

Gostaria de comunicar e de criar laços com o meu bebé antes do nascimento. Há alguma coisa que eu possa fazer?

Com o progredir da sua gravidez, há muitas formas de se concentrar no seu bebé e de comunicar com ele e essas ocasiões são uma oportunidade para relaxar e também para tirar uma folga. * Relaxe num banho morno e concentre-se em sentir os movimentos do seu bebé, imaginando o que ele estará a fazer dentro de si. * Fale com o seu bebé. O seu bebé pode detectar sons fora do útero por volta do segundo trimestre e o mais provável é prestar atenção à sua voz. Pode ir comentando as suas actividades ou mesmo ler para o seu bebé. O seu companheiro também pode conversar com o bebé. * Esfregue ou massaje a barriga. Irá descobrir que o seu bebé responde com pontapés; é quase como estar a ter uma conversa! * Passe algum tempo a fazer planos para a chegada do bebé, por exemplo, escolhendo as cores para o quarto do bebé ou mesmo comprando alguns fatinhos. * Inscreva-se com o seu companheiro em aulas de preparação para o parto. Isso dará a ambos a oportunidade de pensar no trabalho de parto, no parto e no vosso bebé. * Consulte um livro de nomes de bebés e faça uma lista daqueles de que você e o seu companheiro gostam. * Alguns casais gostam de tirar fotografias com regularidade da barriga em crescimento. Ler Mais...
Resto de parto na barriga | Para Pais.