Resultados para: "remedio caseiro para resto de parto em bebes"

Você está a ver gravidez , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa remedio caseiro para resto de parto em bebes. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Qual a diferença entre uma maternidade e o serviço de obstetrícia de um grande hospital?

As maternidades são dirigidas apenas a servir grávidas e puérperas. Podem estar situadas junto a um grande hospital ou num local completamente separado. Alguns hospitais têm serviços de obstetrícia mais humanizados do que outros. Todos têm acompanhamento médico mas em alguns (ver à esquerda), as parteiras providenciam todos os cuidados numa área específica da unidade materna. Como a maioria das mulheres dá à luz sem necessidade de intervenção médica, essas unidades providenciam uma boa alternativa aos ambientes hospitalares mais especializados. O ambiente numa maternidade tem tendência a ser mais relaxado e flexível, o que pode atraí-la se quiser uma atmosfera de parto caseiro com apoio adicional. Também terá apoio contínuo das parteiras e até pode ser assistida pela mesma parteira durante todo o trabalho de parto e parto. Além disso, as parteiras das maternidades têm muita experiência em conduzir um parto sem intervenção médica. Assim, todos estes fatores aumentam as suas probabilidades de ter um parto sem problemas. Para ter o direito a ter um parto num destes serviços, terá de ter uma gravidez sem complicações e não querer cuidados médicos especializados ou o trabalho de parto e o parto monitorizados. Se ocorrerem complicações no trabalho de parto ou no parto, numa maternidade poderá ser transferida para o hospital mais próximo, embora isso seja uma ocorrência rara, pois a maioria das mulheres das maternidades são atendidas até ao fim na própria maternidade. Se tiver o trabalho de parto numa maternidade normal, pode ser sujeita a uma série de políticas e não ter o mesmo grau de flexibilidade. Contudo, terá acesso a uma epidural e, se for necessário uma intervenção de emergência, os médicos estarão à mão. Ler Mais...

Estou grávida de trigémeos – os meus bebés irão precisar de nascer mais cedo?

Uma gravidez múltipla tem mais probabilidades de resultar num parto pré-termo e quantos mais bebés tiver, maior o risco de isso acontecer. O parto de trigémeos com menor risco (embora haja sempre um risco com todos os procedimentos médicos) é uma cesariana facultativa e, se isso for acordado com a sua parteira e o seu médico, será decidida uma data de parto de acordo com o que for melhor para si e para os seus bebés. Os médicos tentarão encontrar um equilíbrio entre os riscos associados ao parto prematuro, como o desenvolvimento dos bebés não estar completo, e o aumento de possibilidades de entrar em trabalho de parto natural conforme se aproxima da sua data de parto prevista. O seu especialista deverá discutir a altura certa para isso consigo e você deverá estar envolvida em todas as decisões. Cada unidade materna tem as suas próprias diretrizes, mas a decisão final será baseada não só na sua saúde mas também na saúde dos seus bebés. Isto assegura o nascimento dos bebés na altura ideal e reduz a possibilidade de ocorrerem problemas associados aos partos pré-termo. Ler Mais...

Ouvi dizer que os bebés nascidos por cesariana são mais espertos porque não têm um parto traumático. É verdade?

Não, é absolutamente errado. Os bebés de termo e saudáveis estão preparados para lidar com os stresses de um trabalho de parto e parto naturais e não serão afetados de forma alguma pela experiência. O tipo de parto em si não afeta as capacidades do bebé, embora se um bebé estiver em "sofrimento" durante o trabalho de parto, isso, em raras ocasiões, pode causar problemas que persistam até mais tarde (embora geralmente o bebé nasça em boa forma). Dá-se o caso de que você pode ajudar o seu bebé mantendo-se saudável na gravidez, por exemplo comendo bem, não fumando ou não bebendo demasiado. Ler Mais...

Que probabilidades há de um bebé morrer em trabalho de parto ou pouco depois do parto?

A morte de um bebé durante o trabalho de parto é, geralmente, causada por falta de oxigénio durante o trabalho de parto, possivelmente devido a problemas com a placenta ou a algum dano causado no bebé durante o trabalho de parto e parto. Contudo, hoje em dia isso é muito raro graças à monitorização da mãe e do bebé, durante o trabalho de parto e de se saber lidar com os sinais de sofrimento. Quando um bebé morre nas primeiras quatro semanas de vida, isso é conhecido como morte neonatal, o que afeta cerca de 3 em 1000 bebés. As mortes neonatais ocorrem em geral em bebés muito prematuros que possam ter dificuldades respiratórias ou em bebés com anomalias cromossómicas ou genéticas graves. A infeção costumava ser uma causa significativa de morte neonatal, mas agora é rara. Para os casais que perderam um bebé nestas circunstâncias, é importante aceitarem que é extremamente improvável que isso esteja relacionado com alguma coisa que eles fizeram ou deixaram de fazer. Ler Mais...

Lista de controlo hospitalar – o que verificar antes de ir para o hospital

Parte do planeamento do trabalho de parto é descobrir que serviços são dispensados pelo hospital local e o que você mesma precisa de preparar para a ajudar durante o trabalho de parto e parto. ♦Verifique se a unidade fornece equipamento como bolas de parto ou aparelhos TENS ou se precisa de alugá-los com antecedência. ♦Verifique com antecedência se o hospital tem piscina de parto e parteiras treinadas em fazer o parto de bebés dentro de água. ♦ Descubra se o seu hospital tem um bom bloco de partos. Ler Mais...

O que significa um trabalho de parto pré-termo?

Pré-termo significa que o bebé nasce algumas semanas antes do previsto. Enquanto só uma pequena percentagem de bebés nasce no dia em que realmente se espera, prever exatamente quando será o parto é completamente impossível. A maioria das mulheres tem os seus bebés entre as 37 e as 42 semanas de gravidez. A data prevista (DPP ou data provável do parto) é calculada às 40 semanas. Tecnicamente, qualquer bebé nascido antes de completar as 37 semanas de gravidez é considerado prematuro, mas quanto mais perto da DPP o seu bebé nascer, menos problemas terá em adaptar-se à vida fora do útero. Ler Mais...
Remedio caseiro para resto de parto em bebes | Para Pais.