Resultados para: "quanto tempo apos ter tido dengue e aconselhavel engra vidar"

Você está a ver grávida , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa quanto tempo apos ter tido dengue e aconselhavel engra vidar. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, cesaria inflamada, gemeos escondidos barriga, colo do utero dilatado fotos, cesariana inflamada, pontos parto normal coçando.

Estou em tentativa de trabalho de parto – durante quanto tempo poderei ficar em trabalho de parto?

Uma tentativa de trabalho de parto é uma coisa que é feita se, por exemplo, uma mulher tiver tido problemas na gravidez ou tiver tido uma cesariana anteriormente. Isso permite à mulher estar em trabalho de parto tempo suficiente para determinar se poderá ser possível um parto vaginal. Poderá ser difícil dizer quanto tempo lhe permitirão estar em trabalho de parto pois o tempo depende do progresso do seu trabalho de parto e da opinião do pessoal médico que estiver a tratar de si. O seu trabalho de parto será cuidadosamente monitorizado com a sua parteira a avaliar o seu progresso com regularidade para verificar se o colo do útero está a dilatar como esperado e se o beestá a descer pela pélvis. Podem-lhe fazer uma monitorização contínua aos batimentos cardíacos do bee terá assistência médica por perto no caso de precisar de uma cesariana. Ler Mais...

Quanto tempo posso ficar em casa depois de ter o meu bebé?

Todas as mulheres grávidas podem gozar de 120 a 150 dias de licença de parto, indiferentemente do tempo de serviço contínuo. A notificação à entidade patronal deve ser feita antes da data prevista para o parto. O subsídio de maternidade é pago durante os 120 dias de licença a 100% da remuneração ou 80% se optar por gozar mais 30 dias de licença. Tem de notificar por escrito o seu empregador até 7 dias após o parto. Ler Mais...

Posso utilizar a piscina de parto para o trabalho de parto e parto se já tiver tido uma cesariana anteriormente?

Infelizmente, recomenda-se que se tiver tido anteriormente uma cesariana, os batimentos cardíacos do seu bee as suas contrações precisarão de ser monitorizados continuamente durante o subsequente trabalho de parto e parto, o que não pode ser feito numa piscina de parto. A razão para uma monitorização contínua nesta situação é que há uma probabilidade, embora bastante pequena, de uma rutura do útero. Isso por vezes não causa dor e a única indicação pode ser a alteração dos batimentos cardíacos do bebé. Se decidir que quer um trabalho de parto e um parto na água depois de ter tido uma cesariana, a escolha é sua, mas deve estar completamente consciente dos riscos. Ler Mais...

Ser-me-á permitido ter um parto em casa?

Se a sua gravidez tem sido classificada como "de baixo risco" - você for saudável e não tiver tido complicações nesta ou em gravidezes anteriores - então um parto em casa é uma decisão possível. Se desejar um parto em casa e tiver tido algumas complicações durante a gravidez, fale com a sua parteira ou contacte o hospital local que poderá aconselhá-la, mas não será provável que a aconselhem a isso. Ler Mais...

Quanto tempo devemos esperar antes de tentar ter outro bebé?

A seguir à perda trágica de um bebé, não há altura própria para um casal tentar ter outro bebé. Isso dependerá muito de quando vocês se sentirem mentalmente preparados. A fase da gravidez em que a perda ocorreu e a forma como o bebé nasceu também pode afetar a vossa preparação para terem em conta uma nova tentativa; por vezes, uma perda numa fase adiantada da gravidez pode levar mais tempo a recuperar. De um ponto de vista tísico, em geral é melhor dar ao seu corpo seis semanas para voltar ao estado normal Se tiver tido uma cesariana, recomenda-se que espere um ano para cicatrizar antes de engravidar de novo. Conselhos e apoio podem ajudar a decidir quando estão psicologicamente prontos para voltar a tentar. O vosso médico ou a vossa parteira podem indicar-vos isso. Ler Mais...

Hepatite A

A hepatite A é uma doença causada por um vírus, pertencente a um grupo de vírus chamado enterovírus, ou seja, vírus que se eliminam predominantemente nas fezes. De facto, o vírus aparece nas fezes desde os primeiros dias da doença até cerca de 15 dias após o início dos sintomas. O período mais infecioso corresponde aos dias imediatamente antes do aparecimento dos sinais e sintomas, ou seja, quando ainda não se suspeita de nada ou quando, pelo menos, os sintomas ainda são muito incaracterísticos. A maior parte dos casos ocorre esporadicamente, passando de pessoa para pessoa. A hepatite A transmite-se fundamentalmente pelas fezes e contaminação oral. Quando aparecem surtos epidémicos, a origem está geralmente na água ou em alimentos contaminados, como pode acontecer em creches e jardins-de-infância. Ao contrário da hepatite B, o vírus da hepatite A permanece no sangue durante muito pouco tempo, pelo que a transmissão através de transfusões praticamente não existe. O mesmo se diz em relação à transmissão sexual. O vírus da hepatite A não se transmite pela saliva, pela urina ou durante o parto. Até há uns anos, quase todas as pessoas, ao entrarem na idade adulta, tinham anticorpos contra o vírus da hepatite A, o que significava que já tinham tido contacto com o vírus embora, na maior parte dos casos, esse contacto não se traduzisse verdadeiramente por doença, ou apenas produzisse alguns sinais e sintomas inespecíficos - que se confundiram com gripes, constipações ou indisposições - é natural que os leitores não se lembrem de alguma vez ter tido hepatite, pelo menos com todos os sinais e sintomas típicos. Ler Mais...
Quanto tempo apos ter tido dengue e aconselhavel engra vidar | Para Pais.