Resultados para: "quando o bebe encaixa doi"

Você está a ver criança , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa quando o bebe encaixa doi. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

É provável eu sentir-me diferente quando a cabeça do meu bebé encaixar?

Muitas mulheres dizem sentir-se fisicamente melhor depois do encaixe da cabeça do bebé pois há um alívio de pressão dentro do abdómen. Como resultado, pode achar mais fácil respirar, dormir e caminhar. Por outro lado, por vezes, quando a cabeça do bebé encaixa, isso pode aumentar a pressão na sua bexiga e pode experimentar uma sensação de bexiga cheia e de pressão entre as pernas. Algumas mulheres também dizem sentir dores vaginais agudas. O encaixe poderá ainda afetar sensações no intestino. Ler Mais...

A posição do meu bebé no útero pode afectar o encaixe da cabeça?

A posição do bebé pode afectar a forma como ele encaixa na pélvis. Por exemplo, se o bebé estiver deitado numa posição “costas com costas”, com as suas costas ao longo das costas da mãe; isso pode dificultar o movimento da cabeça do bebé através da pélvis. Do mesmo modo, se o bebé estiver de nádegas, com os pés primeiro ou numa posição transversal, então o encaixe não será possível, a não ser que o bebé se vire, e será necessária uma cesariana. Julga-se que o nível de actividade da mãe e as posições que ela adopta podem influenciar a posição do bebé no útero. Hoje em dia, é mais comum os bebés estarem em posição costas com costas e julga-se que isso se deve a um estilo de vida mais sedentário. No passado, quando as mulheres eram provavelmente mais activas, talvez fazendo trabalhos como esfregar o chão de gatas, havia menos incidência desta posição. Ler Mais...

Estou com 36 semanas e reparei que me sinto mais confortável e a respirar com mais facilidade. Porquê?

Parece que o seu bebé desceu para a pélvis. A cabeça do bebé encaixa quando a parte mais larga da cabeça desce para a pélvis. Isso significa que, quando a parteira apalpa o seu abdómen, menos de metade da cabeça pode ser sentida abdominalmente. O encaixe é em geral registado nas suas notas pré-natais em quintos, indo de 1/5 a 5/5. Assim, se a parteira tiver escrito “palpável 1/5”, a cabeça do seu bebé está profundamente encaixada na pélvis pois isso significa que 4/5 do seu bebé está descido para a pélvis. A altura e o significado do encaixe dependem de factores. As mulheres que esperam o seu primeiro bebé têm tendência a ter músculos abdominais mais firmes, o que facilita a descida do bebé para a pélvis durante as últimas 4 semanas de gravidez. Parece que foi isso que o seu bebé fez e é por isso que você de repente sente que pode respirar um pouco mais facilmente pois os seus pulmões e caixa torácica não estãoo comprimidos. Um segundo ou terceiro bebé podem não se encaixar até ao início do trabalho de parto pois os músculos abdominais têm tendência a estar mais flácidos. Ler Mais...

Tudo mudou mas nada mudou

Parece paradoxal, mas não é. Tudo mudou no sentido de que nada mais será igual porque a existência do irmão é demasiadamente importante para não ser sentida. Mas nada mudou no aspeto da segurança e doo abandono. No primeiro item encaixa-se o aceitar que o bebé tem direitos, designadamente mamar ou dormir no quarto dos pais, e que tratar dele exigirá tempo dado pela mãe (e muito). A família cresceu e, como tal, ficou mais rica. Só que esta parte demora tempo a entender. Só o passar dos dias se encarregará de mostrar que ninguém sai ferido ou diminuído. Mas um ser desconfiado, herdeiro dos sobreviventes, não vai aceitar isso em antecipação. No «nada mudou» entra a segurança, e dentro da segurança a rotina. Se soubermos o que vamos fazer amanhã - gostemos ou não - sentir-nos-emos tranquilos. Se houver uma situação de total caos e imprevisibilidade (como na guerra, por exemplo), a sensação de insegurança é enorme e destruidora. Se um funcionário estiver a pensar que vai ser despedido e ouvir do seu chefe: «Olhe, amanhã venha à hora que quiser, se quiser até nem venha. E para a semana tire férias, apareça, não apareça, é igual.», ficará com a certeza de que a sua permanência na firma não irá ser muito longa. Pelo contrário se sentir exigência de rigor e de desempenho, pensará que provavelmente a informação que recebeu está errada e que continuam a contar com ele na firma. Do mesmo modo, a disciplina e os limites têm de ser mantidos. Quanto muito, poder-se-á considerar ampliar ligeiramente aquela «zona cinzenta» em que num dia admoestamos, noutros não, mas que nunca correspondem a questões de valores, carácter ou educação - apenas pormenores. Temos de perceber que os Hugos deste mundo estão muito excitados porque não conseguem entender o que se está a passar, alternando sentimentos de grande ambiguidade e ambivalência. Querer e não querer, desejar e repudiar, amar e odiar. E ao mesmo tempo, ainda por cima, o que deixa o corpo sem saber o que fazer, transformando um beijinho em mordidela ou uma festinha em palmada (ou vice-versa). Ler Mais...

Quando mudarmos a fralda devemos usar toalhetes ou só algoo?

A maior parte das parteiras aconselhará a que se limite a usar água quente e bolas de algoo, de preferência biológico, para limpar o seu bebé recém-nascido quando lhe mudar as fraldas. Sabonetes, perfumados ou outros, ou toalhetes de bebé, devem ser usados com cautela pois, embora os produtos de bebé sejam suaves para a pele sensível do bebé, podem mesmo assim irritá-la se forem usados em demasia ou se não forem lavados e secos convenientemente. É preferível evitar por completo os toalhetes até o seu bebé já ter alguns meses. Ler Mais...
Quando o bebe encaixa doi | Para Pais.