Resultados para: "quando medico passar lubrificante pra fazer perversao"

Você está a ver grávida , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa quando medico passar lubrificante pra fazer perversao. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Voltar à intimidade sexo depois do parto

Voltar a ter relações sexuais pode ser assustador. O cansaço e o desconforto dos pontos vão afetá-la e o seu companheiro pode sentir-se inseguro sobre quando iniciar as relações sexuais. Passem algum tempo com caricias e massagens antes do sexo. Poderá sentir alguma secura vaginal como resultado das alterações hormonais e, nesse caso, usar um lubrificante pode ajudar a tornar as relações mais confortáveis. Sejam francos um com o outro sobre os vossos sentimentos para evitar incompreensão e ressentimentos. Ler Mais...

O que é uma massagem do períneo?

Uma massagem do períneo é a prática de massajar o períneo, a pele entre a vagina e o ânus, para a tornar mais flexível em preparação para o parto. A intenção é evitar o rasgar do períneo durante o parto e a necessidade de uma episiotomia ou um parto assistido (fórceps ou extracção por ventosa) pois a pele nesta zona pode tomar-se mais flexível devido à massagem. Experiências clínicas indicam que a massagem do períneo e a massagem vaginal podem reduzir a gravidade de rasgar e que portanto alguns consideram-nas benéficas. Use um gel lubrificante com manteiga de cacau, azeite, óleo de vitamina E ou óleo vegetal puro nos seus polegares e massaje à volta do períneo. Coloque os seus polegares cerca de 3-4 cm dentro da sua vagina e pressione para baixo e para os lados ao mesmo tempo. Gentil e firmemente continue a esticar até sentir uma leve sensação de ardência ou formigueiro. Com os polegares mantenha a pressão durante cerca de dois minutos ou até essa zona se tornar um pouco dormente e não sentir tanto o formigueiro. Enquanto faz pressão com os seus polegares massaje lenta e suavemente a parte de baixo da sua vagina, evitando a abertura urinária, e ao longo do períneo introduzindo o lubrificante no tecido durante 3-4 minutos, Isto ajuda a esticar a pele da mesma forma que a cabeça do bebé a irá esticar durante o parto. Faça esta massagem uma ou duas vezes por dia começando por volta das 34 semanas de gravidez. Depois de cerca de uma semana deverá notar um aumento de flexibilidade. Ler Mais...

Vou à minha primeira consulta na próxima semana – o que é que se vai passar?

A finalidade da sua primeira consulta com o médico é ele obter o seu historial médico e trocarem informações para poderem planear os cuidados futuros da gravidez e do parto. Também é uma oportunidade de ele a conhecer bem e de você colocar todas as questões que queira e discutir o horário das consultas, das análises ao sangue, ecografias e aulas pré-natais. Também lhe serão dados folhetos e panfletos informativos, bem como contactos telefónicos importantes. O médico irá fazer-lhe perguntas sobre o seu historial médico, o historial médico da sua família, o historial médico do seu companheiro e da família, sobre gravidezes anteriores, e como esta gravidez tem corrido até agora. As suas respostas a estas questões irão ajudá-lo a formar uma imagem do seu estado de saúde actual e também ajudarão a identificar algum factor que possa afectar a sua gravidez, por exemplo, se na família houver um historial de pré-eclampsia. A sua parteira também lhe irá medir a tensão arterial, pesá-la, analisar a sua urina e ouvir os batimentos do coração do bebé se você estiver com 12 semanas ou mais de gravidez. Também pode fazer algumas análises ao sangue. Estes exames fornecem uma base útil para futuros exames pré-natais. Ler Mais...

Como escolher os meus cuidados pré-natais?

Isso pode ser, em parte, ditado pelo tipo de cuidados disponíveis na sua área. É importante falar com outras mães dessa área que tenham filhos pequenos, para ver se lhe podem dar algum conselho ou recomendação. O tipo de cuidados que irá receber também depende do local onde pretende dar à luz. Se tiver uma gravidez de baixo risco e decidir fazer o parto em casa ou numa maternidade, então provavelmente só irá ver as parteiras e o seu médico em casa ou no centro de saúde. Se houver complicações, os seus cuidados podem ter de passar a ser prestados pelas parteiras, o médico e um obstetra do hospital. Ler Mais...

Conselhos sobre antecedentes que marcam

Dizer que se se portar mal o médico dá «picas» é um desrespeito pela criança e pelo médico. Confesso que reajo mal quando ouço uma dessas. Num momento em que é necessária confiança da criança, dizer que aquele senhor ou senhora que ali está, a sorrir e a conversar com ela, é um monstro sádico disfarçado não me parece a melhor atitude. Que diriam os pais que dizem esse tipo de coisas se o médico se voltasse para a criança e dissesse: «Quando chegares a casa os teus pais vão ferver-te em azeite quente e partir-te os ossos um a um.» Não gostavam, pois não? «Se ter portares mal...» - cada pai saberá o que quer fazer. Não metam é o médico e as picas ao barulho. Quando uma criança não se acalma e tem de ser observada, os pais têm de colaborar e segurá-la convenientemente, sem brutalidade, mas com firmeza. Não apenas para a ajudar a acalmar, mas porque largar um braço pode fazer com que dê uma pancada, por exemplo, num otoscópio e possa magoar-se. Se os pais confiam no médico, deverão seguir as suas instruções. Não se esqueçam de que o médico-assistente das crianças é, antes de mais, um defensor do bem-estar e dos direitos delas. Ler Mais...

Tivemos um bebé há seis semanas e a minha namorada parece muito em baixo. Como posso ajudar?

É bom que esteja consciente do estado de espírito da sua namorada e que esteja motivado para a ajudar. Se a sua namorada estiver com depressão, não há solução imediata, mas há coisas que pode fazer para a ajudar, como estar simplesmente presente e escutar como ela se sente. Retire-lhe alguma pressão ajudando com algumas tarefas do bebé e dê as boas vindas aos familiares e amigos que desejem fazer alguma coisa prática como passar a ferro, passear o bebé ou fazer as compras do supermercado. O seu médico terá experiência em lidar com a depressão e estará habituado a apoiar as mulheres e as suas famílias com tais dificuldades, portanto peça-lhe mais conselhos. É importante que encoraje a sua namorada a ir ao médico - talvez irem juntos - pois a depressão é uma doença que em geral necessita de intervenção profissional se o doente quiser recuperar a sua saúde e paz de espírito rapidamente. Também poderá obter apoio contactando grupos que funcionam para ajudar mulheres com depressão pós-parto. Ler Mais...
Quando medico passar lubrificante pra fazer perversao | Para Pais.