Resultados para: "qual os sitomas quando o bebe ingile resto de parto"

Você está a ver bebé , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa qual os sitomas quando o bebe ingile resto de parto. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, gemeos escondidos barriga, cesaria inflamada, cesariana inflamada, colo do utero dilatado fotos, bucentinha infantil.

Gosto de saber com o que contar. O que é que acontecerá quando eu chegar ao hospital?

As rotinas dos hospitais variam, mas em geral será enviada para o serviço de ginecologia e obstetrícia e uma das parteiras de serviço virá observá-la. Além de fazer perguntas sobre o seu trabalho de parto até esse momento, ela provavelmente medirá a sua temperatura, as pulsações e a tensão arterial e ouvirá o batimento cardíaco do bebé. Também apalpará a sua barriga para determinar a posição do bebé e se a cabeça já encaixou ou se desceu para a pélvis. Se as suas contrações forem regulares, poderá ser feito um exame interno para revelar qual a dilatação do colo do útero e assim qual a fase do trabalho de parto. Esta informação dará à parteira uma visão do seu bem-estar e do bebé e ajudará as duas a decidir qual o próximo passo. Se o seu trabalho de parto estiver numa fase muito inicial, a sua parteira poderá sugerir que regresse a casa por mais algum tempo ou que passe algum tempo na enfermaria. Se o seu trabalho de parto já estiver confirmado, procurarão uma sala de partos para si. Ler Mais...

O que é um parto assistido?

Um parto assistido é quando se usam fórceps ou ventosas de aspiração, para ajudar a retirar o bebé do canal de parto, se o bebé não estiver a ter um bom progresso durante o trabalho de parto ou se houver complicações durante a segunda fase do trabalho de parto, num parto vaginal. Ainda assim, você continuará a ajudar a expulsar o bebé com as suas contrações, mas o instrumento utilizado ajudará a guiar o bebé através do canal de parto. Ler Mais...

Os partos naturais ou na água são melhores para o bebé? Devo pedir à minha mulher para fazer um?

Muitos especialistas em nascimentos concordarão que um parto vaginal sem problemas é a forma mais segura de parto tanto para a mãe como para o bebé. Também em geral se considera seguro o uso da água como método para aliviar a dor nos trabalhos de parto sem complicações. Contudo, por vezes não é possível conseguir um parto vaginal sem problemas devido a certas situações que podem surgir durante a gravidez, o trabalho de parto e/ou o próprio parto. Se ocorrer um problema com a mãe ou com o bebé, a equipa médica aconselhará qual o parto mais seguro para o bebé. É importante que a sua companheira pense no tipo de parto que prefere e que não tente nada com que não se sinta confortável. Portantoo é na realidade a sua função tomar decisões em vez da sua companheira e também será acertado estar preparado para ser flexível e ver como o trabalho de parto se desenrola. Ler Mais...

Qual a diferença entre uma cesariana de emergência e uma cesariana eletiva?

As cesarianas são classificadas eletivas ou de emergência. Uma cesariana eletiva indica que foi tomada uma decisão pré-planeada durante a gravidez para dar à luz o bebé por cesariana antes do início do trabalho de parto. Uma cesariana de emergência é quando surge uma situação, em geral no trabalho de parto, que indica que a melhor opção para o parto é por cesariana. Ler Mais...

Tenho uma cesariana marcada pois o meu bebé está em posição pélvica, mas eu quero um parto natural. Isso é possível?

Tem de discutir isso com a sua parteira e o seu obstetra e expressar a sua preferência, pois os seus sentimentoso um fator importante quando se decide como orientar o seu parto. Pode ter a hipótese de um processo chamado versão cefálica externa (a qual em geral é feita por volta das 37 semanas) para tentar virar o seu bebé para uma posição de cabeça para baixo. Contudo, se lhe for feito este processo e o bebé continuar na posição pélvica, pode ser aconselhada a fazer uma cesariana, embora alguns obstetras a apoiem se quiser tentar um parto vaginal. Ler Mais...

o quero ser monitorizada durante o trabalho de parto. As parteiras e os médicos dar-me-ão ouvidos?

A não ser que haja complicações médicas ou obstétricas, como uma cesariana anterior ou tensão alta, não precisará de estar continuamente ligada a um monitor para ouvir os batimentos cardíacos do seu bebé. Assim, um processo chamado "auscultação intermitente", o qual significa ouvir com regularidade o batimento cardíaco do bebé com um doppler, deverá ser suficiente para monitorizar o bem-estar do bebé. Por último, a escolha de monitorizar ou ouvir, se tudo estiver bem, é sua. Se a parteira ou o obstetra quiserem monitorizar continuamente os batimentos cardíacos do bebé, terão de explicar porquê. Será boa ideia tomar nota dos seus desejos durante a gravidez num plano de parto e discutir isso com a sua parteira antes de entrar em trabalho de parto. Se não tiver oportunidade de discutir isso antes de entrar em trabalho de parto, quando entrar em trabalho de parto, a parteira de serviço tomará conhecimento do seu historial médico e assegurar-se-á de que você e o seu bebé estão bem e, então, perguntará se tem um plano de parto ou você pode mostrar-lhe o seu plano. Ler Mais...
Qual os sitomas quando o bebe ingile resto de parto | Para Pais.