Resultados para: "posicao fetal no ultimo mes"

Você está a ver grávida , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa posicao fetal no ultimo mes. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Cordocentese

Este teste de diagnóstico é também conhecido como “amostra de sangue fetal ou “amostra do cordão umbilical”. Neste teste o sangue é retirado do cordão umbilical do bebé quando testes de despistagem anteriores mostraram a existência de um possível problema. Como este é um procedimento muito especializado, só pode ser feito em centros ou clínicas especializados em medicina fetal em certas partes do país. Ler Mais...

Porque é que os médicos poderão decidir fazer o parto dos meus gémeos por cesariana?

Uma cesariana facultativa pode ser recomendada para um parto de gémeos por várias razoes. A melhor altura para o parto de qualquer bebé é no termo da gravidez (37-40 semanas de gestação) e esse é o caso para o parto de gémeos pois poderão ser mais pequenos do que um único bebé tendo precisado de partilhar o seu fornecimento de nutrientes. Contudo se um ou ambos os bebés estiverem em risco, possivelmente devido a uma síndroma da transfusão feto-fetal ou se tiver tido tensão alta na gravidez poderá haver necessidade de fazer um parto pré-termo. Muitas unidades recomendam uma cesariana para os bebés em posição pélvica, em que o bebé está com as nádegas para baixo dentro do útero, pois há mais riscos associados a um parto vaginal de posição pélvica. Numa gravidez de gémeos, se o primeiro bebé estiver em posição pélvica, isso põe também o segundo gémeo em risco. Também, se o primeiro gémeo estiver em posição pélvica e o segundo de cabeça para baixo (posição cefálica), recomenda-se uma cesariana devido a uma complicação rara de “gémeos travados”, quando os queixos dos bebés estão encaixados um no outro. Se ambos os bebés estiverem de cabeça para baixo e parecerem bem desenvolvidos, muitas unidades maternas encorajarão um parto normal. O seu médico e a sua parteira discutirão isso consigo mais perto do tempo do parto. Ler Mais...

A observação global do bebé

A observação global do bebé permite vero seu tónus muscular (ou seja, a força dos músculos em repouso). Uma das formas de avaliar e segurar o bebé pelo ventre, de barriga para baixo, e ver se pende, tipo «boneco de trapos», ou se faz esforços para se empertigar e manter-se horizontal, sem se encurvar em demasia e a força quando em movimento, a vitalidade, o tipo de choro, a maneira como se acalma, nomeadamente quando se coloca na posição fetal e se fala com ele. Ler Mais...

A posição do meu bebé no útero pode afectar o encaixe da cabeça?

A posição do bebé pode afectar a forma como ele encaixa na pélvis. Por exemplo, se o bebé estiver deitado numa posição “costas com costas”, com as suas costas ao longo das costas da mãe; isso pode dificultar o movimento da cabeça do bebé através da pélvis. Do mesmo modo, se o bebé estiver de nádegas, com os pés primeiro ou numa posição transversal, então o encaixe não será possível, a não ser que o bebé se vire, e será necessária uma cesariana. Julga-se que o nível de actividade da mãe e as posições que ela adopta podem influenciar a posição do bebé no útero. Hoje em dia, é mais comum os bebés estarem em posição costas com costas e julga-se que isso se deve a um estilo de vida mais sedentário. No passado, quando as mulheres eram provavelmente mais activas, talvez fazendo trabalhos como esfregar o chão de gatas, havia menos incidência desta posição. Ler Mais...

Disseram-me que um bebé não está a desenvolver-se tão bem como o outro. O que é que os médicos farão?

Embora seja comum os gémeos crescerem a uma proporção diferente no útero, se houver uma diferença significativa no tamanho de um dos gémeos ele pode estar a receber mais nutrientes do que o outro. É importante verificar se os bebés se estão a desenvolver de acordo com a idade gestacional. Não é anormal alguns bebés crescerem lentamente e acelerarem o desenvolvimento mais tarde, o que não é problema se estiverem dentro dos níveis de crescimento para a idade gestacional Contudo, se a parteira ou o médico estiverem preocupados com o desenvolvimento de um dos bebés, é provável que a enviem a um especialista de medicina fetal: um obstetra com treino adicional em tratamento de bebés por nascer. Ele poderá fazer análises ao sangue fetal e uma ecografia para avaliar o crescimento de cada bebé e investigar a causa da diferença. Pode continuar a fazer ecografias adicionais, conhecidas por ecografias de crescimento, as quais ajudam o médico a avaliar se um dos bebés é pequeno ou está a crescer lentamente. Estas, em geral, começam pelas 26-28 semanas e continuam cada 2-4 semanas até os seus bebés estarem prontos para o parto. Observam várias áreas, incluindo as medidas da cabeça, do abdómen e do fémur, a quantidade de líquido amniótico que envolve os bebés, o nível de actividade dos bebés, o fluxo de sangue no cordão umbilical, e a posição das placentas. O seu médico deverá explicar o que encontra nas ecografias e se houver qualquer preocupação você será cuidadosamente monitorizada. Ler Mais...

Quando é que a parteira poderá ouvir o coração do meu bebé bater?

A sua parteira poderá ouvir o coração do seu bebé por volta das 12 semanas de gravidez, utilizando um aparelho Doppler fetal. O coração a bater soa como o galopar de um cavalo e os batimentos em geral são de 120 a 140 por minuto - cerca do dobro do seu próprio pulso. Há factores que podem influenciar a possibilidade de ouvir ou não o coração do bebé. Por exemplo, se a mãe tiver muito peso ou se o bebé estiver numa posição esquisita, pode ser mais difícil ouvir o coração. Se a sua parteira não conseguir localizar os batimentos do coração às 12 semanas, tente não se preocupar. Nesta fase, o bebé só tem cerca de 5 cm de comprimento, portanto é ainda muito pequenino! A sua parteira voltará a tentar passadas algumas semanas. Decerto, por volta das 16 semanas será mais fácil localizar e ouvir bater o coração. Ler Mais...
Posicao fetal no ultimo mes | Para Pais.