Resultados para: "porque o boldo aborta"

Você está a ver criança , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa porque o boldo aborta. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Estamos a restaurar uma casa velha. Pode a poeira da tinta à base de chumbo prejudicar o meu bebé?

Tem razão em estar preocupada com a exposição ao chumbo. O chumbo era um ingrediente comum da tinta antes de meados dos anos 70. Não está muito claro quais são exactamente os riscos, em parte porque é difícil medir as quantidades das substâncias que o corpo absorve e em parte devido à falta de estudos sobre os efeitos do chumbo na gravidez. Contudo, o chumbo tem sido ligado a um maior risco de aborta, bebés prematuros, baixo peso à nascença e morte súbita. Você expõe-se ao chumbo se raspar ou lixar tinta com chumbo, o que a fará inalar poeira de chumbo. Deixe os profissionais retirarem a tinta à base de chumbo e depois areje bem os quartos. Ler Mais...

«Nenhuma mãe é melhor ao pior por amamentar aoo o seu bebé.»

Os estudos realizados em Portugal mostram que 99% das mães querem dar o seu leite aos filhos, mas só o devem fazer enquanto quiserem, enquanto for uma experiência boa e reconfortante. Quem não quer, não pode ou não consegue dar de mamar tem alternativas igualmente boas. Não deve é culpabilizar-se, recriminar-se ou sentir-se infeliz ou frustrada. Em primeiro lugar, porque seria injusto, em segundo lugar, porque tem outras escolhas e, finalmente, porque seria mau para o restante desempenho da maternidade. Ler Mais...

Conselho sobre golpes de calor

Os cuidados de prevenção dos efeitos do sol devem ser mantidos mesmo nos dias em que o céu está nublado, porque as radiações atravessam as nuvens, ou mesmo quando se está à sombra de um toldo ou chapéu-de-sol porque os raios solares incidem de forma indireta ou, ainda, nos dias de muito vento, ou em que faz menos calor. Do mesmo modo, quando se está à beira-mar ou num barco, os efeitos do calor fazem-se menos sentir e podem-se fazer queimaduras solares sem quase se dar por isso. E não avaliem o grau de radiação UV pelo calor que está ou não, porque este é condicionado pelos raios infravermelhos. Ler Mais...

O Futuro

A maioria dos bebés sobrevive sem problemas. Aliás, estamos a falar de vários tipos de bebés, pois não se pode comparar um bebé de 23 semanas com um de 36 semanas de gestação. A causa de base, claro, é fundamental para a evolução. Uma coisa é uma prematuridade porque houve uma rotura precoce da bolsa de águas, outra porque o feto tem uma malformação neurológica grave. Os bebés prematuros são geralmente encaminhados para consultas hospitalares de neonatologia e deverão frequentá-las, mesmo tendo médico assistente «cá fora». Primeiro, porque os neonatalogistas seguem alguns aspetos mais particulares do desenvolvimento, por outro, porque é importante que os próprios profissionais se vão inteirando dos resultados da sua intervenção. A ida para casa dá-se geralmente quando o bebé tem dois quilos, se não existirem outros fatores impeditivos e se se puder já alimentar bem e controlar a sua temperatura. E os pais não deverão desenvolver uma proteção excessiva em relação à criança, tenha ela ou não quaisquer problemas. Ler Mais...

Conselho sobre asma

Os tratamentos das crises são essenciais, porque muitas vezes a criança fica aflita e não consegue respirar convenientemente. No entanto, deve evitar-se o pânico porque só vai acrescer o elemento psicológico da asma. A utilização de «bombas», ou seja, de medicamentos libertados em aerossóis e métodos semelhantes, de aplicação nasal ou bucal, começa a ser uma das hipóteses preferidas, pois atuam no local onde existe a inflamação e a hiper-reactividade brônquica, sem ser necessário entrarem em circulação (têm por isso menos efeitos secundários). Ler Mais...

A empresa anda a falar em excesso de pessoal – podem despedir-me quando estou em licença de parto?

O seu empregador estará a quebrar a lei se considerar que você está a mais porque está grávida ou em licença de parto. Este é um exemplo de discriminação sexual, uma vez que não podem tratar um homem da mesma forma. No entanto, se a razão for legítima e não estiver relacionada com a sua gravidez, e se não a estiverem a tratar com menos vantagens porque está grávida, então isso é permitido. Ler Mais...
Porque o boldo aborta | Para Pais.