Resultados para: "porque e que os bebes sorriem"

Você está a ver bebé , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa porque e que os bebes sorriem. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Todos os bebés acordam várias vezes durante a noite.

O tempo que o seu bebé dorme durante a noite também será afetado pela forma como se alimenta. Estudos demonstram que os bebés amamentados demoram mais tempo a adquirir um padrão de sono durante a noite do que os bebés alimentados a leite de farmácia. Isto porque o leite materno é de mais fácil digestão do que o leite de farmácia, e assim os bebés sentem fome mais depressa e acordam mais vezes de noite. Muitos bebés são fisicamente capazes de dormir toda a noite a partir dos seis meses. Ler Mais...

O Futuro

A maioria dos bebés sobrevive sem problemas. Aliás, estamos a falar de vários tipos de bebés, pois não se pode comparar um bebé de 23 semanas com um de 36 semanas de gestação. A causa de base, claro, é fundamental para a evolução. Uma coisa é uma prematuridade porque houve uma rotura precoce da bolsa de águas, outra porque o feto tem uma malformação neurológica grave. Os bebés prematuros são geralmente encaminhados para consultas hospitalares de neonatologia e deverão frequentá-las, mesmo tendo médico assistente «cá fora». Primeiro, porque os neonatalogistas seguem alguns aspetos mais particulares do desenvolvimento, por outro, porque é importante que os próprios profissionais se vão inteirando dos resultados da sua intervenção. A ida para casa dá-se geralmente quando o bebé tem dois quilos, se não existirem outros fatores impeditivos e se se puder já alimentar bem e controlar a sua temperatura. E os pais não deverão desenvolver uma proteção excessiva em relação à criança, tenha ela ou não quaisquer problemas. Ler Mais...

Porque é que alguns bebés precisam de cuidados especiais?

Por vezes um bebé precisa de cuidados especiais por nascer demasiado cedo e pode precisar de ajuda para respirar e para se manter quente. Os bebés que são pequenos para o seu tempo também podem necessitar de cuidados especiais. Outros bebés podem ter uma infeção, estar com icterícia, ou ter uma anomalia congénita e assim necessitarem de cuidados especiais. Ler Mais...

Porque é que os bebés prematuros têm dificuldades respiratórias?

A síndroma do desconforto respiratório (SDR) é a complicação mais comum dos bebés prematuros e afeta mais de 50 % dos bebés nascidos antes das 32 semanas de gravidez. Os problemas de pulmões ocorrem nos bebés prematuros por várias razões. Os pulmões não estão completamente desenvolvidos até à última fase da gravidez, e uma substância importante chamada surfactante, que permite que os pequenos pulmões dos bebés se desenvolvam e funcionem com eficácia, não se desenvolve até depois das 36 semanas de gravidez. Além disso, quanto mais cedo o bebé nascer, menos desenvolvidos estarão os pulmões e os músculos da caixa torácica, e o resultado é que os bebés ficam muito cansados pois necessitam de mais esforço para respirar. Os problemas respiratórios são a razão mais comum para os bebés serem admitidos nas unidades de cuidados intensivos neonatais (UCDM). Os bebés prematuros estão muito mais sujeitos a infeções respiratórias do que os bebés de termo e podem necessitar da ajuda de ventiladores mecânicos, os quais, embora salvem vidas, podem eles mesmos causar problemas aos pulmões do bebé. Ler Mais...

Brincar

Muita gente pensa que os bebés pequeninos não brincam. Mas quem é que disse que os bebés não brincavam? O equívoco resulta, creio, de analisarmos a criança e as suas atividades de uma perspectiva e de um ponto de vista dos adultos. Achamos que um bebé não brinca porque se calhar não brinca diretamente connosco, ou não brinca como nós pensamos ou desejávamos que ele brincasse, ou da mesma forma que, por exemplo, uma criança mais crescida o faz. Mais, mesmo sabendo que os bebés contam connosco para a brincadeira, por vezes o que nós não sabemos é interpretar os seus sinais, e achamos que eles não querem nada connosco só porque não falam a mesma linguagem e ensaiam outros caminhos para a comunicação. Este erro mantém-se, quer quando falamos com bebés, quer quando falamos muitas vezes uns com os outros, o que se torna mais grave quanto a experiência vai escasseando. Já quase não temos primos, temos poucos irmãos, cada vez menos filhos e estamos rodeados de cada vez menos crianças. Ler Mais...
Porque e que os bebes sorriem | Para Pais.