Resultados para: "picada ourico mar"

Você está a ver bebé , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa picada ourico mar. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Picadas de peixe-aranha ou de ouriço-do-mar

O peixe-aranha vive no fundo da areia, e tem uma barbatana dorsal que se levanta quando é pisado, injetando um veneno no pé que o pisou. A princípio, a picadela pode ser confundida com uma pedra mais aguçada. Depois, quando começa a doer, é fácil de ver três pontos em V, um deles sangrando. Há que espremer o mais possível a planta do pé e aplicar um analgésico em spray – o cloreto de etilo, que o nadador-salvador terá. Na sua ausência, pode fazer xixi para um recipiente e colocar o pé porque o amoníaco também diminui a ação do veneno. A seguir à dor pode vir uma sensação de adormecimento do pé. A situação é desagradável, mas mesmo que passe rapidamente, o medo de voltar a pôr os pés na areia é muito grande. Nas crianças destas idades, o Verão termina, pelo menos no que diga respeito ao mar, a não ser que os pais vão logo comprar uns sapatos de borracha para securizar a criança. O ouriço-do-mar vive nas covas das rochas e é fácil pisá-lo. Injeta também veneno, quando é pisado, ficando dezenas de picos agarrados à pele, e alguns inseridos porque se partem. São muito dolorosas, quer a picada, quer a remoção - o cloreto de etilo ajuda porque anestesia a pele. Ler Mais...

Picadas de mosquitos e melgas, abelhas e vespas

As crianças são «tenrinhas» e mais «docinhas», e por isso são o alvo privilegiado dos mosquitos e meigas. Na maioria dos casos, a picada de insetos desaparece no dia seguinte, dando apenas desconforto, dor e comichão, podendo surgir lesões de coceira e infeção. Há crianças que sofrem porque ficam transformadas em autênticos passadores, e se a picada é feita na pálpebra ou no lobo da orelha, o inchaço é enorme. Em alguns casos pode ocorrer uma reação alérgica que pode ter de ser medicada no serviço de urgência. Os sinais de alarme são:
  • inchaço da cara ou da boca e lábios;
  • dificuldade em falar;
  • dificuldade em engolir;
  • dificuldade em respirar;
  • tonturas ou desmaio;
  • dores abdominais, náuseas e vómitos.
Há vários produtos no mercado para o «antes» (sprays, aparelhos de ligar à eletricidade, etc.) e para o «depois» (cremes, pomadas). Tenham-nos convosco e preocupem-se em não deixar a janela aberta enquanto tem as luzes acesas, nem as tenham acesas no exterior da casa, junto às portas e janelas. É um autêntico convite para os insetos. Os restos de comida, ao ar livre, atraem abelhas e vespas. Por vezes, no Verão, depois de um almoço na praia ou na relva, ficam migalhas (ou pequenas poças de água) e a criança pode pisar estes insetos, picando-se. O mesmo nas piscinas, junto à borda, onde há salpicos de água. Os perfumes, as camisolas com desenhos de flores e as bebidas doces em lata, bebidas por palhinha, também atraem as abelhas e vespas. No caso de picada de inseto deve:
  • levar-se a criança para outro lado;
  • se tiver sido picada por uma abelha, vespa ou zangão e o ferrão ainda for visível, convém removê-lo raspando a pele, com suavidade, com a unha ou o bordo de um cartão de crédito;
  • espremer-se, sem demasiada força, para não lesar os tecidos;
  • lavar com água e sabão;
  • aplicar gelo;
  • se a dor for forte, dar um analgésico;
  • se há comichão, aplicar uma pomada para a reduzir.
Os casos que necessitam de ser observados, embora não num contexto de urgência, são aqueles em que surge grande inflamação, infeção ou dor prolongada. Ler Mais...

Picadas de Pulgas

As pulgas são insetos pequenos, castanhos, sem asas, com cerca de 1,5 a 4 mm de tamanho, mas têm umas pernas que lhes permitem saltar até dois metros («salta a pulga na balança, dá um pulo até à França...»). As pulgas encontram-se geralmente nos cães e gatos, porque o seu pêlo é um bom local para as ninhadas crescerem, além de que a pele destes mamíferos tem sangue que serve de alimentação para os novos e velhos insetos. Quando uma pulga põe ovos, eles acabam por cair e podem ser encontrados nos locais onde os animais dormem. As larvas destes insetos - meio caminho entre os ovos e o animal adulto - alimentam-se de restos de alimentos, células de descamação da pele, de cabelos e pêlos humanos e de animais e das próprias fezes das pulgas. Os insetos adultos chupam sangue e podem mesmo morder. Quando uma pulga morde é geralmente nas pernas das pessoas. A picada de pulga é muitas vezes um achado ocasional, uma pequena lesão (minichupão) que não desaparece quando se pressiona. Algumas vezes a picada dá irritação e comichão, porque a pessoa é sensível à secreção da pulga. A melhor maneira de controlar as pulgas é aspirar e limpar o chão regularmente, em especial os locais onde os animais (cães e gatos) descansam, manter uma higiene adequada dos bichos de estimação e colocar-lhes coleiras anti pulgas. É bom limpar os locais e inspecionar os animais, para que eles não se contaminem mutuamente. Nos casos mais resistentes, têm mesmo de se usar inseticidas, mas há que ter cuidado com os animais e com as crianças da casa. Ler Mais...

Gosto de comer bifes mal passados – posso fazê-lo durante a gravidez?

Não. Deve ter a certeza de que só come carne bem cozinhada, pois a carne crua contém uma bactéria que envenena a comida. Isto é especialmente importante com as aves e produtos feitos com carne picada, como salsichas e hambúrgueres. A carne deve ser cozinhada até cozer bem não estar rosada e os sucos saírem claros. Lave as mãos depois de mexer em carne crua e mantenha-a separada dos outros alimentos prontos para comer. Também devera evitar comer ovos crus e aves pouco cozinhadas, devido ao risco de salmonela. Ler Mais...

Mosquitos, melgas, etc.

E já que falamos nesses «simpáticos» animais, às vezes o pior é o barulho «bzzz, bzzz», especialmente quando se está a tentar dormir. As crianças, como são mais «tenrinhas» e mais «docinhas» - e com o calor, nem dá para as taparmos -, ficam transformadas em autênticos passadores, de tanta picada. Algumas fazem grandes reacções alérgicas que, por vezes, têm de ser mesmo medicadas no serviço de urgência. Há vários produtos no mercado para o «antes» (sprays, aparelhos de ligar à electricidade, etc.) e para o «depois» (cremes, pomadas). Levem convosco os produtos necessários e não deixem janelas abertas enquanto têm as luzes acesas, nem as tenham acesas no exterior da casa, junto às portas e janelas. Ler Mais...

O que fazer

A meningite é uma emergência médica. Sempre que se suspeita de uma meningite os médicos realizam uma punção lombar, ou seja tiram líquido para análise através de uma picada nas costas da criança, visto não ser possível ter acesso direto ao cérebro e às meninges, pelo menos através dos meios tradicionais. Assim, descobriu-se uma «porta» de fácil acesso ao líquido que circula entre as meninges e de cuja análise se poderão colher muitas informações que permitem, na larga maioria dos casos, fazer o diagnóstico. Caso se confirme uma meningite, a criança deverá ser imediatamente internada. Não há hipótese de tratar uma meningite em ambulatório, mesmo as meningites virais. Os antibióticos só se usam nas meningites bacterianas (ou quando há dúvidas), mas devem sempre ser feitos por via intravenosa, ou seja, com um soro e num hospital. Ler Mais...
Picada ourico mar | Para Pais.