Resultados para: "petequias no corpo"

Você está a ver criança , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa petequias no corpo. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Vomitar sangue

Alguns bebés vomitam e o conteúdo do vómito está raiado de sangue. Isto pode acontecer essencialmente por duas razões: nos bebés que estão ao peito, sobretudo nos primeiros dias, pode ser sangue do mamilo da mãe, que eles engolem e que causa irritação gástrica. Quando bolçam nota-se o sangue da mãe. Outras vezes, quando o vómito é repetido e intenso, o sangue vem da faringe e da garganta, e não do estômago, devido ao esforço. É possível, quando os vómitos são violentos (tal como certos acessos de tosse), a cara e o pescoço do bebé ficarem com pintinhas de sangue que não desaparecem à pressão do dedo. Chamam-se petéquias mas não têm a ver com as petéquias das septicemias, por exemplo, que são espalhadas pelo corpo todo. Neste caso, são muito «territoriais», exactamente na região que sofreu o aumento de pressão pelo esforço do vómito ou da tosse, saindo alguns glóbulos dos pequenos vasos que ficaram com alta pressão. Ler Mais...

Septicemia

A septicemia é uma doença muito muito grave, rapidamente progressiva e potencialmente fatal, que pode surgir no decurso de uma infeção inicialmente localizada, por exemplo a partir do aparelho respiratório, genito-urinário, gastrointestinal ou a partir da pele. Pode preceder ou coincidir com infeções ósseas (osteomielite), do sistema nervoso central (meningite) ou outros tecidos. A septicemia pode levar rapidamente ao choque séptico, com colapso circulatório e consumo dos fatores de coagulação, hemorragias de diversa índole e, finalmente, à morte. O início da septicemia é caracterizado por arrepios e febres altas, em «pico», respiração acelerada e batimentos cardíacos rápidos. A pessoa afetada tem um aspeto de estar «gravemente doente», tóxico, com muito mau estado geral. Estes sintomas progridem muito rapidamente para choque séptico, com diminuição da temperatura do corpo, queda da tensão arterial, estado mental de confusão e problemas graves na coagulação, aparecendo na pele petéquias (como picadas de alfinete) e equimoses («nódoas negras»). O tratamento adequado das infeções localizadas pode evitar as septicemias. As vacinas, como as que existem contra o Haemophilus influenzae, o pneumococo ou o meningococo C, reduzem a incidência destas doenças e, portanto, a possibilidade de septicemia. Por outro lado, quando existe um caso detetado, numa escola, infantário ou local de trabalho, a profilaxia feita aos contactos permite reduzir o risco. Ler Mais...

Brincar ao nescer

Logo que nasce, o bebé revela bem as suas capacidades de brincar. Olha para a mãe, com ternura, brinca com o mamilo, fixa o olhar, e em breve desafiará os pais para a interação, que outra coisa não é senão brincadeira. Rapidamente passará para a descoberta do corpo, do seu corpo, do corpo da sua mãe, do corpo das outras pessoas e do mundo, e quererá brincar, leia-se também, às vezes, manipular, dominar, esses parceiros, esses objetos, numa cada vez maior e melhor interatividade e com a necessidade também crescente de jogos de situação cooperativa. Mas também com uma sensação de omnipotência - ele é quem manda, quem põe e dispõe como se as pessoas fossem um prolongamento dos seus braços e do seu querer. Quantas vezes não nos disponibilizamos o suficiente, em termos de tempo e ocasião, para darmos resposta estas solicitações, seja porque estamos cansados, seja porque muito ocupados? Ler Mais...

A mudança corporal até aos 3-4 anos

Um dos fenómenos que inquieta os pais e põe à beira de um ataque de pânico é a mudança no feitio do corpo, que ocorre até aos 3-4 anos, e que transforma o bebé rechonchudo numa criança esguia. A criança estiliza o corpo e perde os refegos da barriga, coxas e queixo. Cresce «para cima-. Surge o pescoço, escondido pelos duplos e triplos queixos Os braços tornam-se mais finos. As curvaturas da barriga desaparecem. A tudo isso se junta a perda do «ar de bebé» para, juntamente com a autonomia e poder de decisão, passar a ter um aspeto de «mais velho». O não entendimento deste fenómeno leva a que pais e avós pensem que está a emagrecer, mesmo que continue a pular e a saltar, cheia de energia. Há que entender este percurso - que não se reflete na evolução do peso e da estatura como um fenómeno normal e desejável, porque corresponde a um alongar do corpo e à perda de massa adiposa que não interessa mais ao corpo manter. Ler Mais...

Como é que o nosso corpo regula a temperatura?

A temperatura do corpo depende de um equilíbrio entre a produção e a perda de calor, o que permite mantê-la dentro dos limites desejados, apesar das grandes variações térmicas a que o organismo esta sujeito. Existe uma produção de calor obrigatória, que resulta do metabolismo necessário à manutenção das funções essências à vida. A produção de calor involuntária está associada às atividades do dia-a-dia e tem lugar, principalmente, ao nível dos músculos - é por isso que um empregado de café anda sempre de manga curta ou uma pessoa que está parada senil mais frio. A febre é uma situação regulada por isso a temperatura do corpo quase nunca atinge níveis perigosos. Assim, a elevação da temperatura é um mecanismo desejável, com um papel muito importante na luta contra a infecção. Ler Mais...

Descansar bastante

Todo o seu corpo está sob mais stress quando carrega mais do que um bebé. É importante reconhecer isso e tomar medidas sensatas para ter a certeza de que descansa bastante. * Tente passar algum tempo por dia com os pés erguidos. Se tiver outros filhos tente arranjar alguém que olhe por eles durante uma hora para que você possa relaxar. * À noite vá para a cama mais cedo para dar descanso ao seu corpo. * Sempre que possível, arranje alguém para ajudar nos trabalhos domésticos, como cozinhar e fazer compras. Ler Mais...
Petequias no corpo | Para Pais.