Resultados para: "pequenas vibracoes no reto"

Você está a ver gravidez , alimentação e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa pequenas vibracoes no reto. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. cesaria inflamada por dentro, mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada, gemeos escondidos barriga, colo do utero dilatado fotos, pontos parto normal coçando, cesariana inflamada.

Quando é que eu irei sentir o meu bebé mexer-se pela primeira vez?

Embora as ecografias tenham mostrado que os bebés podem começar a fazer movimentos suaves por volta das 6 semanas, não é normal que o feto faça movimentos activos até ao segundo trimestre (semanas 13 a 26). A sensação é descrita como uma espécie de vibração de asas de borboletas em geral sentida pelas mães entre as 16 e as 20 semanas, embora o momento exacto em que o movimento é sentido possa variar de mulher para mulher e possa ser afectado por vários factores. Se for o seu primeiro bebé, poderá não notar qualquer movimento até mais tarde, pois não sabe o que esperar. Se for uma pessoa activa, também pode perder estas pequenas vibrações. As mulheres com placenta prévia (situada na frente do útero) podem sentir os movimentos mais tarde, assim como as mulheres mais fortes, pois há uma barreira através da qual os movimentos têm de ser sentidos. Só por volta das 28 semanas se torna mais importante monitorizar o padrão de movimentos. A partir dessa altura, a quantidade de movimentos do seu bebé, assim como o tipo de movimentos e o momento em que surgem, são relevantes, pois indicam se a placenta está a sustentar a gravidez e se os músculos do seu bebé se estão a desenvolver. Se estiver preocupada com a falta de movimentos, contacte a sua parteira ou o médico. Ler Mais...

A origem de um sopro inocente?

Os SI parecem resultar da turbulência do sangue na raiz das grandes artérias, principalmente na da aorta, ao sair do coração. Os sons também podem corresponder a vibrações das estruturas musculares e vasculares, durante a fase de expulsão do sangue pelo coração, são o fator responsável pelos SI. A tonalidade musical destes sopros também pode ter origem nos chamados falsos tendões, que são umas estruturas tipo corda, normais, que existem dentro do coração, e que vibram quando o sangue passa por elas, tal e qual a corda de uma guitarra. São normais e com o crescimento do coração perdem significado, pelo que os sopros originados por estas estruturas desaparecem, geralmente, no início da puberdade. Ler Mais...

Sopros cardíacos

A larguíssima maioria (designados por sopros inocentes) ocorre na ausência de qualquer anomalia anatómica ou fisiológica do coração e não está associada a doença cardiovascular. Por outras palavras, um sopro inocente é qualquer sopro produzido por um sistema cardiovascular normal. Os sopros inocentes resultam da turbulência do sangue na raiz das grandes artérias, principalmente na da aorta, ao sair do coração (e o sangue, nas crianças, circula a alta velocidade), ou das vibrações das estruturas musculares e vasculares, durante a fase de expulsão do sangue pelo coração. A tonalidade musical destes sopros tem frequentemente origem nos chamados «falsos tendões», que são umas estruturas tipo «corda», normais, que existem dentro do coração, e que vibram quando o sangue passa por elas, tal e qual uma «corda de guitarra». São normais e com o crescimento do coração perdem significado, pelo que os sopros originados por estas estruturas desaparecem, geralmente, no início da puberdade. Ler Mais...
Pequenas vibracoes no reto | Para Pais.