Resultados para: "pele no anus"

Você está a ver criança , alimentação e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa pele no anus. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Apareceram-me manchas escuras na cara. O que pode ser?

As manchas escuras na cara chamam-se cloasma ou “pano” e afectam cerca de metade das mulheres grávidas. Quase todas as mulheres grávidas notam alguma alteração na cor da pele, podendo em geral escurecer a partir das 12 semanas. Isso é devido a um aumento das hormonas que estimulam a pigmentação da pele, afectando mais as mulheres de pele mais escura. Este escurecimento pode ser mais aparente em certas zonas, como os mamilos, o períneo (a pele entre a vagina e o ânus), e o umbigo ou áreas sujeitas a fricção como o interior das coxas e as axilas. Pode reduzir ou prevenir as manchas escuras na cara minimizando a sua exposição ao sol e utilizando protectores solares de factor elevado. Ler Mais...

Serei rasgada quando o bebé sair?

Algumas mulheres rasgam um pouco durante o nascimento dos seus bebés. Infelizmente, é impossível dizer se você irá rasgar ou não até ao preciso momento do parto. Alguns rasgões só atingem a pele e não precisam de pontos. Contudo, outros podem envolver a pele e os músculos por baixo dela e o canal vaginal e isso irá necessitar de pontos. Os pontos serão dados por uma parteira ou um médico experientes depois de lhe ser dada uma injeção de anestesia local. Há algumas provas que indicam que se massajar o períneo, que é a área entre a vagina e o ânus, durante a fase mais adiantada da gravidez pode ajudar a evitar rasgões. Permitir que a cabeça do bebé saia lentamente também pode ajudar a evitar rasgões. Ler Mais...

O que significa um parto “pele com pele”?

"Pele com pele" é uma frase que significa aninhar o seu bebé nu contra a sua pele nua. Muitas mulheres desejam ter um contacto "pele com pele" com os seus bebés logo a seguir ao parto. Isso pode ajudar a criar laços, a controlar a temperatura do bebé e a iniciar a amamentação. Desde que você e o seu bebé estejam bem, não haverá razão para não poder fazer isso – limpar o seu bebé, pesá-lo e vesti-lo pode esperar um pouco. Muitos médicos reconhecem agora a importância deste contacto "pele com pele" inicial e ajudá-la-ão a obtê-lo desde que você queira. Comunique as suas ideias e os seus desejos à sua parteira o mais cedo possível depois de ser admitida na sala de parto, para que ela possa planear o seu parto e possa tentar ir de encontro aos seus desejos. Ler Mais...

O que é uma massagem do períneo?

Uma massagem do períneo é a prática de massajar o períneo, a pele entre a vagina e o ânus, para a tornar mais flexível em preparação para o parto. A intenção é evitar o rasgar do períneo durante o parto e a necessidade de uma episiotomia ou um parto assistido (fórceps ou extracção por ventosa) pois a pele nesta zona pode tomar-se mais flexível devido à massagem. Experiências clínicas indicam que a massagem do períneo e a massagem vaginal podem reduzir a gravidade de rasgar e que portanto alguns consideram-nas benéficas. Use um gel lubrificante com manteiga de cacau, azeite, óleo de vitamina E ou óleo vegetal puro nos seus polegares e massaje à volta do períneo. Coloque os seus polegares cerca de 3-4 cm dentro da sua vagina e pressione para baixo e para os lados ao mesmo tempo. Gentil e firmemente continue a esticar até sentir uma leve sensação de ardência ou formigueiro. Com os polegares mantenha a pressão durante cerca de dois minutos ou até essa zona se tornar um pouco dormente e não sentir tanto o formigueiro. Enquanto faz pressão com os seus polegares massaje lenta e suavemente a parte de baixo da sua vagina, evitando a abertura urinária, e ao longo do períneo introduzindo o lubrificante no tecido durante 3-4 minutos, Isto ajuda a esticar a pele da mesma forma que a cabeça do bebé a irá esticar durante o parto. Faça esta massagem uma ou duas vezes por dia começando por volta das 34 semanas de gravidez. Depois de cerca de uma semana deverá notar um aumento de flexibilidade. Ler Mais...

Depois do parto poderei pegar no meu bebé de imediato?

Não deverá haver problemas, em especial se tiver tido um parto natural. Julga-se que o contacto pele com pele logo após o parto tem muitos efeitos benéficos, tanto para a mãe como para o bebé. Além de ajudar ao processo de criar laços, também ajuda a regular a temperatura do bebé, a respiração e os batimentos cardíacos. O contacto pele com pele ajuda ainda a estabilizar a amamentação pois esta é uma altura em que os bebés mostram os seus instintos naturais e procuram alimento, será a primeira vez que mamam, e em geral fazem-no com perícia. Há médicos que recomendam que o contacto pele com pele se prolongue pelo menos durante uma hora depois do parto, a não ser que você prefira terminar mais cedo. Ler Mais...

Estão-me a aparecer pequenos sinais na pele – porque é que isso acontece?

Na gravidez ocorrem com frequência alterações na pele devido ao efeito das hormonas da gravidez. Contudo, algumas alterações como o aparecimento de novos sinais e sardas, embora não sejam graves, devem ser discutidos com a sua parteira ou medico, em especial se sinais novos ou já existentes parecerem mudar de forma, forem vermelhos ou moles, ou começarem a sangrar. Em geral, a pele ou se toma bastante oleosa na gravidez, devido ao aumento de produção do óleo natural da pele, o sebo, ou, se a pele já for propensa a ser seca pode tomar-se ainda mais seca e mais sensível. Muitas mulheres ficam com a pele mais escura, enquanto que outras ficam com manchas na cara como se fosse queimado do sol, chamadas cloasma. Se a sua pele for sensível, evite óleos e cremes perfumados e perfume. Uma limpeza de pele regular e evitar produtos à base de óleos também pode ajudar. Ler Mais...
Pele no anus | Para Pais.