Resultados para: "ovos de codorna faz mau para gripe"

Você está a ver criança , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa ovos de codorna faz mau para gripe. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Pode-se então comer ovos e carne de aves?

O vírus da gripe das aves não se transmite por via digestiva, e os ovos e carne de aves que circula no comércio do espaço europeu são seguros. No entanto, cozinhar os alimentos a mais de 70°C inativa o vírus e é também uma boa medida para transmissão de outras doenças, como as salmonelas. Assim, o apelo ao não consumo de ovos crus, feito pela União Europeia, é meramente uma precaução. Ler Mais...

Ovos

É certo e sabido. Volta, não volta, surgem notícias que inquietam os pais, sobre os ovos e sobre as suas poedeiras - doenças, infeções, pesticidas, gripe das aves, colesterol. E ficam naturalmente dúvidas sobre o que fazer. Até porque, a partir de 1 ano de idade, os ovos entram em múltiplos pratos, seja em casa, seja nos alimentos confecionados em restaurantes ou na indústria alimentar. No meio estará a virtude. Consumir ovos é bom, exagerar o seu consumo é mau. A questão do colesterol é real. Os ovos têm muito colesterol (cerca de 200 miligramas em cada gema), mas a sua absorção e o tipo de colesterol não é comparável, em todo o caso, com o que existe nas carnes e produtos animais gordos (carne de porco, enchidos, natas). Os ovos têm outras vantagens: representam uma fonte de proteína barata, ao contrário da carne ou do peixe. Na própria confeção dos alimentos há hipótese de se contar as gemas que entram na receita. Se se cortar uma ou duas gemas em cada três ovos (mantendo só a clara) o ovo continuará a dar o gosto total ao prato reduzindo substancialmente o valor do colesterol. Desde que a seguir não aproveite as gemas para fazer um doce conventual ou uma gemada! Um dos riscos dos ovos é a transmissão de salmonelas, sobretudo no Verão. É aconselhável a refrigeração dos ovos – ou com calor, uma única salmonela pode gerar cerca de um milhão de bactérias em apenas um dia. É pois necessário cozer bem os ovos, para que o calor possa atuar, de forma prolongada em todo o ovo. Ler Mais...

E, pelo sim, pelo não, vacinar as crianças com a vacina da gripe?

A resposta é a mesma: não se justifica, a não ser que o médico-assistente a indique. A ideia de que uma vacinação generalizada contra a gripe «normal» impediria a transmissão da gripe e, depois, a eventual combinação do vírus da gripe «normal» com o da gripe das aves é teoricamente boa, mas na prática duvidosa - haveria que vacinar toda a gente para impedir esta recombinação. E o «assalto» às farmácias pode esgotar a vacina e desperdiçá-la com pessoas que não precisam, impedindo a vacinação dos que realmente necessitam. Ler Mais...

Como é que se apanha gripe?

A gripe passa de pessoa para pessoa, e um doente é infecioso desde um dia antes de ter sintomas até cinco dias depois, ou seja, uma pessoa pode transmitir a gripe antes mesmo de saber que está doente. Claro está que, no pico dos sintomas, cada espirro ou tosse projeta muito mais vírus e a possibilidade de contágio é maior. Acresce que, como a época da gripe é a do frio, as pessoas vivem mais em ambientes fechados (casa, infantários, escritórios, transportes, empregos, fábricas...) com maior proximidade e possibilidade de transmissão. Ler Mais...

Gripe

A gripe é uma doença viral, causada por um agente específico - o vírus da gripe, de que existem algumas variedades (designadas por estirpes) - e causa uma doença típica: febre, dores musculares, mal-estar, quebra do estado geral, tosse seca, irritativa e dores de garganta, dores de cabeça, e perda de apetite, dores abdominais e vómitos, entre outros sintomas. Aparece sobretudo nos meses de Inverno e propaga-se de pessoa para pessoa, principalmente através da tosse e dos espirros. A gripe, enquanto tal, não é a mesma doença que as constipações banais, também causadas por vírus, e que «atacam» as crianças também nos meses de Inverno. Estas são situações muito mais «breves e leves», passando em dois ou três dias. Ler Mais...

Quando se deve vacinar uma criança com a vacina anual para a gripe?

A gravidade da gripe vem principalmente das complicações - quebra do estado geral, pneumonias por agentes a quem o vírus abre caminho, falência de órgãos previamente comprometidos, etc. Assim, a vacina da gripe (a fazer preferencialmente em Outubro, mas ainda eficaz se feita em Novembro) deve ser reservada às crianças com mais de 6 meses que tenham doenças crónicas pulmonares, asma, doenças cardíacas, renais ou do fígado, ou diabetes, entre outras. A vacina é feita de vírus inativados. Ler Mais...
Ovos de codorna faz mau para gripe | Para Pais.