Resultados para: "os bbs cansam dentro da barriga"

Você está a ver grávida , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa os bbs cansam dentro da barriga. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Nadar

É óptimo, mesmo que não seja com estilo e todos os «erres» e «efes». Ensinem os vossos filhos a nadar. É preciso alguma paciência e perseverança, mas vale a pena. E vão ver que ficam encantados com os progressos deles, e eles felizes por verem os pais interessados neles. No entanto, não confiem nas suas capacidades, pelo menos antes dos 6 anos. Podem julgar que já são capazes de tudo, até porque muitos frequentam aulas de natação durante o resto do ano, mas cansam-se facilmente e ficam aflitos, perdendo o norte. E não se esqueçam que há alturas em que vão querer mostrar que já são melhores do que todos, e tentar exceder as capacidades físicas. Ler Mais...

Quando devo pôr o meu bebé de barriga para baixo?

Mesmo um recém-nascido pode passar algum tempo de barriga para baixo quando estiver acordado para ajudar a fortalecer o pescoço e os ombros e para ajudar a controlar a cabeça. É importante que o seu bebé não passe o tempo todo deitado de costas, pois com o passar do tempo pode deformar a cabeça e "achatá-la" num dos lados. Quando for mais velho, deitá-lo de barriga ajudá-lo-á a aprender a gatinhar. Supervisione-o durante "o tempo de barriga para baixo" e esteja pronta para ajudar se ele se cansar ou ficar frustrado; irá gradualmente ficando mais forte. Contudo, nunca ponha o seu bebé de barriga para baixo para dormir, pois isso pode aumentar o risco de morte súbita. Ler Mais...

A minha barriga é descida portanto deve ser um rapaz?

Isso não é provável! Diz-se que se a barriga é baixa vai ter um rapaz, e se é alta, então vai ter uma menina. A verdade é que a forma da sua barriga provavelmente é determinada pelo músculo e tonicidade uterinos assim como pela posição do seu bebé. Há imensos mitos menina - menino: se tiver as mãos macias vai ter uma rapariga, se tiver as mãos ásperas será um rapaz; se o futuro pai andar nervoso é uma menina, se andar relaxado é um rapaz; se a mãe pegar na chávena de café com as duas mãos é uma menina se pegar pela asa é um rapaz; se tiver o umbigo muito sensível é uma menina, se tiver os pés frios é rapaz... a lista não tem fim! Ler Mais...

Conselho sobre irmãos

A imitação não desenvolve a capacidade de humanização. Imitar é próprio dos símios. «Olha como a Ana se porta bem, e tu, afinal...» - esta é uma forma muito usada, mas muito contraproducente, até porque estimula na criança vários sentimentos que não a ajudam em nada: de raiva e inimizade pelos outros que servem de termo de comparação; de infelicidade, porque fica a pensar que os pais, afinal, gostavam era de ter a Ana como filha. Quando anunciar? As notícias importantes, sejam boas ou más, devem ser dadas pelos pais. Se queremos que os nossos filhos nos considerem as pessoas mais verdadeiras e de maior segurança, não podemos deixar que sejam outros a comunicar as grandes alegrias ou tristezas da família. Seja a morte de alguém, seja o nascimento de um irmão. No entanto, como abordarei a seguir (e dentro do grupo etário de que trata este livro), nove meses são muitos meses para o entendimento de uma criança, e a fantasia em que vive pode, no caso de grande insistência no tema, gerar ansiedade ou pelo contrário, falsa segurança, aumentando o choque e os efeitos colaterais. Para cada pergunta deverá haver uma resposta verdadeira, mas apenas com os elementos mais tranquilos e leves da verdade. Antecipar grandes coisas é proporcionar à criança um espaço demasiadamente grande para a fantasia. Quando dizemos que «depois vai brincar com o maninho» a criança pensará que é logo mal nasça, e ficará desiludida. Deve criar-se uma ligação com o bebé, claro, ainda dentro da barriga da mãe, uma ligação afetiva e em que o tato tem muita força. O resto, o próprio bebé, dentro da barriga, se encarregará de fazer, transmitindo através da «comunicação invisível» algumas «trocas de ideias» com o irmão. Ler Mais...

Sintomas e sinais de alarme

Em primeiro lugar, há que saber quais os sinais e sintomas que devem levar a criança IMEDIATAMENTE ao médico: - convulsões - cianose (a criança ficar arroxeada) - dificuldade a respirar (vêem-se as costelas a ir para dentro, e as «asas» do nariz a abrir. A criança tem «fome de ar», piora ou faz muito barulho a respirar) - choro prolongado, grito (diferente do choro forte) ou gemido - sonolência demasiada sem razão aparente - prostração -não responde a estímulos como sorrir -recusa repetida de mamar (em crianças pequenas) -hipotonia (moleza exagerada, sem força no corpo - segurando-se pela barriga, costas para cima, parece um «boneco de trapos») -dores de cabeça que interrompem as brincadeiras ou que acordam durante a noite - febre alta (superior a 40°C rectal ou 39,5°C axilar) há mais de 3 dias completos; -sinais de desidratação olhos encovados, fontanela deprimida, pele com perda de elasticidade (especialmente na barriga), sede intensa, boca seca, urinar pouco (menos número de fraldas molhadas do que o costume). Se não houver qualquer destes sintomas mas existir a combinação de dois ou mais dos sinais e sintomas que se listam seguidamente, então a criança deverá ser levada ao médico dentro das 24 HORAS seguintes: - sibilância a respirar (pieira) - tosse muito incomodativa - irritabilidade - vómitos - diarreia intensa - lesões cutâneas generalizadas (exantemas, borbulhas, babas) - febre mantida acima de 40° rectal ou 39,5° axilar Em caso de dúvida, é preferível a criança ser observada de imediato por um médico. Ler Mais...

Gostaria de comunicar e de criar laços com o meu bebé antes do nascimento. Há alguma coisa que eu possa fazer?

Com o progredir da sua gravidez, há muitas formas de se concentrar no seu bebé e de comunicar com ele e essas ocasiões são uma oportunidade para relaxar e também para tirar uma folga. * Relaxe num banho morno e concentre-se em sentir os movimentos do seu bebé, imaginando o que ele estará a fazer dentro de si. * Fale com o seu bebé. O seu bebé pode detectar sons fora do útero por volta do segundo trimestre e o mais provável é prestar atenção à sua voz. Pode ir comentando as suas actividades ou mesmo ler para o seu bebé. O seu companheiro também pode conversar com o bebé. * Esfregue ou massaje a barriga. Irá descobrir que o seu bebé responde com pontapés; é quase como estar a ter uma conversa! * Passe algum tempo a fazer planos para a chegada do bebé, por exemplo, escolhendo as cores para o quarto do bebé ou mesmo comprando alguns fatinhos. * Inscreva-se com o seu companheiro em aulas de preparação para o parto. Isso dará a ambos a oportunidade de pensar no trabalho de parto, no parto e no vosso bebé. * Consulte um livro de nomes de bebés e faça uma lista daqueles de que você e o seu companheiro gostam. * Alguns casais gostam de tirar fotografias com regularidade da barriga em crescimento. Ler Mais...
Os bbs cansam dentro da barriga | Para Pais.