Resultados para: "o que e dias ferteis yashoo"

Você está a ver grávida , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa o que e dias ferteis yashoo. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. cesaria inflamada por dentro, cesaria inflamada, gemeos escondidos barriga, mulheres parindo dentro do hospital, colo do utero dilatado fotos, pontos parto normal coçando, tive dengue posso engravidar.

Quanto tempo posso ficar em casa depois de ter o meu bebé?

Todas as mulheres grávidas podem gozar de 120 a 150 dias de licença de parto, indiferentemente do tempo de serviço contínuo. A notificação à entidade patronal deve ser feita antes da data prevista para o parto. O subsídio de maternidade é pago durante os 120 dias de licença a 100% da remuneração ou 80% se optar por gozar mais 30 dias de licença. Tem de notificar por escrito o seu empregador até 7 dias após o parto. Ler Mais...

Tive uma DST no passado, mas agora está tudo bem – isso irá evitar que eu conceba?

Uma anterior doença sexualmente transmissível (DST) não deverá causar problemas se tiver sido descoberta cedo e tratada com sucesso. Contudo, a clamídia e a gonorreia podem ter consequências a longo prazo se ficarem sem tratamento, em especial nas mulheres. Uma DST sem tratamento pode também ser passada para o seu bebe. A clamídia é a doença sexualmente transmitida mais frequente. Embora tenha cura, muitas pessoas não estão conscientes dos riscos que representa para a saúde. Nas mulheres, até 70 por cento das infecções de clamídia não tem sintomas óbvios, portanto um grande número de casos nãoo nunca diagnosticados. O risco é que a clamídia não tratada pode causar uma doença inflamatória pélvica, que é uma causa muito comum de infertilidade feminina. Num grande número de pesquisas há uma ligação clara entre a clamídia e a infertilidade dos canais na qual a infecção faz com que se formem aderências e cicatrizes nas trompas de Falópio causando bloqueios nos canais e aumentando o risco de complicações, como a gravidez ectópica. Numa pesquisa finlandesa encontraram-se anticorpos da clamídia no sémen de 51 por cento dos homens inférteis comparados com 23 por cento dos homens férteis concluindo portanto o estudo que a clamídia pode afectar tanto a fertilidade masculina como a feminina. As DST clássicas, como a sífilis e a gonorreia são, em geral, mais fáceis de reconhecer e, em consequência, de diagnosticar e tratar. Ler Mais...

Iremos receber algum financiamento adicional ou apoio prático por estarmos à espera mais do que um bebé?

Os pais de gémeos teo direito a alguns benefícios financeiros por pane do Estado português. A licença de maternidade de 120 ou 150 dias que a mãe tem direito a gozar após o parto, podendo gozar 30 dias antes do parto, será acrescida de 30 dias por cada gémeo além do primeiro em casos de nascimentos múltiplos. O subsídio de maternidade será atribuído pela mesma quantidade de dias da licença de maternidade. É de salientar que se a licença de maternidade for alargada para 150 dias, o subsídio correspondente aos 30 dias a mais será de 80% face ao ordenado de referência, em vez dos 100% correspondentes aos 120 dias. O subsídio de maternidade deve ser requerido no prazo de seis meses a contar da data em que tiver início o impedimento para o trabalho. Além disso os pais recebem o Abono de Família, um apoio do Estado às famílias que deve ser requerido nos Centros Distritais da Segurança Social. No caso de gémeos poderá pedir a majoração do abono de família para as crianças entre os 12 e os 36 meses. Ler Mais...

Licença de maternidade

Todas as trabalhadoras grávidas têm direito a tirar 120 dias de licença de maternidade, seja qual for o tempo que trabalharam para o empregador ou o seu salário. Pode começar a licença de maternidade até 30 dias antes do prazo previsto para o bebé nascer. Pode trabalhar até à data do parto, mas se tirar algum tempo por doença nas quatro semanas antes do parto, o seu empregador pode começar a contar a licença a partir dessa data. A trabalhadora pode optar por uma licença de 150 dias devendo este acréscimo de 30 dias ser gozado necessariamente a seguir ao parto. Deve informar a entidade patronal da opção pela licença superior até 7 dias após o parto terá de informar o seu empregador por escrito, sobre as intenções da sua licença. Informe-o da data prevista para o nascimento do seu bee da data em que pretende iniciar a sua licença de parto. Se você seguir certos critérios terá direito ao pagamento legal de 120 dias da sua licença de maternidade, e depois desse tempo a sua licença não será paga. Nos casos de nascimentos múltiplos o peodo de licença é acrescido de 30 dias por cada gemelar além do primeiro. Ler Mais...

Os meus direitos enquanto estou de licença

Tem os mesmos direitos e beneficias (com excepção do seu salário) enquanto está de licença de parto. Contudo, se quiser gozar uma licença de 150 dias, nesses dias a mais só receberá 80% da remuneração e deverá informar a entidade até 7 dias após o parto. Durante a licença de maternidadeo perde o direito ao mínimo de férias, que pode adicionar à licença no início ou no fim. Em caso de internamento da mãe ou do nascituro durante a licença esta suspende-se pelo tempo de duração do internamento. Ler Mais...

O que é o subsídio de maternidade e poderei candidatar-me a ele?

O subsídio de maternidade é um benefício para as mulheres que trabalham por conta de outrem ou são empregadas por conta própria. A sua parteira deverá ser capaz de informá-la dos seus direitos e pode dar-lhe um certificado a confirmar a sua gravidez, que é conhecido como certificado de gravidez, e vai ser necessário para reclamar o seu subsídio de maternidade. Nos Centros Regionais de Segurança Social podeo dar-lhe todas as informações. O subsídio de maternidade será atribuído pela duração da licença de maternidade, 120 dias, a 100% mas se quiser gozar uma licença de mais 30 dias, esses dias seo pagos na mesma percentagem. Ler Mais...
O que e dias ferteis yashoo | Para Pais.