Resultados para: "nariz assado de tanto assoar"

Você está a ver bebé , alimentação e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa nariz assado de tanto assoar. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Conselho sobre obstrução nasal

Os pais e educadores devem estar muito atentos ao nariz das crianças, e tratá-lo de forma a garantir a sua permeabilidade. No entanto, há que tomar em atenção o seguinte: a parede do nariz (mucosa) é muito frágil (exatamente por ser fina e muito vascularizada). Qualquer agressão (cotonete, aspirador de secreções, limpezas bruscas, etc.) pode lesar a parede do nariz e provocar a resposta por parte deste que é a secreção de ainda mais ranho. Ensinar e insistir para se assoar é a medida mais eficaz. Ler Mais...

Epistaxis

É uma situação que assusta os pais, até porque uma quantidade pequena de sangue na almofada espalha-se pelas fibras e parece corresponder a vários «litros» mas, salvo raríssimas exceções, é uma situação benigna. A epistaxis não se refere ao sangramento ocasionado por um traumatismo ou qualquer outra causa episódica - trata-se da hemorragia nasal repetida e sem causa aparente. O nariz é muito vascularizado, dado que uma das suas funções é aquecer o ar inspirado. A causa das epistaxis é a rotura dos pequenos vasos da mucosa nasal, ocasionada por várias situações:
  • espirro;
  • assoar-se com força;
  • coçar o nariz e arrancar «macacos» secos (por vezes a dormir, sem dar por isso);
  • alergia (febre dos fenos);
  • fragilidade venosa do chamado «locus de Kisselbach», um conjunto de veias superficiais que, em algumas crianças, pode ser excessivamente superficial.
O tratamento deve ser sentar a criança com a cabeça para a frente, para o sangue não escorrer para a garganta e árvore respiratória. Depois, deve-se fazer pressão no nariz até a hemorragia parar, pedindo à criança que respire pela boca (se já tiver idade para entender estas ordens). Não se devem introduzir cotonetes ou outros objetos no nariz, a não ser (se recomendada pelo médico) uma espécie de esferovite que tampona a hemorragia. Pode também colocar-se gotas de um vasoconstritor nasal, dos que habitualmente se usam na obstrução nasal. É importante dizer à criança para não espirrar ou assoar-se nas horas seguintes. A criança pode ficar muito assustada, sobretudo se se trata dos primeiros episódios – os pais devem manter-se calmos, para a ajudar e também para que ela colabore nas medidas acima referidas. Por vezes, depois de um episódio de epistaxis vem um vómito com sangue - trata-se de sangue engolido, sem qualquer outro problema. Se a hemorragia é grande ou muito repetida, pode haver necessidade de laquear os vasos. De qualquer forma, nos primeiros casos, a criança deverá sempre ser observada porque a hemorragia nasal pode ser um indicador precoce de doenças de coagulação que, embora raras, devem ser diagnosticadas precocemente. Ler Mais...

Tenho tido hemorragias nasais pela primeira vez na minha vida. Por que é que isso acontece?

Não ê fora do normal ocorrerem hemorragias nasais na gravidez devido ao aumento de fornecimento de sangue no corpo. As hemorragias nasais não são sérias, mas se for forte, pode pedir ao seu médico um spray para ajudar a coagulação. Se as hemorragias forem muito frequentes, uma simples cirurgia pode cauterizar os vasos. Quando tiver uma hemorragia, sente-se durante alguns minutos, com a cabeça erguida, e aperte o nariz. Para evitar hemorragias tente assoar-se com cuidado, beba muitos líquidos para evitar desidratação e abra a boca ao espirrar para aliviar a pressão nasal. Ler Mais...

Será possível evitar as otites?

É difícil arranjar uma fórmula mágica que evita as otites. O mais importante é evitar a acumulação das secreções no nariz e nos adenoides e ensinar a criança, desde muito pequena, a assoar-se e não fungar. Também a amamentação é um fator protetor, bem como administrar o biberão, se for caso disso, com o bebé em posição semi-vertical e não deitado. Por outro lado, os poluentes respiratórios, entre os quais o tabaco passivo, funcionam como fatores de risco e agravantes das otites. Claro que se houver um defeito estrutural naquela zona (faringe e ouvido), as otites poderão ser mais frequentes. O uso das novas vacinas não diminuirá muito o número de otites individualmente, embora em termos de população total de crianças isso possa significar muitos casos evitados e muitos dias de absentismo que não existirão. Ler Mais...

O nariz

Nunca é demais relembrar as funções do nariz. O pensarmos que só desempenha funções estéticas ou que serve para estar ranhoso leva a que não lhe demos a devida importância. A prevenção das infeções respiratórias começa no nariz. O nariz é fundamental nas crianças pois aquece o ar, humidifica-o, purifica-o e evita que os agentes agressores possam ir para territórios mais nobres. É ele o primeiro obstáculo, o primeiro filtro, à poluição, fumos, pó, micróbios e tantas outras coisas nocivas. Um pouco mais atrás, os adenoides funcionam como segunda linha. Se por acaso o nariz não for limpo cuidadosamente - pelo menos uma vez por dia de forma completa, dentro do que é uma boa higiene nasal - as secreções acumulam-se e tornam-se pasto para as bactérias e vírus, para além da obstrução que proporcionam. Ao ter o nariz tapado, a criança desta idade respira pela boca, não aquecendo e humidificando devidamente o ar, o que vai alterar as condições da mucosa faríngea, ocasionando mais infeções. Por outro lado, os adenoides vão entrar em ação, aumentando de volume e dando ainda mais sintomas, obstrutivos e respiratórios, inflamatórios e infeciosos. Ler Mais...

O que deverá saber acerca do recém-nascido

Quando trouxer o seu filho da maternidade, já ele terá um aspecto diferente: as rugas do rosto desapareceram, o tom da pele é rosado, e não vermelho como inicialmente. Também a assimetria da cabeça, normalmente provada pelo parto, já não existe. Dentro de algumas semanas o nariz deixará de ter a forma achatada. O bebé deixa de perder peso e começa a engordar. Finalmente o bebé que tanto desejou, ir-se-á desenvolvendo a pouco e pouco. Ler Mais...
Nariz assado de tanto assoar | Para Pais.