Resultados para: "mulher gravida com papeira"

Você está a ver grávida , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa mulher gravida com papeira. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Papeira

A papeira, ou parotidite epidérmica, tornou-se relativamente rara desde que as crianças são vacinadas com a vacina VASPR. O que acontece na papeira é uma inflamação das glândulas parótidas, que ficam de cada lado da mandíbula, e são responsáveis pela produção de saliva. O agente é um vírus, e os sintomas começam com mal-estar, febre baixa e, cerca de dois dias depois, dor ao mastigar ou engolir (especialmente sumos), dor perto do ouvida dor de cabeça, arrepios, dificuldade a engolir e inchaço (uni ou bilateral) junto ao chamado ângulo da mandíbula, com desaparecimento da saliência óssea. Por vezes, a papeira só dá sintomas escassos. As complicações da papeira são raras. A mais temida é a meningite, que surge com alguma frequência e que pode variar muito em sintomatologia, desde simples dores de cabeça e mal-estar a uma verdadeira meningite com todos os sintomas. Esta meningite viral é benigna e não deixa sequelas. Algumas crianças têm de ser internadas sobretudo quando o estado geral está diminuído ou têm dificuldade em se alimentar, ou evidentemente na fase em que ainda não há a certeza de ser esta meningite ou outra. Outra complicação da papeira é a pancreatite: o pâncreas é um dos órgãos «tocados» pelo vírus da papeira e por isso é que surgem sintomas de náuseas, repulsa pelos alimentos, falta de apetite, intolerância às gorduras, etc. Por vezes o pâncreas é afetado de maneira mais intensa, e a criança queixa-se de dores de barriga, vomita e não quer comer. Nestes casos é aconselhável consultar o médico de imediato. Outras glândulas pelas quais o vírus da papeira tem uma predileção especial são os ovários e os testículos, especialmente estes. Na criança, dado que estas glândulas não estão ainda muito desenvolvidas, geralmente a sua inflamação (ooforite e orquite, respetivamente) não dá sintomas muito especiais. Nos adultos, contudo, podem dar dores e daí o terror que a maior parte dos homens tem à ideia de poder ter papeira. Julga-se, no entanto, que a orquite da papeira não dá esterilidade, pelo menos na larga maioria dos casos. No que respeita às parótidas, podem existir outros vírus que causam inchaço muito semelhante ao vírus da papeira, mas são menos frequentes. Outras doenças podem dar sintomas semelhantes, com entupimento da saída da saliva, por exemplo, e inchaço da glândula. A papeira é porém geralmente bem identificável porque existem mais casos na escola ou no círculo de amigos. A história de contacto é essencial. A papeira dá imunidade para a vida, mas apenas para o tipo de vírus implicado. Ler Mais...

Vou aumentar mais de peso do que uma grávida que só está à espera de um bebé?

As mães grávidas de gémeos, dois ou mais, deverão ganhar mais peso do que as mulheres que vão ter só um bebé. Sem dúvida que, no primeiro trimestre, um aumento rápido de peso pode ser um indicador de uma gravidez múltipla. O aumento do volume de sangue e o tamanho do útero assim como o peso de cada bebé, possivelmente duas placentas e o líquido amniótico para cada bebé, darão continuidade a este padrão de maior aumento de peso durante a gravidez. Embora em média uma mulher com uma gravidez múltipla deva aumentar cerca de 10 kg a mais do que uma mulher que tem só um bebé, isso não é aumentar o dobro. Se estiver grávida de dois gémeos, deverá aumentar as calorias a ingerir para 500 calorias por dia só no último trimestre em comparação com as 200 calorias a mais para uma gravidez simples. Ler Mais...

Não tenho muito dinheiro para gastar em roupas de grávida, alguma sugestão?

Muitas mulheres enfrentam este problema quando engravidam, mas não precisa de gastar muito dinheiro. A maior parte das lojas de roupas de mulher hoje em dia tem stocks de colecções de grávidas a preços muito razoáveis. Invista em dois pares de calças ou saias que poderá ir adaptando conforme a gravidez vai progredindo e misture e combine cores e estilos com alguns tops. Os tops não precisam de ser de grávida - pode só comprar uns tamanhos acima do seu tamanho normal. Também pode procurar em lojas de caridade ou pedir emprestado a amigas e familiares, pois as mulheres usam a roupa de grávida por um período tão curto que muitas vezes está em boas condições. O ebay é um bom sítio para encontrar uma pechincha e há lojas de artigos usados que têm imensas peças em excelentes condições. Por fim não se esqueça dos jeans e dos tops do seu companheiro, que lhe devem ficar na perfeição! Ler Mais...

Abono de família pré-natal

É uma medida de incentivo à natalidade introduzida em Setembro de 2007. Consiste na atribuição de um montante mensal à mulher grávida que atinja a 13ª semana de gestação. O montante varia consoante o rendimento de referência do agregado que não pode ser superior a 5 vezes o valor do Indexante dos Apoios Sociais (IAS), e é concedido até ao mês do nascimento, inclusive. Deve ser requerido nos Centros Distritais da Segurança Social. Ler Mais...

Sistema nervoso Meningites

O que são? Uma meningite é uma infecção das membranas que cobrem o cérebro e a espinal medula, e do líquido que circula entre elas. Pode ser causada por três tipos de micróbios: - bactérias - vírus - fungos Descrita pela primeira vez há quase 200 anos, a meningite sempre foi considerada uma doença muito grave. Com a chegada dos antibióticos, o prognóstico começou a melhorar e a meningite deixou de ser uma doença sistematicamente fatal. A taxa de mortalidade oscila atualmente entre um e sete por cento, no geral, embora seja diferente para cada um dos micróbios envolvidos. Na diminuição do número de casos, as vacinas desempenham um papel determinante na prevenção da doença, como por exemplo a vacina contra a parotidite (papeira) integrada na VASPR (vacina contra o sarampo, papeira e rubéola) que permite «acabar» com uma das meningites mais frequentes, a da papeira, e a vacina anti-haemophilus influenza ou a vacina contra o pneumococo, recentemente introduzida no mercado, e que embora não seja uma «vacina da meningite», como tantas vezes é chamada, atua contra um dos microorganismos mais frequentemente causadores da infecção. Logo nos primeiros dias de vida quando fazemos a BCG aos nossos filhos, estamos não só a protegê-los da tuberculose como também da sua forma meníngea (a meningite tuberculosa) que foi muito frequente no nosso país. Também já existem vacinas contra o meningococo C umas das bactérias responsáveis pelas epidemias de meningite de pior prognóstico e esta vacina foi introduzida no Programa de Vacinação em Janeiro de 2006. Ler Mais...

Quero fazer o parto em casa. Isso fará diferença para as minhas consultas pré-natais?

Em geral, as mulheres que planeiam o parto em casa irão ter o mesmo tipo de cuidados pré-natais que qualquer outra mulher grávida saudável, no que se refere à frequência e local das consultas pré-natais. Em algumas zonas, as parteiras podem fazer uma visita domiciliária para o fim da gravidez, se uma mulher estiver a planear um parto em casa. Isto ajuda pois oferece uma oportunidade de discutir os preparativos do trabalho de parto e do parto, tais como qual o equipamento que deverá estar preparado e o lugar onde se espera fazer o parto. Embora ainda não seja muito comum, já existem muitas mulheres em Portugal a querer fazer partos em casa. Há parteiras especializadas neste tipo de partos. Ler Mais...
Mulher gravida com papeira | Para Pais.