Resultados para: "mulher ganhando beber de parto normal videos"

Você está a ver bebé , alimentação e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa mulher ganhando beber de parto normal videos. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Há situações em que não se pode comer ou beber durante o trabalho de parto?

Atualmente pensa-se que deverá ser permitido a todas as mulheres beber água durante o trabalho de parto, e que as bebidas isotónicas podem ser um pouco mais benéficas devido ao seu alto valor calórico e à rápida absorção pelo organismo. Recomenda-se comer snacks leves, mesmo no trabalho de parto confirmado, desde que não tenha tomado analgésicos com opióides, os quais incluem peudina e diamorfina e não há outros fatores de risco que tornariam uma anestesia geral mais plausível. A maior parte das mulheres tem vontade de comer no início do trabalho de parto, mas descobrem que mais tarde, na primeira fase, já não conseguem ver comida, embora sintam vontade de beber. Ler Mais...

Quero fazer o parto em casa. Isso fará diferença para as minhas consultas pré-natais?

Em geral, as mulheres que planeiam o parto em casa irão ter o mesmo tipo de cuidados pré-natais que qualquer outra mulher grávida saudável, no que se refere à frequência e local das consultas pré-natais. Em algumas zonas, as parteiras podem fazer uma visita domiciliária para o fim da gravidez, se uma mulher estiver a planear um parto em casa. Isto ajuda pois oferece uma oportunidade de discutir os preparativos do trabalho de parto e do parto, tais como qual o equipamento que deverá estar preparado e o lugar onde se espera fazer o parto. Embora ainda não seja muito comum, já existem muitas mulheres em Portugal a querer fazer partos em casa. Há parteiras especializadas neste tipo de partos. Ler Mais...

Estou em tentativa de trabalho de parto – durante quanto tempo poderei ficar em trabalho de parto?

Uma tentativa de trabalho de parto é uma coisa que é feita se, por exemplo, uma mulher tiver tido problemas na gravidez ou tiver tido uma cesariana anteriormente. Isso permite à mulher estar em trabalho de parto tempo suficiente para determinar se poderá ser possível um parto vaginal. Poderá ser difícil dizer quanto tempo lhe permitirão estar em trabalho de parto pois o tempo depende do progresso do seu trabalho de parto e da opinião do pessoal médico que estiver a tratar de si. O seu trabalho de parto será cuidadosamente monitorizado com a sua parteira a avaliar o seu progresso com regularidade para verificar se o colo do útero está a dilatar como esperado e se o bebé está a descer pela pélvis. Podem-lhe fazer uma monitorização contínua aos batimentos cardíacos do bebé e terá assistência médica por perto no caso de precisar de uma cesariana. Ler Mais...

Quero recordar-me de todo o meu parto – como posso conseguir isso?

Provavelmente a forma mais eficaz de recordar o mais possível o seu trabalho de parto e o nascimento do seu bebé é tentar manter-se o mais saudável e descansada possível antes do início do trabalho de parto, o que lhe dará a melhor possibilidade de se manter forte e lúcida durante o trabalho de parto Sentir-se forte e cheia de energia também pode ajudá-la a manter-se de pé e ativa durante o seu trabalho de parto, reduzindo a necessidade de opiáceos, como a petidina, que pode criar um leve estado de amnésia, significando que você pode ter alguma dificuldade em recordar-se de detalhes mais pequenos do parto. Também será útil ter um companheiro ou amiga íntima consigo durante todo o seu trabalho de parto para que eles também possam preencher algumas falhas mais tarde; as fotografias e os vídeos também são bons auxiliares. Se depois do parto descobrir que há partes de que não consegue lembrar-se, pode pedir à sua parteira para a deixar ver as suas notas de parto. Ou pode tentar escrever um diário de parto entre as contrações! Ler Mais...

Posso fazer alguma coisa para reduzir o risco de entrar em trabalho de parto demasiado cedo?

Não se sabe exatamente porque é que as mulheres entram em trabalho de parto, embora se julgue ser devido a uma combinação de fatores. Infelizmente, as medidas mais preventivas para parar o trabalho de parto prematuro não são eficazes, portanto há pouco a fazer para reduzir o risco de isso acontecer. No entanto, as medidas mais eficazes de auto-ajuda em relação a uma gravidez normal, a um resultado positivo de parto e a evitar com sucesso um parto prematuro, são adotar um estilo de vida saudável antes e durante a gravidez, incluindo não fumar ou beber álcool, fazer uma dieta bem equilibrada e fazer algum exercício diário. Um bom apoio social também ajuda a reduzir os níveis de stress e de preocupação durante a gravidez, o que pode ter um efeito muito positivo na sua saúde e bem-estar gerais e, por seu turno, na sua gravidez, trabalho de parto e parto. Ler Mais...

Tive um parto longo e receio que a minha vagina tenha alargado. Voltarei ao normal?

Tente não se preocupar, embora de início possa notar alterações no seu corpo em resultado da gravidez e parto: lembre-se de que o corpo de uma mulher está preparado para dar à luz e para depois voltar ao normal. Para ajudar os músculos à volta da vagina a apertarem depois do parto, faça os exercícios para o pavimento pélvico que fez na gravidez. Para isso tem de identificar os músculos que precisa de exercitar apertando os músculos à volta da vagina e do ânus contraindo como se estivesse a travar a urina e gases ao mesmo tempo. Deverá praticar cinco ou seis vezes de cada vez, várias vezes ao dia. Se de início não conseguir manter os músculos apertados durante 5 segundos faça o que conseguir e continue a praticar. Também pode tentar contrações mais rápidas apertando e elevando os músculos do pavimento pélvico rapidamente e mantendo-as durante um segundo; depois relaxe um momento e repita. Ler Mais...
Mulher ganhando beber de parto normal videos | Para Pais.