Resultados para: "mao do bebe muito branca"

Você está a ver gravidez , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa mao do bebe muito branca. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

A carne vermelha alimenta mais que a branca?

A diferença entre as carnes e vísceras vermelhas, em relação às brancas, é o seu maior conteúdo de ferro. Todas as carnes têm quantidades variáveis, mas sempre importantes, deste mineral. Ainda por cima, o ferro dos produtos animais é melhor absorvido e utilizado do que o ferro de origem vegetal. Em relação às proteínas, vitaminas e minerais, não existem grandes diferenças entre a carne vermelha e a carne branca. 0 seu conteúdo em gordura saturada e colesterol é muito semelhante. A principal diferença no valor nutritivo destes alimentos refere-se, pois, ao conteúdo em ferro, pelo que não existe justificação para afirmar que as carnes vermelhas são melhores do que as brancas. O fundamental é que sejam carnes de confiança, no que toca à higiene, doenças, produtos adicionados nas rações ou administrados aos animais. Ler Mais...

O que é o vérnix?

A maioria dos bebés que nasce antes das 40 semanas tem algum vérnix, uma substância branca e gordurosa na pele, que os protege enquanto estão no líquido amniótico. Depois das 40 semanas este começa a desaparecer. Se o bebé nascer com vérnix, este não precisa de ser retirado, pois irá sendo gradualmente absorvido pela pele. Ler Mais...

As batas brancas

A bata branca é um dos símbolos do poder e da sabedoria médica. A par do estetoscópio, que surge sempre em qualquer representação de um médico, dos bonecos de cerâmica às telenovelas. E ainda há quem as use, mesmo quando nada justifica esse vestuário que é de distanciamento, quando não há razões de proteção. As crianças pouco querem saber do poder médico, e o que as impressiona é a bata, até poderem ter reações de medo, pânico e quase de fobia, a que se apelidou de «síndroma da bata branca» - agitação excessiva, choro compulsivo e medo. As crianças que já passaram por vários internamentos estão em maior risco de terem estas reações. No entanto, não deve ser confundida esta síndroma com a reação ao estranho e a sensação de vulnerabilidade, normal e natural numa criança entre o ano e os 3 anos. São coisas diferentes. Pessoalmente, nunca usei bata, a não ser no hospital, e em muitos dos departamentos a contragosto, por não encontrar nenhuma justificação. Aliás, sabe-se que, bacteriologicamente, as batas (sobretudo se andam dos consultórios para os hospitais) têm micróbios mais resistentes do que a roupa normal. Ler Mais...

Hérnias

Uma hérnia é uma saliência, arredondada, que resulta quando um tecido subcutâneo é fraco, permitindo ao órgão subjacente que saia um pouco através desse espaço. Para além do efeito estético, o grande problema das hérnias (sobretudo as inguinais) é poderem estrangular, ou seja, o intestino sai pela parede enfraquecida, mas depois tem dificuldade em regredir, sobretudo se o anel da hérnia estiver fibroso e duro. Neste caso, o intestino fica apertado e pode necrosar e causar uma emergência médica, com rápida deterioração do estado geral. As hérnias mais frequentes são as umbilicais e as da linha branca (por cima do umbigo) e as inguinais, que migram para dentro do escroto, seguindo o caminho normal do testículo. À medida que a criança cresce, a pressão abdominal desce (por menos episódios de choro e menos gases intestinais) e a hérnia começa geralmente a ficar pequena, desaparecendo na maioria dos casos. As hérnias de linha branca são por vezes compridas e apresentam-se como uma protuberância alongada, para cima do umbigo. Diminuem e desaparecem com a tonificação dos músculos da barriga. As hérnias inguinais podem ser mais complicadas. O primeiro sintoma costuma ser um alto, que os pais confundem amiúde com um gânglio, na região interior da coxa. É duro, pode causar dor, e colocando o dedo sente-se se a criança tossir. Por vezes é possível empurrar para dentro e ouve-se um som de gorgolejo. As hérnias têm tendência a sair quando a criança faz esforço (obstipação, birra, gases, choro intenso). Perante o achado de uma hérnia, é conveniente consultar um cirurgião pediatra, para ter um ponto de partida para encarar eventual correção cirúrgica. As hérnias umbilicais nunca estrangulam e a sua correção faz-se pelos 5 anos, e apenas por razões estéticas. Ler Mais...

Porque é que tenho mais descargas vaginais desde que estou grávida?

Na gravidez, os músculos da vagina engrossam e isso, combinado com um aumento da hormona da gravidez, estrogénio, causa a multiplicação das células da vagina em preparação para o parto. Como efeito secundário, o aumento de células significa um aumento de corrimento vaginal, chamado leucorreia. Se sentir dor ou irritação e o corrimento não for de cor creme ou branca ou se tiver cheiro, vá à parteira ou ao médico para se fazer uma recolha para controlo de infecção. Algumas infecções, como as infecções fúngicas, causam um corrimento anormal. São comuns na gravidez e de fácil tratamento. Ler Mais...

Pitiríase

A pitiríase versicolor é uma infeção causada por um fungo, que dá à pele uma descoloração branca ou acinzentada. Nota-se mais depois do Verão, dado que a restante pele fica bronzeada, sobressaindo mais as zonas afetadas, em manchas por vezes grandes. Não costuma dar sintomas como comichão ou dor, e o diagnóstico é pelo aspeto das manchas. Deve aplicar-se um antifúngico e um preparado como um champô anticaspa, com selénio, durante 3 a 4 noites. Como a pele fica descolorada, o aspeto mantém-se mesmo depois do tratamento, podendo ficar assim durante alguns meses ou mesmo anos, «piorando» no Verão, pelas razões acima referidas, e quase desaparecendo no Inverno. Ler Mais...
Mao do bebe muito branca | Para Pais.