Resultados para: "manchas roxas em barrigas de gravidas"

Você está a ver criança , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa manchas roxas em barrigas de gravidas. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Apareceram-me manchas escuras na cara. O que pode ser?

As manchas escuras na cara chamam-se cloasma ou “pano” e afectam cerca de metade das mulheres grávidas. Quase todas as mulheres grávidas notam alguma alteração na cor da pele, podendo em geral escurecer a partir das 12 semanas. Isso é devido a um aumento das hormonas que estimulam a pigmentação da pele, afectando mais as mulheres de pele mais escura. Este escurecimento pode ser mais aparente em certas zonas, como os mamilos, o períneo (a pele entre a vagina e o ânus), e o umbigo ou áreas sujeitas a fricção como o interior das coxas e as axilas. Pode reduzir ou prevenir as manchas escuras na cara minimizando a sua exposição ao sol e utilizando protectores solares de factor elevado. Ler Mais...

O meu bebé tem uma grande mancha de morango vermelha, na cabeça. Ficará lá para sempre?

As marcas de nascimento são bastante comuns e a maior parte desaparece durante os primeiros anos. As manchas de morango de nascença começam como uma pinta vermelha e têm tendência a crescer em tamanho durante um ano, mas em geral desaparecem por volta dos cinco anos. Outras marcas incluem manchas rosadas na pele, chamadas manchas de cegonha, e manchas mongólicas azuis, que são manchas na pele com um tom azulado que aparecem em bebés de descendência africana, das Caraíbas ou asiática. Em geral aparecem no fundo das costas mas podem-se estender às nádegas e devem-se à concentração de células de pigmentação na pele; muitas vezes desaparecem por volta dos três ou quatro anos. As manchas vinho do Porto são manchas vermelhas e maiores que em geral aparecem na face e no pescoço. Estas manchas de nascimento são permanentes, e assim poderá querer falar com um especialista de pele sobre se há tratamento para as reduzir. Ler Mais...

Quinta doença – Que sintomas?

Os sintomas aparecem cerca de uma a duas semanas depois do contágio e, essencialmente, são cansaço e febre ligeira que desaparece rapidamente. Depois destes sintomas (inespecíficos e que na maioria dos casos passam despercebidos), aparecem as manchas (exantema), geralmente ao nível das bochechas, dando o aspecto tradicionalmente descrito como «cara em bofetada» (nesta altura já sem febre). O exantema pode estender-se ao resto do corpo e murtas vezes vai e vem. Às vezes as manchas ficam mais claras na parte central. Por vezes podem causar comichão. Ler Mais...

Rubéola

A rubéola é uma doença infeciosa, causada por um vírus, e não provoca doença grave nas crianças - aparecem manchas, gânglios no pescoço, região da nuca e virilhas, e febre baixa, durante 3 a 4 dias. Na maioria dos casos nem estes sintomas surgem. O problema da rubéola tem a ver com a infeção de uma grávida, dado que o vírus causa malformações no feto, sobretudo se a rubéola for contraída no primeiro trimestre: lesões do coração, ouvidos, olhos e sistema nervoso. A vacinação, realizada na vacina VASPR aos 15 meses e 5 anos, é muito importante. Há muitos outros vírus que podem simular os sintomas da rubéola: não são necessários nenhuns exames para distinguir, mas há que considerar que, para a criança, não se tratará de rubéola e portanto ela deve ser na mesma vacinada. Para as grávidas que possam ter tido contacto, a situação deverá ser tida como rubéola, para que se veja se a grávida está já ou não defendida. Ler Mais...

A cara do meu bebé está cheia de manchas. Irão desaparecer?

Os bebés recém-nascidos têm uma pele muito sensível. Durante a gravidez estiveram protegidos num ambiente seguro e depois do parto a pele deles precisa de se adaptar ao mundo exterior. Essa é a razão porque podem surgir erupções e manchas. A erupção mais comum nos recém-nascidos é o eritema tóxico neonatal, o qual ocorre em cerca de 50% dos bebés recém-nascidos e é visível 1- 5 dias depois do parto. Este consiste em pequenas manchas vermelhas que aparecem e desaparecem em toda a pele exceto nas palmas das mãos e nas solas dos pés. Não é perigoso e não é sinal de infeção. Não se pega e em geral desaparece passadas duas semanas, sem qualquer tratamento. O milium é outra alteração da pele que ocorre em cerca de 40 por cento dos bebés recém-nascidos. São borbulhas brancas do tamanho de uma cabeça de alfinete, que em geral aparecem no nariz e nas bochechas, mas também podem aparecer noutras partes da cara. São poros bloqueados que contêm sebo (uma substância oleosa produzida pela pele) e, mais uma vez, desaparecem sem tratamento. Ler Mais...

Sexta doença

O exantema súbito, ou 6ª doença, é mais característico do primeiro ano de vida, mas pode surgir até aos 18 meses. Trata-se de uma doença causada por um vírus, o herpesvírus 6, com uma evolução muito característica: depois de três dias de febre alta, com prostração, eventualmente convulsões febris, mal-estar e dor de ouvidos, a febre desaparece quase instantaneamente e aparecem manchas na pele, que duram cerca de três dias, ficando a criança bem-disposta. Como o diagnóstico só é possível a posteriori e a criança está debilitada, muitas vezes é levada ao hospital e medicada «para uma otite» - as manchas são, então, interpretadas como «alergia ao antibiótico». Esperar é difícil, mas o exantema súbito a isso obriga... Ler Mais...
Manchas roxas em barrigas de gravidas | Para Pais.