Resultados para: "linha nigra em nao gestante"

Você está a ver grávida , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa linha nigra em nao gestante. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, ver parto normal ver tudo, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Apareceu-me uma linha vertical escura no meio da barriga. O que é isso?

Uma linha castanha no centro do abdómen é conhecida por línea nigra. Esta ocorre devido às alterações de pigmentação na pele que são muito comuns na gravidez, afectando 90 % de todas as mulheres de uma forma ou outra e por vezes é mais visível se tiver a pele mais escura. Assim como a linha na barriga, também pode reparar no escurecimento da pele à volta dos seus mamilos e no escurecimento das sardas, sinais ou marcas de nascimento. Em algumas mulheres também podem aparecer manchas castanhas na face chamadas cloasma ou "pano". Estas alterações são causadas pelo aumento extra da hormona estrogénio na gravidez, a qual afecta a produção de células de melanina na pele – as células que produzem o pigmento que escurece a pele. Estas alterações de cor são normais e em geral desaparecem logo que o bebé nasce. Ler Mais...

A minha parteira escreveu CIT nas minhas notas – o que é que isso significa?

O tipo mais comum de cesariana é de incisão transversal (CIT). Isso refere-se a um corte de 12-15 cm feito ao longo da linha do biquíni. O outro tipo de incisão é o corte "clássico" ou vertical, embora hoje em dia seja muito raro e só seja utilizado se, por exemplo, houver uma cicatriz vertical de uma cesariana anterior, ou numa situação de emergência, como uma hemorragia, embora mesmo assim seja raro. Ler Mais...

Unha encravada

As unhas encravadas são um acontecimento comum nas crianças, sobretudo quando as unhas são cortadas muito rentes (especialmente as dos pés) ou as crianças as roem. Quando se cortam as unhas dos pés elas retrocedem, podendo depois, ao crescerem, entrar pela pele, inflamando-a e causando um panarício. Mesmo sem infeção, a unha encravada do pé dói, sobretudo ao andar. É importante que as unhas sejam cortadas em linha reta, limando depois os cantos e os bordos. O médico avaliará a situação e receitará uma pomada, com ou sem antibiótico. Ler Mais...

Pensar com antecedência – Estar preparada prática e emocionalmente

Será sensato pensar em como se preparar para amamentar, antes do parto. Fale das suas impressões sobre amamentação e sobre as do seu companheiro e da sua família e saiba lidar com as histórias negativas. Isto porque alguns dos problemas associados à amamentação incluem embaraço e falta de confiança na sua capacidade para produzir leite suficiente. Compre soutiens de amamentação e faça por frequentar as aulas pré-natais onde a amamentação será discutida. A linha SOS Amamentação está disponível 24h. Ler Mais...

Hérnias

Uma hérnia é uma saliência, arredondada, que resulta quando um tecido subcutâneo é fraco, permitindo ao órgão subjacente que saia um pouco através desse espaço. Para além do efeito estético, o grande problema das hérnias (sobretudo as inguinais) é poderem estrangular, ou seja, o intestino sai pela parede enfraquecida, mas depois tem dificuldade em regredir, sobretudo se o anel da hérnia estiver fibroso e duro. Neste caso, o intestino fica apertado e pode necrosar e causar uma emergência médica, com rápida deterioração do estado geral. As hérnias mais frequentes são as umbilicais e as da linha branca (por cima do umbigo) e as inguinais, que migram para dentro do escroto, seguindo o caminho normal do testículo. À medida que a criança cresce, a pressão abdominal desce (por menos episódios de choro e menos gases intestinais) e a hérnia começa geralmente a ficar pequena, desaparecendo na maioria dos casos. As hérnias de linha branca são por vezes compridas e apresentam-se como uma protuberância alongada, para cima do umbigo. Diminuem e desaparecem com a tonificação dos músculos da barriga. As hérnias inguinais podem ser mais complicadas. O primeiro sintoma costuma ser um alto, que os pais confundem amiúde com um gânglio, na região interior da coxa. É duro, pode causar dor, e colocando o dedo sente-se se a criança tossir. Por vezes é possível empurrar para dentro e ouve-se um som de gorgolejo. As hérnias têm tendência a sair quando a criança faz esforço (obstipação, birra, gases, choro intenso). Perante o achado de uma hérnia, é conveniente consultar um cirurgião pediatra, para ter um ponto de partida para encarar eventual correção cirúrgica. As hérnias umbilicais nunca estrangulam e a sua correção faz-se pelos 5 anos, e apenas por razões estéticas. Ler Mais...

Conselho sobre armas de arremesso

Tentem, se possível que a «troca» se faça no estabelecimento escolar. Que um vá deixar a criança de manhã e o outro a recolha à tarde. A escola servirá de air-bag e a criança não terá de ser confrontada com a escolha entre a mãe e o pai, ou sentir que um deles a «rechaça» e o outro a «rapta». Os efeitos deste modelo são extremamente positivos. Por outro lado, é bom ter roupas e pro- dutos de higiene em ambas as casas, para que as crianças não tenham de andar de mala de um lado para o outro, salvo um ou outro pertence pessoal ou objeto ocasional. Muitos outros pormenores podem seguir nesta linha, desde que pensemos primeiro neles. Ler Mais...
Linha nigra em nao gestante | Para Pais.