Resultados para: "hidrocele em bebe"

Você está a ver bebé , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa hidrocele em bebe. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Os órgãos genitais e as costas

A observação dos genitais da criança é um passo obrigatório. Nos rapazes, há que ver se os testículos já se encontram nas bolsas, o que pode vir a acontecer apenas até ao final do primeiro ano de vida, sem que isso represente doença. A pilinha está geralmente apertada, nos recém-nascidos, e esta fimose fisiológica deve ser vigiada mas não se deve manipular com força, nem puxar para lá do que se sente como resistência, porque pode criar fissuras e ainda apertar mais. Algumas crianças têm uma má colocação da saída da uretra, diagnosticada no primeiro exame, e que se chama hipospadia ou epispádia, conforme a localização do «buraquinho». Do mesmo modo, é frequente haver acumulação de líquido nas bolsas escrotais, sem qualquer problema para o bebé, no que se designa por hidrocele - apagando a luz exterior e pondo um foco de luz no escroto vê-se bem o líquido, que fica iluminado de cor-de-laranja, como um «balão». zxcxvzxzc Nas raparigas, há que ver se os órgãos genitais são normais - os pequenos lábios podem estar, frequentemente, colados. Em alguns bebés do sexo feminino pode haver uma pequena saída de muco ou de sangue vaginal, que não representa doença, mas sim um efeito das hormonas maternas que estão em circulação. O exame do ânus pode mostrar fístulas (que por vezes sangram). As costas têm que ser sempre bem examinadas, para ver a coluna e eventuais defeitos, a existência possível de fossetas ou fístulas na região sagrada (um pouco acima do ânus), pesquisar alguns reflexos, etc. Devem observar-se igualmente os braços e as pernas para ver a existência de deformidades, incluindo nas mãos e pés (número de dedos, posicionamento e alinhamento, unhas, pregas palmares). A pesquisa dos reflexos plantares é também útil. Ler Mais...

Chorar é bom para os pulmões do bebé?

Não ouça esse conselho de boa vontade mas disparatado - se o seu bebé está a chorar, geralmente há uma boa razão. Como qualquer mãe sabe, o choro de um bebé significa "quero comer", "estou cansado", "tenho dores", "estou molhado e preciso que me mudem a fralda" ou até "estou demasiado excitado, deixem-me em paz". Chorar é a forma de o seu bebé lhe comunicar alguma coisa e é natural e saudável responder a isso. Ler Mais...

RH negativo

O sangue de cada pessoa carrega um factor rhesus (factor RH), que é positivo ou negativo. Se uma mulher tiver RH negativo, surgem problemas se o bebé tiver RH positivo que herdou do pai. Se, durante o parto, o sangue da mãe entrar em contacto com o sangue do bebé, pode produzir anticorpos contra o bebé. Em geral, isto não afecta um primeiro bebé, mas pode causar problemas em gravidezes subsequentes quando os anticorpos da mãe atacam as células de outro bebé RH positivo. Ler Mais...

Como podemos tranquilizar o nosso bebé enquanto ele está na unidade de cuidados especiais?

Exceto em situações raras quando o seu bebé possa estar demasiado doente para ser tocado, ou se houver um risco elevado de infeção, você e o seu companheiro serão encorajados a ter um papel muito importante nos cuidados e bem-estar do vosso bebé. Há muitas coisas que você e o seu companheiro podem fazer para se assegurarem de que o vosso bebé sabe que vocês estão lá com ele e ele ficará tranquilizado com a vossa presença. Assim como ter bastante contacto físico com o seu bebé, tocando-lhe e acariciando-o para ajudar a criar laços, o bebé também irá adorar ouvir o som da sua voz, portanto passe bastante tempo a falar-lhe e a cantar-lhe. O seu bebé em breve a reconhecerá como uma presença de conforto e de amor. Ler Mais...

Devo pôr o meu bebé ao peito logo que mo entregam, a seguir ao parto?

Recomenda-se que segure o seu bebé junto a si o mais cedo possível após o parto, em parte para encorajar a amamentação, e o contacto pele com pele é aconselhado para que o bebé fique junto aos seios. O seu bebé pode procurar o mamilo e alguns bebés agarrar-se-ão instintivamente, enquanto outros poderão só cheirar e tocar ao de leve no mamilo. Não se preocupe se o seu bebé não se agarrar de imediato pois os bebés nascem com nutrientes suficientes para durarem várias horas até ficarem com fome. Ler Mais...

Devemos comprar uma banheira de bebé?

Uma banheira de bebé é útil pois pode usá-la em qualquer lugar. Muitos pais ficam um pouco apreensivos quando dão banho aos seus bebes pela primeira vez e mesmo os pais experientes dizem que pode ser um pouco difícil segurar com firmeza um bebé que se contorce enquanto tentam lavá-lo, portanto utilizar uma banheira de bebé mais pequena ajuda-a ter mais confiança. Para os recém-nascidos uma bacia pode ser suficiente. Contudo, um bebe ultrapassa o tamanho da banheira de bebé por volta dos seis meses e a banheira pode ocupar um grande espaço de arrumo. Logo que o seu bebé se consiga sentar, por volta dos 4-6 meses, pode usar um assento de banheira na sua banheira grande ou divertir-se a tomar banho com ele desde que conserve a água tépida. Ler Mais...
Hidrocele em bebe | Para Pais.