Resultados para: "gravidez dar mt sera no ouvido"

Você está a ver criança , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa gravidez dar mt sera no ouvido. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Causas de surdez na criança

Há dois tipos de surdez (que podem, também, ser parciais ou totais): a surdez de condução, em que há uma perda de som no canal auditivo externo e no ouvido médio (como é o caso das rolhões de cera ou das otites serosas), e a surdez neuro-sensorial, em que o compromisso é no ouvido interno, nervo auditivo ou na área cerebral encarregue de processar os sons. Surdez de condução • corpo estranho no canal auditivo • rolhão de cera • otite serosa (otite média com derrame persistente) • barotraumatismo (sequente a disparos ou sons elevados súbitos) Surdez neuro-sensorial • certos medicamentos durante a gravidez ou em recém-nascido • traumatismos cranianos • meningite/encefalite • asfixia • icterícia grave • congénita (síndromas genéticas, infeções pré-natais, etc. Algumas maternidades fazem já o rastreio neonatal da audição, permitindo a identificação precoce dos cerca de um em cada mil bebés que têm surdez e que têm que ser orientadas para consultas especializadas e tratamento. Ler Mais...

Soutiens de gravidez

As alterações nos seios são um dos primeiros sinais de gravidez, pois a partir de cerca das 3-4 semanas de gestação há um aumento de fluxo de sangue, o que aumenta a sensibilidade. Algumas mulheres notam uma alteração no tamanho dos seios no início da gravidez. Outras podem não notar qualquer alteração até amamentarem. No entanto, será boa ideia pedir conselho numa loja com soutiens de gravidez e pessoal treinado para medir e aconselhar o tamanho de que necessita. Se o seu soutien normal lhe ficar bem, espere até mais tarde, quando será mais provável uma alteração do tamanho da copa. Nos primeiros dias de amamentação pode sentir os seus seios inchados, mas não entre em pânico e peça ao seu companheiro para lhe ir comprar um tamanho maior pois eles assentarão em poucos dias. Ler Mais...

Os meus enjoos matinais vão provocar falta de alimento ao meu bebé?

Os enjoos matinais são dos sintomas mais comuns da gravidez e julga-se que são causados pelas hormonas da gravidez. É fácil entrar em pânico se vomitar todas as manhãs e parecer que não está a aumentar de peso, mas tente não se preocupar – na realidade não irá começar a ganhar peso até a gravidez estar mais avançada. Desde que esteja de boa saúde antes de engravidar, o seu bebé será adequadamente alimentado. Contudo, é possível que enjoos graves na gravidez (hiperémese) possam pôr em risco o seu bebé. Diga ao seu obstetra ou parteira se não conseguir reter nenhum líquido ou alimento. Ler Mais...

Tenho ouvido muitas histórias sobre obstruções na enfermaria de trabalhos de parto – eu quero ser útil, mas estou muito nervoso.

Muitos homens ficam muito ansiosos por estarem com as companheiras durante o trabalho de parto e parto. Isso muitas vezes deve-se ao facto de estarem a assistir à experiência das companheiras, uma das coisas mais intensas que uma mulher pode viver, e podem sentir-se inseguros sem saber como ajudar. Provavelmente a melhor forma de ultrapassar os seus receios é falar com a sua companheira sobre a forma como se sente e tentar discutir as formas em que pode ser útil. Com certeza que irá descobrir que há muitas formas de a apoiar, como saber os seus desejos e falar por ela se ela estiver incapaz de o fazer devido às dores, repetir o que as parteiras ou o médico disserem se ela não tiver ouvido ou dar seguimento à informação, dar-lhe de beber, esfregar-lhe as costas, passar-lhe uma toalha pela cara, pôr ou tirar música, e, no geral, encorajá-la e tranquilizá-la. Assistir às aulas de parto juntos pode ser muito útil. Poderá aprender mais sobre o desenrolar do trabalho de parto e do parto, e poderá aprender a saber apoiar a sua companheira tanto física como emocionalmente. Algumas aulas ensinam aos acompanhantes de parto técnicas de massagens que podem ser uma forma eficaz de aliviar a dor durante o trabalho de parto. Também lhe será mostrado como poderá apoiar a sua companheira em certas posições de parto. A parteira da sua companheira poderá informá-lo sobre aulas disponíveis na sua área. Ler Mais...

Ouvidos

O que são as otites? Muita gente pensa que as otites se apanham de fora, ou seja, através da orelha, e daí o receio das correntes de ar e do vento. Mas o mecanismo das otites não é esse, pelo contrário, é bem diferente. Chama-se correntemente otite, ou mais corretamente otite média aguda, à inflamação da área do ouvido que fica para dentro do tímpano, na zona em forma de caixa à qual se chama o ouvido médio. São extremamente frequentes e causam apreensão, ansiedade e um elevado absentismo aos empregos. A maioria das otites são causadas por secreções que sobem pelo canal de arejamento do ouvido, entre o ouvido médio e a parte de trás do nariz (trompa de Eustáquio) e invadem o ouvido médio. A trompa de Eustáquio no primeiro ano de vida, é mais larga, mais pequena e mais deitada. É por isso que as secreções, o leite bolçado ou o vomitado, podem mais fácilmente chegar ao ouvido, infectando-se e dando uma otite. E como o orifício das trompas de Eustáquio, ao nível da parte de trás do nariz, fica mesmo ao pé dos adenóides, estes contribuem para as entupir e para serem um meio de expansão de infecções. No bebé pequeno, os sintomas de otite podem ser apenas febre, choro (equivale à dor), mal-estar, recusa de mamar, diarreia e outros sinais inespecíficos. Esta situação começa geralmente por uma constipação e obstrução nasal. Quando a infecção progride e a pressão aumenta, o tímpano «rebenta» («supura»), e a dor desaparece, assim como a febre. A princípio podem pôr-se gotas nos ouvidos, para diminuir a dor, e tratar a obstrução nasal (soro, nebulizadores de água-do-mar, vasoconstritores). Se a febre e as queixas persistem, então a criança deverá ser vista por um médico. As evidências científicas apontam cada vez mais para um tratamento conservador das otites, havendo alguns estudos que, inclusivamente, não propõem o uso de antibióticos. É portanto possível que o médico dos vossos filhos opte por um tratamento diferente dos de outros médicos. Contudo, nos casos banais, ao escolher um antibiótico cada vez mais se devem escolher os mais simples e não avançar logo para o último grito da moda, que correspondem geralmente a antibióticos mais caros, mais potentes e que induzem mais resistências por parte das bactérias. Também a amamentação é um fator protetor, bem como administrar o biberão, se for o caso, com o bebé em posição semivertical e não deitado. Por outro lado, os poluentes respiratórios, entre os quais o «fumo passivo»», funcionam como factores de risco e agravantes das otites. Ler Mais...

Colheita do Vilo Coriónic (CVC)

É um teste de diagnóstico no qual se retira uma amostra de tecido da placenta para se identificar com certeza se o seu bebé tem síndrome de Down ou uma anomalia genética. Isto pode ser feito porque a placenta contém as mesmas informações genéticas que o bebé. O teste é feito entre as 11 e as 13 semanas. A vantagem deste teste é que pode ser feito mais no inicio da gravidez do que a amniocentese. Assim, se se descobrir uma anomalia e decidir terminar a gravidez, será suficientemente cedo para pôr termos á gravidez através de um aborto por sucção. Ler Mais...
Gravidez dar mt sera no ouvido | Para Pais.