Resultados para: "gravidas que nao se sentem excitadas"

Você está a ver grávida , alimentação e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa gravidas que nao se sentem excitadas. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, ver parto normal ver tudo, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Os efeitos de dormir mal

Obviamente que dormir mal, em quantidade ou qualidade, pode causar alguma perturbação na vida do bebé. Contudo, mais do que os supostos malefícios para a criança, o problema é sobretudo para os pais que, cansados do trabalho e habituados a outro ritmo (onde vai já o tempo em que se aguentavam noitadas até às tantas...), sentem-se um pouco desasados e mesmo esgotados. E como o cansaço não é bom conselheiro, o ambiente conjugal torna-se mais tenso, as relações com a criança passam por um período de irritação e, em bom português, «o caldo corre risco de entornar-se». A falta de sono conduz a baixa da concentração e a irritabilidade, com ansiedade e sensação de depressão. Estes sintomas podem aparecer tanto nas crianças como nos pais, apenas com uma diferença: as crianças, quanto menos dormem, mais excitadas ficam, como se a falta de dormir fosse uma autêntica anfetamina ou seja, no momento em que os pais estão completamente «off», os filhos aceleram o «on» e está criado o desfasamento. Outro efeito desagradável que deriva do fato de os filhos dormirem pouco é a falta de tempo que os pais têm para si próprios, para conversarem, para estarem um com o outro, para verem televisão, ouvirem música ou lerem - «ele» ou «ela» estão sempre presentes, estragando os momentos que se desejavam de paz e concórdia... e de privacidade... Um filho que dorme malconsegue quase dar cabo da harmonia familiar... Ler Mais...

Como se sentem as contrações do trabalho de parto?

De uma forma geral, as mulheres sentem as contrações como um apertar doloroso dos músculos do útero. Embora elas realmente comecem no cimo da sua barriga e vão descendo, pode sentir mais dor e uma sensação de pressão na parte mais baixa do seu abdómen e na pélvis, conforme o bebé vai sendo empurrado para baixo pelas contrações. Algumas mulheres sentem a dor na barriga, enquanto outras sentem as dores de trabalho de parto como dores de costas. Em geral, as contrações têm tendência a começar como uma dor menstrual forte, aumentando gradualmente de intensidade; contudo, a intensidade da dor é diferente em cada mulher. Ler Mais...

Quais são os sintomas?

Há vários graus de pré-eclampsia, desde uma pequena subida da sua tensão arterial para o fim da gravidez e um pequeno aumento de proteína detectado na sua urina (o que afecta cerca de 1 em cada 10 mulheres grávidas), até uma grande subida da tensão arterial e uma grande quantidade de proteína encontrada na urina (afectando 1 em cada 50 mulheres grávidas). A sua tensão arterial e a sua urina serão analisadas (e será medido o tamanho do bebé) nas consultas pré-natais para procurar sinais de pré-eclampsia e deverá contactar a sua parteira ou o seu médico de imediato se experimentar qualquer destes sintomas. Ler Mais...

Apareceram-me manchas escuras na cara. O que pode ser?

As manchas escuras na cara chamam-se cloasma ou “pano” e afectam cerca de metade das mulheres grávidas. Quase todas as mulheres grávidas notam alguma alteração na cor da pele, podendo em geral escurecer a partir das 12 semanas. Isso é devido a um aumento das hormonas que estimulam a pigmentação da pele, afectando mais as mulheres de pele mais escura. Este escurecimento pode ser mais aparente em certas zonas, como os mamilos, o períneo (a pele entre a vagina e o ânus), e o umbigo ou áreas sujeitas a fricção como o interior das coxas e as axilas. Pode reduzir ou prevenir as manchas escuras na cara minimizando a sua exposição ao sol e utilizando protectores solares de factor elevado. Ler Mais...

Não consigo olhar para o espelho pois sinto-me deprimida com o meu tamanho. As coisas irão melhorar?

Não está sozinha na batalha com a sua imagem na gravidez. Para muitas mulheres, a alteração das formas do seu corpo pode criar sentimentos muito negativos. Fazer uma dieta saudável e algum exercício ajuda a limitar ao mínimo o aumento de peso e o exercício ajuda a elevar a sua moral e a melhorar a sua sensação de bem-estar. Não há uma reacção emocional padrão para a gravidez, mas além de ter de aceitar a alteração momentânea da sua vida e do seu corpo, também está sob a influência de hormonas flutuantes, as quais afectam o seu humor e ajudam a ter sentimentos negativos. Uma depressão média na gravidez é muitas vezes ultrapassada com a confiança e apoio do seu companheiro, família ou amigos. Falar dos seus receio ou problemas com o seu companheiro, ou com outras grávidas nas aulas pré-natais, pode ajudar a aliviar a ansiedade - vai descobrir que as outras grávidas estão a passar pelas mesmas sensações. Se a sua depressão for muito grave e se se sentir desesperada, consulte a sua parteira ou o seu médico pós reconhece-se agora que a depressão pré-natal tem efeitos nos resultados da gravidez e do parto, e há estudos que mostram a possibilidade de uma ligação entre a medicação para tratar depressão na gravidez e o pouco peso à nascença e o aumento de risco de parto pré-termo. O seu médico ou parteira podem enviá-la a um especialista e em algumas áreas existem encontros de mulheres grávidas que sofrem de depressão pré-natal. Ler Mais...

Ainda não tive nenhuns sintomas de gravidez – quando é previsto eles começarem?

Nem todas as mulheres sentem todos os sintomas da gravidez logo que ficam grávidas e é comum algumas mulheres não sentirem nenhuns. Há muitos factores que influenciam a extensão e a intensidade dos sintomas da gravidez, tais como a sua idade, o seu ambiente de trabalho, o seu estado de saúde, a dieta, gravidezes anteriores, fumar e a forma como o seu corpo reage as hormonas da gravidez. As náuseas e os vómitos estão entre os factores mais comuns referidos pelas mulheres, em geral nos primeiros três meses e começando por volta das seis semanas. Estes tendem a melhorar pelas 12 semanas, mas para algumas mulheres podem continuar durante toda a gravidez. Outro sintoma de início de gravidez é a sensibilidade dos seios causada pela alteração no nível de hormonas que ajudam a preparar os seus seios para amamentar. Os seios podem aumentar e tomar-se mais sensíveis e mais pesados. Estes sintomas iniciais podem acabar a meio da gravidez. A falta de sintomas não indica se a gravidez é mais ou menos saudável - você pode simplesmente ser uma das poucas mulheres de sorte que seguem em frente sem qualquer efeito lateral incomodativo! Ler Mais...
Gravidas que nao se sentem excitadas | Para Pais.