Resultados para: "frases que deu positivo"

Você está a ver leite , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa frases que deu positivo. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

RH negativo

O sangue de cada pessoa carrega um factor rhesus (factor RH), que é positivo ou negativo. Se uma mulher tiver RH negativo, surgem problemas se o bebé tiver RH positivo que herdou do pai. Se, durante o parto, o sangue da mãe entrar em contacto com o sangue do bebé, pode produzir anticorpos contra o bebé. Em geral, isto não afecta um primeiro bebé, mas pode causar problemas em gravidezes subsequentes quando os anticorpos da mãe atacam as células de outro bebé RH positivo. Ler Mais...

Evoluções da fala na criança

É muito difícil dizer como é que o vosso filho ou filha vai falar, com que ritmo e com que velocidade. Uma coisa pode-se dizer: haverá períodos de maiores demonstrações (o que não significa maiores aquisições), outros de quase estagnação. Se comparar o desenvolvimento entre crianças é inadequado, então no que se refere à linguagem as coisas ainda são piores. Ao começar o segundo ano de vida, em média, as crianças dizem algumas palavras como por exemplo «mamã», «papá», «não», «cão», «água», «dá», bem ou mal pronunciadas. A capacidade de aprendizagem, associada ao interesse e à necessidade progressiva (e também ao gozo do saber e do sucesso), faz com que, entre os 18 meses e os 5 anos, as crianças aprendam uma média de nove palavras por dia. Depois de conseguirem expressar alguns sentimentos, nomear objetos e pedir coisas, as crianças começam a formar frases, mesmo que muito reduzidas, mas com uma entoação que revela o sentimento e o objetivo. Os irmãos mais novos têm um esquema geralmente diferente. Mais do que combinar palavras em frases mais complexas, têm tendência a pairar em padrões e toadas equivalentes aos dos das frases dos adultos. Ou seja fazem discursos e comícios, tagarelam e ralham como um adulto, embora não se entenda nada do que dizem - ao fim de uns tempos o discurso já é inteligível. Ler Mais...

O que é necessário para falar uma língua?

• ouvir os outros e monitorizar a própria voz - Audição • analisar, separar e reconhecer os sons - Discriminação auditiva •produzir esses sons (fonemas) - Fonologia •formar as palavras - Morfologia •formar frases - Sintaxe •atribuir significado a padrões de sons de forma a poderem ser lembrados (vocabulário) - Semântica •entoar as palavras e frases, e dar ritmo à conversa - Prosódia •usar efetivamente a linguagem - Pragmática • arquitectar as palavras de modo a que tenham significado em termos de frases, de acordo com regras gerais da língua, utilizadas também pelas outras pessoas, por forma a simplificar o processo de entendimento e comunicação - Gramática • traduzir acções e objectos para palavras que os simbolizam - Codificação • relacionar a palavra falada ao objeto ou ação de que é o símbolo - Descodificação Até aos 2 meses o bebé aprende a arrulhar, para chamar a atenção dos pais, e é capaz de manter uma «conversa», se os pais forem respondendo, por um tempo relativamente grande. Balbucia um con- junto de sons básicos. Entre os 2 e 6 meses ri, em resposta a palavras e frases de que gosta e de que entende o sentimento, e chora se for o contrário. A partir dos 6 meses já paira - maa, daa, paa - e experimenta a voz, os sons que emite, e o efeito que eles têm. É quando começa a usar os «rrrr» e os gritos para ver se «assusta» os pais com essas expressões de agressividade. E dia após dia grava tudo o que ouviu. Da maneira que ouviu. Organiza dicionários, gramáticas e prontuários, dentro da cabeça. Mas só carregará no botão do play quando for necessário, gostoso e forçoso - não quando os pais ou os avós querem. As primeiras palavras, com sentido, são geralmente ditas cerca do ano de idade. As suas primeiras palavras: se disser papa, a mãe dirá, ironicamente, que ele quer papa. Se disser ma-ma, o pai diz que ele quer mama. Seja «papaia» ou «manga», falem com o vosso filho, escutem-no. Dêem-lhe tempo e peçam-lhe tempo. Transformem esta aprendizagem em algo estimulante e todos os dias diferente. É bom, podem crer... Os rapazes são mais «atrasados» do que as raparigas, no que respeita à linguagem, embora apenas em termos populacionais. A área cerebral correspondente à fala está mais desenvolvida nas pessoas do sexo feminino. Isto tem a ver com as funções diferentes que homens e mulheres desempenhavam no momento em que os nossos genes ainda estão. Eles, caçadores e guerreiros, bastavam-se com palavras-chave e frases curtas e lacónicas. Elas, no ambiente do gineceu, criando crianças, precisavam de falar, de discorrer sobre as coisas e de dizê-las com mais palavras. O nosso cérebro ainda funciona assim... Ler Mais...

Posso fazer alguma coisa para reduzir o risco de entrar em trabalho de parto demasiado cedo?

Não se sabe exatamente porque é que as mulheres entram em trabalho de parto, embora se julgue ser devido a uma combinação de fatores. Infelizmente, as medidas mais preventivas para parar o trabalho de parto prematuro não são eficazes, portanto há pouco a fazer para reduzir o risco de isso acontecer. No entanto, as medidas mais eficazes de auto-ajuda em relação a uma gravidez normal, a um resultado positivo de parto e a evitar com sucesso um parto prematuro, são adotar um estilo de vida saudável antes e durante a gravidez, incluindo não fumar ou beber álcool, fazer uma dieta bem equilibrada e fazer algum exercício diário. Um bom apoio social também ajuda a reduzir os níveis de stress e de preocupação durante a gravidez, o que pode ter um efeito muito positivo na sua saúde e bem-estar gerais e, por seu turno, na sua gravidez, trabalho de parto e parto. Ler Mais...

Um ambiente positivo favorece o crescimento

É sabido que um ambiente positivo é altamente estimulante das potencialidades genéticas de cada um, enquanto um ambiente negativo e agressor acaba por ser limitativo, ou até desfavorecedor, para o desenvolvimento e para a felicidade humanas. É importante que os pais estejam conscientes disto e dêem a devida importância ao ambiente. Desde uma altura tão precoce como a pré-concepção, cada casal deve analisar os diversos ecossistemas que rodeiam a criança e não minimizar a sua influência. O segundo passo terá que ser promover a qualidade desses ecossistemas, de modo a que funcionem o melhor possível, quer isoladamente, quer em associação uns com os outros. Cuidar do ambiente universal começa por cuidar do ambiente próximo e caseiro. Os cidadãos, nomeadamente os pais, pela responsabilidade que têm relativamente a eles próprios e aos seus filhos, têm que ser mais activos e atuar como grupos de pressão para a resolução das questões ambientais. Defender a ecologia e as espécies em via de extinção não se refere apenas aos grandes símios de África ou ao lobo ibérico. O Homem, se ignorar este aspecto fundamental, tornar-se-á ele mesmo um animal em vias de extinção. E isso é altamente preocupante... tanto mais que serão raros os animais que descuram em tamanho grau a qualidade de vida das próprias crias... Ler Mais...

O meu companheiro pode estar presente o tempo todo?

Sim, o seu companheiro pode estar consigo durante toda a indução e trabalho de parto e o seu apoio contínuo deverá ter um impacto positivo no seu bem-estar, ajudando a sua capacidade de lidar com a dor e o stress do trabalho de parto. Assegure-se também de que o seu companheiro conhece o seu plano de parto para que a possa apoiar nas decisões que precisar de tomar. Muitas unidades permitem dois acompanhantes de parto, o que poderá ser uma boa ideia se as coisas se tomarem demasiado longas e cansativas. Ler Mais...
Frases que deu positivo | Para Pais.