Resultados para: "fotos de quiloides"

Você está a ver gravidez , alimentação e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa fotos de quiloides. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, parto normal video de frente, cesariana inflamada.

Síndrome do cólon irritável

É uma doença relativamente frequente, que afeta o intestino grosso e manifesta-se por episódios repetidos de dores abdominais violentas, tipo cãibra, gases, e alternância de obstipação e diarreia. Está relacionado com situações de stresse e é mais frequente em crianças introvertidas e que não sabem gerir adequadamente os sentimentos. Não há tratamento específico, a não ser nas crises, procurando apaziguar os espasmos intestinais, através de medicamentos e de dieta (também dirigida à obstipação ou à diarreia). Em termos de prevenção, o ensino da gestão do stresse e da emotividade - designadamente com o recurso às medicinas complementares -, pode auxiliar a criança a ter menos crises. Ler Mais...

Os irmãos

Tudo pode passar pela cabeça de um irmão de uma criança com cancro. Depende da idade, da personalidade, do lugar na família, dos fatores de risco e dos fatores protetores, da capacidade de verbalizar e exteriorizar sentimentos, enfim, de uma tal multiplicidade de dados que é difícil tipificar o que se vai passar. O sentimento de culpa é frequente – porque discuti com ele e lhe dei um soco, ficou doente. O sentimento de impotência e a ambivalência de «antes ele que eu, mas porquê ele e não eu?» Ainda por cima, os pais redirigem quase toda a sua atividade e os afetos exteriores para o irmão doente, deixando os outros com a sensação de estarem mais à deriva. É preciso que os pais consigam - a seu tempo e com o doseamento que só pais e filhos sabem - comunicar aos outros o que se passa, sem esconder a verdade, mas veiculando esperança. Mostrando os momentos em que estão tristes, mas também aqueles em que acordam cheios de força, mesmo que possa parecer enigmática essa mudança, em face de nenhum acontecimento novo que a pudesse justificar. Pouco interessa a lógica de uma dinâmica numa dinâmica sem lógica. É altura de a família estar unida, coesa e solidária. E os irmãos das crianças com cancro, mesmo quando o desenlace é o pior, crescem e podem tornar-se mais resilientes. Mas tudo depende de muitos fatores. Tantos que as vinte e quatro horas do dia parecem não chegar para organizar. É comum os irmãos terem também sintomas - em parte para chamar a atenção, em parte por medo que lhes esteja a acontecer o mesmo, exagerando por vezes algumas queixas. E a resposta dos pais pode não ser a mais disponível. De qualquer modo, é sempre bom levar o irmão ao médico, para que todas as dúvidas se possam dissipar. O sentimento de pena pelo sofrimento físico do irmão é grande – as crianças, mesmo as pequenas, sabem o que é uma injeção, um soro, um hospital. Não se pode minimizar este facto e é bom que continuem a ver o doente, mesmo que para isso tenham de ir à enfermaria. Por tempo limitado e com a evolução que cada criança precisa, mas nunca fazendo lutos antecipados ou recusas de sofrer que mais tarde se pagam muito caro. Ler Mais...

A empresa anda a falar em excesso de pessoal – podem despedir-me quando estou em licença de parto?

O seu empregador estará a quebrar a lei se considerar que você está a mais porque está grávida ou em licença de parto. Este é um exemplo de discriminação sexual, uma vez que não podem tratar um homem da mesma forma. No entanto, se a razão for legítima e não estiver relacionada com a sua gravidez, e se não a estiverem a tratar com menos vantagens porque está grávida, então isso é permitido. Ler Mais...

Açucar e Mel

O açúcar só serve para fornecer calorias. Em boa regra, os produtos com sacarose só deveriam ser comidos quando fosse preciso uma reposição energética rápida, o que não acontece nas crianças desta idade, pois não têm aulas de desporto intenso nem fazem exercícios intelectuais pesados O significado dos doces ultrapassa os aspetos meramente alimentares - recompensa, festa, apreciação positiva. Contudo, temos de fazer todos - pais, educadores, família, sociedade em geral - um grande esforço para diminuir o consumo de doces e de açúcar. Não há qualquer razão para adicionar açúcar aos alimentos. As crianças habituam-se ao sabor do que comem e não têm «fome» de doces, a menos que estejam numa situação de hipoglicemia. Será exagerado dizer que o açúcar é um veneno, mas se pusermos aspas na palavra já estamos a dizer uma verdade. É neste grupo etário que se estabelecem hábitos e se faz a prevenção. Mesmo que se arranjem alguns conflitos, vale a pena, se pensarmos no futuro dos nossos filhos. E nunca se deve fazer uma restrição total, evidentemente, apenas uma racionalização do consumo. Não levar doces para a escola, por exemplo quando há aniversários, poderá ser um bom exercício. Ler Mais...

Da última vez tivemos tantas visitas no hospital que ficamos exaustos. Posso evitar isso?

A maioria das pessoas prefere fazer a visita quando você ainda está no hospital. No entanto, muitas pessoas, mesmo família chegada, quando a visitam em casa, preferem avisar primeiro. Se já sabe com antecedência como se vai sentir, então desta vez tem de ser firme e deixar que as pessoas saibam o que quer. É possível fazer isso de forma diplomática, sem ofender ninguém, dizendo simplesmente aos amigos, e provavelmente à família, que gostaria de estar sossegada, só com o seu companheiro e filhos durante os primeiros dias, para recuperar e conhecer o seu bebé. A maior parte das pessoas irá compreender esse sentimento e não se importará de esperar alguns dias até que você se sinta pronta para os receber. Se lhe derem alta do hospital muito cedo. Será mais fácil controlar o fluxo de visitas, pois será você a organizá-las de acordo com os seus interesses. Poderá então dispor do tempo que quiser para se adaptar a uma nova vida de família. Ler Mais...

Quais as causas?

Ainda não se conseguiu chegar a uma conclusão sobre as causas das síndromas autistas, porque haverá um conjunto de doenças diferentes, com causas também diferentes. Provavelmente existirá, como em quase, tudo, um componente ambiental e um genético - quando há um filho com autismo, a probabilidade de um segundo ter a doença é de um em vinte, superior ao da população em geral Aliás, ao fazer-se uma história cuidadosa da família, conseguem encontrar-se casos em que o desempenho e o funcionamento pessoal não chegaram para chamar a atenção, mas que prejudicaram o relacionamento com os outros ou se revelaram em comportamentos de tipo obsessivo. Os estudos da neurociência revelaram alterações na composição e no funcionamento do cérebro. Outros estudos referiram haver uma deficiência dos neurotransmissores, substâncias - como a serotonina - que facilitam a passagem dos estímulos e da informação entre os neurónios. Parece, portanto - seja qual for a causa - haver uma deficiência de comunicação entre as várias áreas do cérebro, designadamente entre as grandes áreas do pensamento e da comunicação, e da razão e da emoção. Ler Mais...
Fotos de quiloides | Para Pais.