Resultados para: "fotos de priquinto"

Você está a ver criança , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa fotos de priquinto. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, ver parto normal ver tudo, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, parto normal video de frente.

O meu companheiro pode acompanhar-me às ecografias?

Não há razão para o seu companheiro ser excluído de assistir a essas consultas se você quiser que ele esteja lá e sem dúvida, é muito comum os companheiros assistirem às ecografias. Para muitos casais, a ecografia é um momento especial pois é a primeira que vez que vão ver o seu bebé e começam a pensar neles mesmos como pais. Ler Mais...

Meningites «más» e outras «menos más»

É uma forma de colocar a questão. Com o evoluir da ciência entendeu-se que «há meningites e meningites». Tudo depende do micróbio causador, idade da criança, defesas imunitárias, gravidade da infeção, evolução clínica, resposta ao tratamento e (também) de fatores mais aleatórios como a sorte (ou o azar) de cada um. De qualquer modo, há diferenças fundamentais entre as meningites bacterianas e as meningites assépticas ou virais. A maioria das meningites são provocadas por vírus e aparecem por epidemias, no pico do Verão e do Inverno. Contudo, em muitos dos casos, nunca se chega a encontrar o micróbio causador - também não se procura até à exaustão, já que estas meningites são benignas, a criança melhora e não há necessidade de, para bem da criança, continuar a procurar o agente. As meningites bacterianas são causadas pelos seguintes micróbios: o meningococo e o pneumococo As meninges infetam-se, na maioria dos casos, através do sangue: os micróbios saem de um ponto de infeção inicial, onde muitas vezes estão durante algum tempo sem causar quaisquer sintomas - o nariz, a garganta, as vias respiratórias, os intestinos ou a pele - e, através do sangue, penetram no espaço meníngeo. Noutros casos, mais raros, a infeção faz-se diretamente, a partir de um foco infecioso que fica próximo: otite não tratada, infeção do globo ocular, ou quando um traumatismo craniano abre uma via de entrada. Ler Mais...

Escarlatina – Quais são os sintomas?

A criança aparece com febre alta dores de cabeça ou de barriga, dificuldade a engolir, falta de apetite, mal-estar e a língua muito encarnada, quase «escarlate». Depois de umas horas ou escassos dias, a língua fica branca, a febre mantém-se e aparecem pequenas manchas, como pequenos pontos, poupando a zona à volta da boca e do nariz, mais concentradas no sangradouro (braços). Depois a febre desce, e a criança começa a melhorar, porque na quase totalidade dos casos o diagnóstico é feito e a terapêutica instituída. Nos raros casos, actualmente, (frequentes há décadas) em que a doença seguia o seu curso, também curava espontaneamente, apesar de mais dias de enfermidade, Só que ficava o risco do aparecimento de febre reumática, e das lesões do coração ou dos rins. geralmente muitos anos depois da escarlatina. O mesmo se passava, aliás, com amigdalites estreptocócicas não tratadas. Passados alguns dias, a pele começa a descamar, voltando a ter o aspecto inicial. Ler Mais...

A minha namorada disse-me que está grávida – como posso ter a certeza de que é meu?

Infelizmente, a única forma de ter a certeza de que é o pai do bebé dela é fazer um teste de DNA, o qual pode ser feito várias semanas depois de o bebé ter nascido. Para fazer isso, precisara do consentimento da mãe, pois as amostras de DNA precisam de ser obtidas da criança (e possivelmente da mãe também). O DNA (ácido desoxirribonucleico) encontra-se nas células do nosso corpo e é responsável pela nossa estrutura genética e por isso pelas nossas características. O DNA é identificado por uma amostra de sangue ou por uma raspagem de células de dentro da bochecha. As amostras da criança e da companheira necessitam de ser obtidas da mesma forma. Ler Mais...

Falar

Desde o primeiro dia que o bebé se tenta expressar através da comunicação verbal, mesmo para além do choro. E desde antes de nascer que o bebé ouve esta estranhíssima mas fascinante coisa que é a voz humana e as palavras dos vários idiomas. Ouve tons e sons, timbres e melodias. Ouve vozes cansadas, felizes, agressivas e tranquilas. E percebe que, um dia, terá que verbalizar e falar, como forma de expressar ideias, razões, argumentos e sentimentos. Mas só quando alguns fatores se tornarem prementes: a necessidade, para obter «coisas»; a comunicação para contar «coisas», e o gosto de falar por falar, embalando-se na melodia das palavras, como se de uma música se tratasse. Ler Mais...

Sudamina

Este termo descreve a reação da pele ao calor (especialmente se também está um grau elevado de humidade), e não à luz solar. Como as crianças têm dificuldade em regular a temperatura, o excesso de produção de suor provoca os sinais característicos: manchas avermelhadas, sem saliência, especialmente na face, pregas do pescoço, tronco e braços. Resultam geralmente de sobreaquecimento e excesso de roupas. Desagasalhar e dar um banho tépido é geralmente o suficiente para resolver a questão, aplicando um creme hidratante e, claro, ambientar o local onde a criança está. Ler Mais...
Fotos de priquinto | Para Pais.