Resultados para: "fotos de mulheres ganhando bebe parto normal"

Você está a ver alimentação , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa fotos de mulheres ganhando bebe parto normal. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, gemeos escondidos barriga, cesaria inflamada, cesariana inflamada, colo do utero dilatado fotos, pontos parto normal coçando.

Ouvi falar de “dores pós-parto”, mas o que são exatamente?

O termo "dores pós-parto" refere-se ao desconforto que se sente depois do parto quando o útero começa a contrair-se para voltar ao normal, ao tamanho anterior à gravidez. Essas dores são por vezes descritas como semelhantes a dores de período. Por vezes, as mulheres que têm o primeiro bebé podem não sentir dores pós-parto, ou estas podem ser muito leves; são sentidas com mais frequência por mulheres que têm o segundo ou subsequente bebé, devido ao facto de o útero ter de se esforçar mais para recuperar o seu tamanho normal depois de ter sido esticado em mais de uma ocasião. As dores pós-parto também têm tendência a ser mais sentidas pelas mulheres que amamentam os bebés, pois a amamentação estimula a libertação da hormona oxitocina, o que por sua vez estimula as contrações uterinas que são sentidas como dores pós-parto. Se tiver dores pós-parto muito desconfortáveis, é perfeitamente seguro tomar um analgésico leve como paracetamol. Verá que o desconforto desaparece passados alguns dias. Também pode acalmar tomando banhos quentes. Ler Mais...

Devo esperar até à minha consulta pós-parto para voltar a fazer amor?

Isso depende inteiramente de si e do seu companheiro! É normal querer voltar a ter uma vida amorosa ativa depois do parto mas também é normal não lhe apetecer durante meses! Algumas mulheres preferem voltar à sua vida amorosa só depois da consulta pós-parto por volta das seis semanas. O seu médico poderá confirmar que a ferida de uma episiotomia ou de um rasgão que tenha tido no parto cicatrizou e que o seu corpo está a voltar ao normal. Se tudo estiver bem, é provável que o sexo não seja desconfortável, mesmo de início. Outras mulheres sentem-se prontas para fazer amor antes da consulta pós-natal. Desde que tenha parado de sangrar e que leve as coisas calma e suavemente, não fará mal. Se tiver qualquer problema, poderá discuti-lo com o seu médico na altura da consulta. Ler Mais...

Da última vez tive uma cesariana de emergência. Agora o médico diz que eu vou ter um parto de experiência, o que é isso?

Isso é um parto depois de uma cesariana. Por outros termos, PVDC (parto vaginal depois de cesariana). Até muito recentemente, os médicos aconselhavam as mulheres que tinham tido uma cesariana a fazer uma cesariana planeada no bebé seguinte para evitar ruptura uterina quando a cicatriz da cesariana se rompe na gravidez ou trabalho de parto. Embora isto seja grave, é raro, e hoje em dia julga-se ser preferível tanto para a mãe como para o bebé ter, se possível, um parto vaginal natural. Mesmo assim, se quiser um parto vaginal, será acertado optar por uma unidade que tenha monitorização cardíaca fetal e que possa fazer uma cesariana se vier a ser necessário. As suas hipóteses de ter um trabalho de parto com sucesso dependem da razão porque fez uma cesariana. Se foi porque o bebé estava dedegas para baixo ou porque teve uma descida da placenta, desta vez, as suas probabilidades de ter um parto natural são maiores. Se foi devido a complicações no trabalho de parto como dilatação cervical lenta, então o problema pode voltar a acontecer. No total cerca de metade das mulheres têm um parto normal depois de uma cesariana. Ler Mais...

Farei um teste de HIV?

Todos os testes de rastreio e diagnóstico recomendados na gravidez são opcionais, portanto depende de si e do seu companheiro decidirem se os fazem. Um desses testes é uma análise ao sangue para verificar se tem o vírus da síndroma de imunodeficiência humana ou HIV e sem dúvida que algumas mulheresdescobrem que têm HIV na gravidez É importante fazer o teste da HIV na gravidez pois, se o resultado for positivo, medicação anti-retroviral, monitorização cuidada dos níveis maternos do sangue e um parto cuidado e seguro do bebé podem reduzir as probabilidades da transferência da infecção para o bebé de 40 % para 2 %. Nas mulheres grávidas com HIV é feita uma análise ao sangue por volta da altura do parto para medir os níveis do vírus. Dependendo dos resultados da análise ao sangue, o obstetra ou recomendará uma cesariana ou decidirá que os níveis são suficientemente baixos para ter um parto normal. Depois do parto, as mães HIV positivas são aconselhadas a alimentar a biberão, mais uma vez para reduzir o risco de transferência do vírus para o bebé. Ler Mais...

E seguro ter o bebé em casa?

Pesquisas mostram que para as mulheres saudáveis que tenham tido uma gravidez normal, um parto em casa, planeado e assistido por uma auxiliar com experiência, é tão seguro como dar à luz no hospital. Nas maternidades a assistência às grávidas será mais personalizada do que num hospital público. No entanto em caso de parto de risco, tanto para a mãe como os filhos, o hospital poderá ter acesso mais rápido aos cuidados intensivos. Estatisticamente, as mulheres que têm os partos em casa têm menos probabilidades de usar drogas para aliviar a dor e menos probabilidades de sofrer uma episiotomia, mesmo que tenham que ser transferidas para o hospital durante o trabalho de parto. Também costumam utilizar posições mais confortáveis como estar de pé para dar à luz em comparação com os partos nos hospitais. Ler Mais...

Não estou a amamentar o meu bebé – quando é que o meu período recomeçará?

Se não está a amamentar pode esperar que o seu período chegue em qualquer altura a partir de 4 semanas depois do parto. Muitas mulheres descobrem que o primeiro período é um pouco diferente do normal. Pode ser mais forte ou mais leve e pode durar mais ou menos do que o normal. Durante os meses seguintes estabilizar-se-á por si para um padrão mais regular. Ler Mais...
Fotos de mulheres ganhando bebe parto normal | Para Pais.