Resultados para: "fezes estao claras na gestacao"

Você está a ver bebé , grávida e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa fezes estao claras na gestacao. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Ouvi dizer que os bebés alimentados a biberão têm um cocó com mais cheiro – é verdade?

Os intestinos dos bebés alimentados a biberão podem funcionar uma vez por dia ou só uma vez de três em três dias. Ambos são normais. As fezes de um bebé alimentado a biberão são castanho-claras, com cheiro, e mais duras do que as dos bebés amamentados. Alguns leites de farmácia dão às fezes uma cor esverdeada. Julga-se que é a gordura não absorvida que causa o cheiro desagradável das fezes nos bebés alimentados a leite de farmácia. O leite materno é mais bem absorvido, o que significa que as fezes, em geral, têm menos odor. Ler Mais...

O que é o mecónio?

O mecónio são as secreções dos intestinos do seu bebé. É castanho-escuro ou esverdeado e de textura pegajosa e granular. O mecónio começa a formar-se logo às 12 semanas de gestação e contém células mortas da pele e restos do líquido amniótico que o bebé engole e digere durante a gravidez. Em geral é expelido depois do parto, com as primeiras fezes, mas pode sair na gravidez ou no trabalho de parto, podendo ser um sinal de que o bebé está em sofrimento. Se for visto mecónio antes do parto, o bebé será cuidadosamente monitorizado durante o trabalho de parto e parto. Ler Mais...

Tenho medo de evacuar durante o trabalho de parto. Como me sentirei?

Não é a única - muitas mulheres ficam nervosas com a ideia de poderem evacuar enquanto estão em trabalho de parto. Pode não ser o que quer ouvir, mas de facto um grande número de mulheres evacua, em geral durante a segunda fase do trabalho de parto: a fase de fazer força. Isso é absolutamente natural e acontece quando a cabeça do bebé desce a vagina e empurra o recto, onde se encontram as fezes. As fezes são então forçadas a sair pelo ânus e isso fica completamente fora de controlo. Não é provável que sinta que está a evacuar nesta fase - as sensações esmagadoras do parto serão mais poderosas! As parteiras e os médicos já estão muito habituados a que as mulheres evacuem e simplesmente limparão sem pensar mais no assunto. Serão também colocados à volta panos esterilizados fáceis de retirar. Ler Mais...

A que dados dar atenção?

Perante uma criança com gastroenterite, os pais deverão ver os seguintes aspetos, para os veicular ao médico assistente ou à Linha Saúde 24: • Características das fezes e das dejecções: há quanto tempo dura a situação? Se há mais de três dias, é conveniente consultar o médico. Quantas dejeções tem a criança? Mais de cinco? E a cor das fezes? É anormal? E é muito líquida? E as fezes têm sangue ou muco (com o aspecto de «ranho»)? • A criança está com vómitos? E febre? • A criança consegue beber líquidos, pelo menos em quantidade suficiente para compensar o que está a perder pela diarreia? •O estado geral e de nutrição é bom? Se sim, a criança poderá aguentar a situação por algumas horas ou dias, se não, a descompensação será mais precoce. •A criança está irritável? Chora sem parar? Inconsolável? Grita, de um modo diferente do chorar alto? •E a respiração? A frequência respiratória está aumentada? •Acham que os olhos estão encovados? Isso é um sinal de que precisa de cuidados urgentes. •E tem ausência de lágrimas? Significa que está desidratada. •E o mesmo se passa com a secura da boca e das mucosas ou, nos bebés pequenos, com a fontanela (moleirinha) que pode estar deprimida e metida para dentro. Neste caso é melhor ir a um serviço de urgência imediatamente. Ler Mais...

Sinais e sintomas

A hepatite A é uma doença autolimitada, ou seja, cura espontaneamente e nunca evolui para a cronicidade. O período de incubação, que medeia entre o contacto com a pessoa ou com a fonte de infeção e o aparecimento dos sintomas, varia entre duas e quatro semanas. Como o contágio se faz numa fase anterior ao aparecimento de sintomas, é muitas vezes difícil conhecer com exatidão quem infecto quem. Clinicamente a hepatite A típica (em muitos dos casos, nas crianças, não há nada) revela-se por um período inicial semelhante a uma gripe, com alguns sintomas gastrointestinais - náuseas, vómitos, diarreia, dores abdominais -, cansaço, falta de apetite. Estes sintomas inespecíficos são geralmente uma fonte de preocupação para os pais. Numa segunda fase aparecem os sintomas e sinais que todos conhecem como «sintomas de hepatite» - icterícia (pele e olhos amarelos), urina cor de «vinho do Porto» e fezes claras (cor de «massa de vidraceiro»). Em geral, ao 3.°-5.° dia da icterícia, o estado geral da criança começa a melhora muito e ela recupera o apetite, ficando por vezes com um verdadeiro «apetite de leão». Os pais ficam mais aliviados, sobretudo porque a maioria das crianças emagrece na fase anterior a esta. Ler Mais...

Giardíase

A giardia lamblia é um parasita microscópico que se prende às células da bordadura do intestino delgado, causando má absorção das gorduras e hidratos de carbono, com consequente diminuição de peso, fraqueza, etc. A transmissão da giardia faz-se pela água, dado que o parasita é muito resistente ao cloro e ao frio. As crianças deste grupo etário estão três vezes mais em risco do que os adultos. Os sintomas de giardíase são os da má-absorção (carência de lípidos e suas vitaminas, hidratos de carbono, minerais, etc.), com sinais em vários sistemas e órgãos. As alterações das fezes da giardíase podem ser diarreia ou, frequentemente, umas fezes incaracterísticas, pastosas, podendo mudar de dia para dia. Podem aparecer dores musculares, gases, aumento do volume da barriga (pelos gases), perda de apetite, náuseas e febre baixa. A giardia pode facilmente passar dos cães para as pessoas e entre estas, nos infantários e jardins-de-infância. A água e os alimentos infetados pelas mãos, depois da limpeza de fezes, por exemplo, se não houver uma lavagem de mãos eficaz, são fontes de contaminação. As análises fecais mostram os quistos de giardia. Tem de haver três colheitas. O tratamento é feito com um anti-helmíntico. Só em casos graves será necessário fazer exames mais complicados, como a biopsia intestinal. A criança só deverá voltar à escola após 5-7 dias de tratamento, e com uma análise negativa. Ler Mais...
Fezes estao claras na gestacao | Para Pais.