Resultados para: "exame para ver se tem feto no utero"

Você está a ver alimentação , gravidez e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa exame para ver se tem feto no utero. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, ver parto normal ver tudo, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

O que é um aborto?

Um aborto á a expulsão ou a extracção do útero de um embrião ou feto antes da 24ª semana de gravidez. Os sinais de um aborto são sangramento vaginal e dores semelhantes às menstruais. Como nem todos os abortos seguem o mesmo padrão, há várias formas de descrever o que acontece. * Ameaça de aborto ocorre quando há sangramento que pode ou não ser acompanhado de dor, mas o feto sobrevive. * Aborto incipiente ocorre quando há sangramento e dores devido a contracções do útero, o canal cervical dilata e o feio é expelido. * Aborto retido ocorre quando o feto morre mas mantém-se no útero e ou é expelido mais tarde naturalmente ou retirado por operação. Ler Mais...

Na minha primeira consulta pré-natal terá de me ser feito um exame interno?

Não é provável que lhe façam um exame interno na sua primeira consulta. Há mais ou menos vinte anos, quando os testes de gravidez feitos em casa não eram tão fiáveis e as ecografias não eram tão comuns, um exame interno era a melhor forma de confirmar e datar a gravidez. A parteira ou o médico colocavam dois dedos na vagina e pressionavam na parte baixa do abdómen com a outra mão, para determinar o tamanho do útero. Hoje em dia há poucos casos em que seja recomendado um exame interno durante o início da gravidez. Se tiver uma infecção, como infecção fúngica, um exame interno facilita a observação da vagina para detectar qualquer sinal de infecção e para retirar uma amostra de tecido com uma espécie de cotonete de algodão. O esfregaço é enviado para um laboratório para examinar e se poder fazer o tratamento adequado. Se tiver sangramento vaginal, poderá fazer um exame interno com um espéculo (um instrumento com a forma de um bico de pato, usado para testes ginecológicos) para permitir ver o cólo do útero: uma pequena erosão na superfície é uma causa comum de sangramento na gravidez. Embora os exames internos não sejam agradáveis, é importante tentar descontrair para ajudar os músculos da vagina a relaxar e a alargar, e assim evitar o desconforto. Muitas mulheres acham que ajuda respirar lenta e regularmente durante o exame. Ler Mais...

Posso eu mesma verificar a minha dilatação ou pedir ao meu marido para o fazer?

Há uma corrente de pensamento que acredita que o exame vaginal do colo do útero não deve ser feito por rotina por ninguém, durante o progredir de um trabalho de parto normal, e isso inclui-a a si e ao seu companheiro. Há várias razões para isso. Uma é que algumas mulheres acham esse processo muito desconfortável e obtém-se muito pouca informação além da de que o trabalho de parto está em progresso. Outra razão é que introduz o risco de infeção. Se estiver a ter contrações fortes e regulares, o colo do útero começará a dilatar e qualquer exame deverá ser feito por uma parteira treinada ou um obstetra "esterilizados", para limitar o risco de infeção. Há também a possibilidade de quem estiver a fazer o exame poder rebentar a bolsa de águas que envolvem o bebé antes de esta romper naturalmente. Assim, embora possa ser possível sentir o seu próprio colo do útero dependendo da fase de trabalho de parto em que se encontra, isso em geral não é recomendado. Ler Mais...

Que sons pode o meu bebé ouvir dentro do útero?

As orelhas do bebé são visíveis por volta das oito semanas e a primeira reacção a sons fortes foi registada às nove semanas. Isto foi medido em estudos feitos tocando uma variedade de sons perto do abdómen da mãe e registando qualquer resposta, como movimentos, através de ecografias. Julga-se que os bebés começam por ouvir sons graves e os sons mais agudos são ouvidos mais tarde, conforme o aparelho auditivo se vai desenvolvendo. Estudos também sugerem que um feto pode reconhecer a voz da mãe e as vozes de amigos chegados e familiares especificamente durante a gravidez. Um estudo revelou que o feto ouve a voz da mãe e que ao ouvi-la os batimentos do seu coração diminuem, indicando que a voz dela tem um poder calmante. Pelas 16 a 20 semanas, a audição está bastante desenvolvida. Os bebés prematuros nascidos nesta altura reagem aos sons, portanto são uma prova viva de que os bebés dentro do útero, nesta fase da gestação, podem ouvir. Pesquisas também sugerem que os bebés respondem quando lhes lêem histórias ou põem música a tocar, durante a gravidez e após o nascimento. Ler Mais...

Estou com 25 semanas de gravidez e o meu bebé parece que “salta” quando ouve ruídos altos – isso é normal?

Os bebés prematuros reagem aos sons e os sons altos produzem-lhes um “reflexo de susto”, portanto isto é uma prova evidente de que os bebés dentro do útero, durante a gestação, também ouvem e reagem aos sons altos, possivelmente com movimentos repentinos. Como mencionado acima, estudos demonstraram que os bebés podem reagir a sons dentro do útero desde as nove semanas de gestação. Conforme o feto vai crescendo, a audição desenvolve-se com os bebés a responder a uma maior variedade de sons. Ler Mais...

Sair do hospital o procedimento para voltar para casa

Cada hospital difere, mas em geral, antes de ter alta do hospital, serão feitos vários exames. Será examinada por uma parteira ou um médico para verificar se o seu útero está a começar a voltar ao tamanho da pré-gravidez. Se tiver levado pontos, serão examinados para ver se estão a cicatrizar bem. O bebé passará por vários exames de recém-nascido e o seu registo precisará de ser assinado por um pediatra. Se tiver de tomar alguma medicação em casa, esta ser-lhe-á entregue e informá-la-ão de como marcar o seu exame pós-natal. Ler Mais...
Exame para ver se tem feto no utero | Para Pais.