Resultados para: "e normal o bebe ficar abrindo a boca toda hora"

Você está a ver gravidez , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa e normal o bebe ficar abrindo a boca toda hora. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, ver parto normal ver tudo, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

E em caso de eletrocussão?

Mesmo com todas as medidas preventivas assinaladas podem ocorrer casos de eletrocussão e é fundamental saber como proceder (se houver várias pessoas em casa, cada uma deverá fazer uma coisa): - é importantíssimo NINGUÉM se precipitar para cima do acidentado pois se a eletricidade ainda está a passar o adulto pode ficar também ele eletrocutado; - cortar a corrente no disjuntor ou afastar a criaa da tomada ou do fio TOCAN-DO-LHE APENAS com um objetoo condutor de electricidade (madeira, plástico) parao ser electrocutado também; - começar a reanimar a criaa respiração boca-a-boca e massagem cardíaca (vale a pena relembrar aos pais que para cada cinco massagens cardíacas no tórax deveo fazer uma respiração boca-nariz nas criaas pequenas ou boca-a-boca nas maiores). - chamar o 112; - de salientar que as queimaduras por eletricidadeo muitas vezes profundas e o aspecto superficial pode parecer menos grave do que realmente é. Ler Mais...

Ficar em casa com alguém

Ficar em casa com um familiar ou com uma empregada é uma hipótese que é por vezes possível, embora nem sempre tenha viabilidade económica para o casal e nem sempre também seja possível encontrar uma pessoa que inspire a suficiente confiaa para os pais não apenas no sentido deo roubar a casa mas também de não se ir embora de um dia para o outro, deixando os pais com um grande problema entreos. Ficar em casa com o bebé implica ser uma pessoa de confiaa geral, que saiba tomar conta da casa, que saiba tomar conta de bebés e que os estimule quantas criaas são bem tratadas por empregadas, por exemplo, que acabam por não brincar com elas nem as estimular e queo cause ciúmes à mãe, um problema que acaba por surgir quase sempre, já que essa pessoa, na prática sempre uma mulher, acaba por estar mais tempo com o bebé do que a própria progenitora, levando a que a criaa desenvolva laços de afeto com ela, o que é um espinho difícil de engolir pela generalidade das mães. Por outro lado, a partir da idade em que os bebés começam a deslocar-se e a requerer atenção e estímulo a toda a hora, uma empregadao pode estar destinada a fazer as duas coisas: tomar conta do bee fazer a lida da casa. Se for o caso, pode distrair-se e o bebé sofrer, por exemplo, um acidente. Muitas vezes há um familiar queo se importa de dar um certo apoio à família e toma conta do bebé. Com as pessoas a trabalhar longe, com as famílias cada vez mais repartidas por bairros ou vilas diferentes e longe uns dos outros, com os próprios avós e tios a trabalhar (ao contrário do que acontecia nas gerações precedentes), esta situação é, na prática, muito difícil. Além dos problemas de «comando» que acabam por causar - geram-se às vezes mal-estares e conflitos, especialmente se é ae «dele» que vai tomar conta do bebé «dela». A criaa ficar em casa é, no entanto, uma das melhores soluções. Ler Mais...

Amigdalite

Toda a genteouviu falar das amígdalas. Mais, provavelmentetoda a gente passou por uma situação parecida como a do Rui (no caso em seguida descrito): febre alta, dor a engolir, mal-estar, inchaço dos gânglios que ficam por baixo da boca, mau hálito, dor de cabeça e na barriga, falta de apetite e rouquidão. Ou seja, já praticamente todos nós experimentámos os sintomas e sinais de uma amigdalite, ou do seu componente mais chegado, a faringite. As amigdalites e as faringites são doeas que costumam aparecer mais em criaas de idade pré-escolar e escolar, altura em que aamígdalas têm uma dimensão ainda grande. Ler Mais...

Casa, ama, avós ou infantário?

Passados os pouco mais de cem dias de licea de maternidade, que muita gente, cinicamente, ainda designa por «férias de parto», e com a situação actual de a larguíssima maioria das mães trabalhar fora de casa, os pais têm que deixar o bebé com alguém ou em algum lado. Não podendo a criaa ficar sozinha em casa levantam-se várias hipóteses, as quais deveo em boa verdade ser discutidas e analisadas bastante antes da hora. Até porque algumas das soluções, como infantários e creches, obrigam a inscrições precoces que chegam a ir aantes da criaa ter nascido. Se bem que o ensino pré-escolar pareça estar a ganhar um incentivo razoável, subsiste o problema das criaas antes dessa fase, ou seja. com idade inferior a 3 anos completos. Existem, conforme os casos, diversas hipóteses: - ficar em casa com os pais (com ae, ou mais raramente com o pai); - ficar em casa com alguém (empregada, familiar); - ficar em casa de familiares (avós, tios, etc); - ir para uma ama; - ir para uma creche/infantário. Ler Mais...

O bebé da minha amiga dormiu continuamente durante mais ou menos todo o primeiro dia. Isso é normal?

O parto é cansativo para o bee para ae e portantoo é invulgar que as primeiras 24 horas sejam bastante calmas, pois o bebé descansa depois do parto. Os bebés por vezes estão muito despertos e prontos para mamar logo após o parto, mas depois dormem bastante tempo. Além disso, se tiver tomado drogas, como petidina ou diamorfína durante o trabalho de parto, estas podem ir para o sistema do bee contribuir para a sonolência. Se, de início, o seu bebé dormir muito, aproveite o mais possível para descansar, mas amamente-o regularmente - a sua parteira avisá-la-á. Depois das primeiras 24 horas, o seu bebé pode alimentar-se ainda de forma irregular, talvez de hora a hora em cinco horas, e fazer então um sono de quatro horas. Saiba queo há nenhum padrão para os primeiros dias; o seu bebé devealimentar-se quando quiser eo espere por qualquer rotina nesta fase. Ler Mais...

Os Reflexos

Assim que nasce, o beestá equipado com um certo número de reflexos, habitualmente pesquisados nos exames de saúde. A importância que sea esses reflexos já não é tão grande como anteriormente, embora ainda desempenhem um papel de relevo na avaliação da saúde de uma criaa. Um dos reflexos mais evidentes, iniciado muito precocemente na vida intrauterina, é o reflexo da sucção, indispensável para a sobrevivência da criaa. Por outro lado, ao acariciar-se a face de um bebé, ele volta a cabeça para ao que o tocou, procurando sugar - é o chamado reflexo dos pontos cardeais. É por isso que, às vezes, quando as mães acariciam a face dos bebés durante a mamada, eles parecem «afastar-se» do peito; não se trata de nenhuma rejeição do peito mas apenas a resposta normal à estimulação da face. A sucção consiste em três movimentos diferentes da boca e da língua, os quais provocam uma aspiração potente. Outro reflexo é a procura do seio materno: o bebé mexe a cabeça de um lado para o outro, abrindo a boca, numa tentativa de encontrar o mamilo. <a href="http://parapais.com/wp-content/uploads/2014/03/Índiceasdasdfas.jpg">ass="alignnone size-full wp-image-166" alt="Índiceasdasdfas" src="http://parapais.com/wp-content/uploads/2014/03/Índiceasdasdfas.jpg" width="274" height="184" />a> Um reflexo que entusiasma as mães e pais (e os irmãos...) na primeira consulta médica é o reflexo da marcha automática. Posta dea criaa esboça passadas, do mesmo modo que, mantido à superfície da água, agita os braços e as pernas, simulando nadar. Na posição de sentado, o recém-nascido é também capaz de ensaiar tentativas de segurar a cabeça em posição vertical. É indiscutível que os bebés estão, ao nascer, «programados» para saberem sentar-se, andar, ver e até nadar. Outro reflexo muito conhecido é o da preensão. Basta tocar na planta doou na palma dao de um bebé para ele fechar automaticamente os dedos com foa. Acariciando o lado contrário o dorso doou dao - a criaa abre os dedos. O reflexo do abraço, ou de «Moro», é um reflexo de defesa, que por vezes assusta os pais. Deixando cair a cabeça para trás, o recém-nascido estende o pescoço, abre e fecha os braços e as pernas e agita-se.

e="text-align: center;">ong>O que é a Icterícia?ong>

A icterícia 6 a coloração amarelada da pele e das conjuntivas que tom a ver com dois factos: por um lado a imaturidade do fígado do bebé, por outro a grande destruição fisiológica dos glóbulos vermelhos por o bebé passar de um ambiente pouco oxigenado (como o útero) para um ambiente cheio de oxigénio. Precisará, pois, de menos glóbulos e os produtos de destruição desses glóbulos, se o fígado aindao estiver bem preparado, dão origem a um produto amarelo, a bilirrubina, que vai colorir a pele e os tegumentos. As "Ciências fisiológicas (normais) começam aos dois dias de vida, e o beestá bem, com as fezes bem coradas e o xixi normal. As patológicas, como as que estão ligadas a incompatibilidade dos grupos sanguíneos, começam logo a seguir ao parto eo sintomas. De qualquer forma, uma coisa que nunca se deve usar é a água das pedras, como era costume em algumas regiões dos pais. Só irá servir para o bebé se encher de ar e ficar com gases e cólicas Na maternidade fazem imediatamente a distinção entre o tipo de icterícia. E se for fisiológica (por vezes prolongada mais peto facto de o beestar a mamar ao peito, mas sem que isso traga qualquer problema) o que se deve fazer é esperar... Ler Mais...
E normal o bebe ficar abrindo a boca toda hora | Para Pais.