Resultados para: "como saber se os pontos do parto ja cairam"

Você está a ver criança , criança e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa como saber se os pontos do parto ja cairam. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada por dentro, parto normal visto de frente, grávidas parindo parto normal, ver parto normal ver tudo, cesariana inflamada, gemeos escondidos barriga.

Depois de uma episiotomia como aliviar o desconforto dos pontos

Se fez uma episiotomia, o seu períneo poderá ficar bastante desconfortável depois do parto, pois a pele envolvente pode inchar, obrigando os pontos a esticar e o sentar-se torna-se bastante difícil. Eis algumas formas aliviar esse desconforto. Sente-se num anel de borracha para retirar a pressão dos pontos e permitir-lhe que relaxe. Aplique uma placa de gel gelada na zona, ou peça à sua parteira ou médico para lhe receitarem um creme ou spray analgésico. Tente agachar-se sobre a sanita quando urinar pois isso evita que o ácido da urina corra para os pontos. Lave e seque a zona com cuidado depois de ir à casa de banho. Um banho quente ou um duche podem acalmar. Depois de se lavar, seque a zona com cuidado batendo suavemente com uma toalha. Ler Mais...

Serei rasgada quando o bebé sair?

Algumas mulheres rasgam um pouco durante o nascimento dos seus bebés. Infelizmente, é impossível dizer se você irá rasgar ou não até ao preciso momento do parto. Alguns rasgões só atingem a pele e não precisam de pontos. Contudo, outros podem envolver a pele e os músculos por baixo dela e o canal vaginal e isso irá necessitar de pontos. Os pontos serão dados por uma parteira ou um médico experientes depois de lhe ser dada uma injeção de anestesia local. Há algumas provas que indicam que se massajar o períneo, que é a área entre a vagina e o ânus, durante a fase mais adiantada da gravidez pode ajudar a evitar rasgões. Permitir que a cabeça do bebé saia lentamente também pode ajudar a evitar rasgões. Ler Mais...

Tenho ouvido muitas histórias sobre obstruções na enfermaria de trabalhos de parto – eu quero ser útil, mas estou muito nervoso.

Muitos homens ficam muito ansiosos por estarem com as companheiras durante o trabalho de parto e parto. Isso muitas vezes deve-se ao facto de estarem a assistir à experiência das companheiras, uma das coisas mais intensas que uma mulher pode viver, e podem sentir-se inseguros sem saber como ajudar. Provavelmente a melhor forma de ultrapassar os seus receios é falar com a sua companheira sobre a forma como se sente e tentar discutir as formas em que pode ser útil. Com certeza que irá descobrir que há muitas formas de a apoiar, como saber os seus desejos e falar por ela se ela estiver incapaz de o fazer devido às dores, repetir o que as parteiras ou o médico disserem se ela não tiver ouvido ou dar seguimento à informação, dar-lhe de beber, esfregar-lhe as costas, passar-lhe uma toalha pela cara, pôr ou tirar música, e, no geral, encorajá-la e tranquilizá-la. Assistir às aulas de parto juntos pode ser muito útil. Poderá aprender mais sobre o desenrolar do trabalho de parto e do parto, e poderá aprender a saber apoiar a sua companheira tanto física como emocionalmente. Algumas aulas ensinam aos acompanhantes de parto técnicas de massagens que podem ser uma forma eficaz de aliviar a dor durante o trabalho de parto. Também lhe será mostrado como poderá apoiar a sua companheira em certas posições de parto. A parteira da sua companheira poderá informá-lo sobre aulas disponíveis na sua área. Ler Mais...

Estar preparada – preparação prática e mental para o trabalho de parto

E inevitável que o trabalho de parto envolva um certo grau de dor. Embora pareça assustador, aceitar isso e pensar como poderá lidar com a dor pode ajudá-la a enfrentá-la melhor quando chegar a altura. * Informe-se o mais possível sobre as opções para aliviar a dor para poder fazer a escolha que mais lhe agradar no trabalho de parto. Procure saber se precisa de fazer alguma coisa com antecedência, como informar o pessoal se quiser um parto na água. * Tente pensar no resultado final do trabalho de parto e ver a dor como parte do processo que a vai aproximar do bebé. Ler Mais...

Como poderei saber se já estou realmente em trabalho de parto?

O sinal completamente seguro de que está em trabalho de parto é estar com contrações regulares que causam a dilatação e a abertura do colo do útero, e isso só pode ser determinado pela sua parteira ou pelo seu médico durante um exame interno. As contrações do trabalho de parto são em geral dolorosas, ocorrem com muita regularidade e tornam-se cada vez mais fortes e frequentes. Há outros sinais de que o trabalho de parto pode estar a caminho, como o aparecimento ou descarga de muco vaginal, mas estes não são verdadeiros indicadores de que o trabalho de parto está realmente a caminho. Se não tem a certeza se está ou não em trabalho de parto, pode tentar cronometrar as suas contrações desde o início de uma até ao início da seguinte e anotar a frequência com que ocorrem. Se estiver em trabalho de parto, então notará que elas se tornam mais seguidas e aumentam de duração. Se achar que está em trabalho de parto ligue à sua parteira ou ao seu médico. Ler Mais...

Como serei cosida e como será a minha cicatriz?

Se fizer o tipo mais comum de cesariana de incisão transversal, é feito um corte de 12-15 cm ao longo da linha do biquíni. O outro, menos comum, é o tipo "clássico" ou incisão vertical. Durante a cesariana, o cirurgião precisa de cortar através de várias camadas de gordura e tecido antes de fazer uma incisão no útero. Essas camadas internas serão cosidas depois da operação utilizando pontos absorventes e então a camada da pele será cosida ou agrafada no fim. Os agrafes são em geral retirados três dias depois da operação, enquanto os pontos são deixados cerca de cinco dias. Geralmente, retirar os agrafes ou os pontos não causa dor. Ler Mais...
Como saber se os pontos do parto ja cairam | Para Pais.