Resultados para: "como saber se abortei com o cha de boldo"

Você está a ver bebé , bebé e / ou outros itens relacionados com a sua pesquisa como saber se abortei com o cha de boldo. Encontre as melhores dicas para ajudar no desenvolvimento da sua gravidez. cesaria inflamada por dentro, mulheres parindo dentro do hospital, cesaria inflamada, gemeos escondidos barriga, colo do utero dilatado fotos, pontos parto normal coçando, cesariana inflamada.

Pode-se realmente saber o sexo do bebé com antecedência? Estou com 18 semanas e não estou certa se quero saber

É possível identificar o sexo de um bebé em ecografia de rotina por volta das 20 semanas, mas isso depende de uma série de factores, incluindo a eficácia da pessoa que está a fazer a ecografia, a qualidade do equipamento a ser utilizado, a posição do bebé e a posição das pernas dele ou dela. Mesmo que todos estes factores sejam favoráveis e se possam ver os órgãos genitais, há ainda um factor de erro, portanto a informação sobre o sexo do bebé dada por uma ecografia nunca é 100 % segura. Têm sido feitas algumas pesquisas para tentar determinar o sexo numa fase mais inicial, mas isso ainda é menos seguro. Por vezes quando você está a ver a ecografia pode ser capaz de ver os genitais e pode ficar a saber o sexo do seu bebé sem lhe terem dito. Mas lembre-se de que pode estar errada. Se fizer uma amniocentese, o sexo do bebé pode ser identificado definitivamente durante o procedimento. Muitas unidades têm como política só revelar o sexo do bebé se essa informação for pedida. Outras unidades têm como política não dizer a ninguém o sexo do bebé só por ecografia, em parte porque não podem ser 100% seguras e também porque, num pequeno número de casos, a informação sobre o sexo pode conduzir a um pedido para terminar a gravidez. Se quiser saber a política da sua área, pergunte à parteira da sua comunidade. Ler Mais...

O teatro

É bom ser-se inteligente, seja lá o que isso significa... mas ser-se inteligente «racional», apenas, é de uma grande pobreza e não leva a altos voos. Durante muito tempo, as crianças (e os adultos) eram avaliados pelos seus Ql's, com tudo o que isso tinha de falível, errado e até de perverso. Os estudos mais recentes sobre a inteligência mostraram que tão ou mais importante que «saber» é «saber lidar», é «saber relacionar», é «saber sentir». Foi esse um dos pontapés de saída para  valorização da inteligência «emocional», uma das grandes armas de que o ser humano dispõe e que lhe permite sofrer, mas ser feliz, hesitar, mas decidir, raciocinar, mas optar. Muitas crianças têm dificuldade em lidar com os sentimentos, angústias e medos, são tímidas e desenvolvem pouco a sua inteligência emocional, carecendo assim de factores fundamentais para a «luta do dia-a-dia». que a inteligência racional, só por si, não fornece. Aceitar que uma criança tem de «sentir» é essencial, e por issoo basta «abrir a cabeça aos meninos e enchê-la de informação ou mesmo de conhecimentos». Os saberes adquirem-se através de um perspicaz equilíbrio entre as duas formas de inteligência - a racional e a emocional.   É por isso que o teatro, espaço aberto para a exposição segura do «eu», espaço de criatividade fundamentado na realidade, espaço de lazer e de diversão onde se fala de coisas muito sérias, é um excelente veículo para poder exercitar o relacionamento destas duas vertentes da inteligência, tantas vezes separadas e vistas como antagónicas. Ler Mais...

Poderei saber antes do parto se eles são idênticos?

O termo determinação da zigotia significa descobrir se os gémeos são idênticos (monozigóticos) ou não idênticos (dizigóticos ou falsos gémeos). É natural que os pais queiram saber tudo sobre os seus bebés e com os gémeos isso inclui a sua zigotia. Além das razões de curiosidade natural, saber se os gémeos são idênticos pode ajudar os pais a determinar a possibilidade de voltar a ter uma gravidez múltipla e também tem implicações nos cuidados durante a gravidez, pois os gémeos idênticos, em especial se partilharem a placenta, correm maior risco e assim a gravidez deverá ser monitorizada mais de perto. Em dois terços dos casos, a placenta fornece a resposta se os gémeos são idênticos. Se os bebés tiverem um único saco amniótico rodeado por uma membrana exterior de protecção chamada córion, são monozigóticos. Contudo, um terço dos gémeos idênticos cujo ovo se dividiu cedo antes de a placenta se começar a formar, tem dois córions e pode ter uma placenta fundida em que duas placentas crescem juntas ou duas placentas separadas. Estas placentas são difíceis de distinguir das dos gémeos dizigóticos. Ler Mais...

O bebé e a música

Há quem chame à música a «arte perfeita». Desde há muitos anos que se sabe que os bebés gostam de música aliás, como a esmagadora maioria das pessoas. Mas digamos que os bebés têm um «sexto» sentido para a música, para a entenderem como elemento estruturante da informação, do conhecimento, do saber, mas também dos facetos, das relações, do saber fruir e contemplar o tempo e os momentos. Só é estimulado para ouvir e tocar música o bebé que tenha pais ou um infantário que lhe façam ouvir música. E, verdade seja dita, neste campoo deve haver arrogâncias intelectuais cada um deverá fazer chegar ao bebé a música que entender mais conveniente. Uma casa onde se ouve música é uma casa onde o tempo tem uma gestão diferente, onde há mais hipóteses de tranquilidade, onde os ritmos são mais «à escala humana». Onde a televisão está provavelmente fechada por períodos mais longos. Ler Mais...

Tenho ouvido muitas histórias sobre obstruções na enfermaria de trabalhos de parto – eu quero ser útil, mas estou muito nervoso.

Muitos homens ficam muito ansiosos por estarem com as companheiras durante o trabalho de parto e parto. Isso muitas vezes deve-se ao facto de estarem a assistir à experiência das companheiras, uma das coisas mais intensas que uma mulher pode viver, e podem sentir-se inseguros sem saber como ajudar. Provavelmente a melhor forma de ultrapassar os seus receios é falar com a sua companheira sobre a forma como se sente e tentar discutir as formas em que pode ser útil. Com certeza que irá descobrir que há muitas formas de a apoiar, como saber os seus desejos e falar por ela se ela estiver incapaz de o fazer devido às dores, repetir o que as parteiras ou o médico disserem se ela não tiver ouvido ou dar seguimento à informação, dar-lhe de beber, esfregar-lhe as costas, passar-lhe uma toalha pela cara, pôr ou tirar música, e, no geral, encorajá-la e tranquilizá-la. Assistir às aulas de parto juntos pode ser muito útil. Poderá aprender mais sobre o desenrolar do trabalho de parto e do parto, e poderá aprender a saber apoiar a sua companheira tanto física como emocionalmente. Algumas aulas ensinam aos acompanhantes de parto técnicas de massagens que podem ser uma forma eficaz de aliviar a dor durante o trabalho de parto. Também lhe será mostrado como poderá apoiar a sua companheira em certas posições de parto. A parteira da sua companheira poderá informá-lo sobre aulas disponíveis na sua área. Ler Mais...

Como poderei saber se o meu bebé tomou leite suficiente?

Embora não possa medir a quantidade exata de leite que o seu bebé toma, os seios funcionam numa base de fornecimento e necessidade, portanto o seu corpo responde ao sugar do seu bebé. Em geral, os bebés mamam pelo menos 10 minutos em cada mamada nos primeiros dias depois do parto e poderá precisar de dar ambos os seios antes de ele estar satisfeito. Pode saber se o seu bebé se está a amamentar bem quando o seu maxilar inferior se movimentar de forma ritmada enquanto ele está ao peito. Quando estiver cheio, adormecerá ou soltará o mamilo e ficará acordado satisfeito. Não deverá interromper a mamada, mesmo para mudar de seio. Outro sinal de que o seu bebé teve leite suficiente é a quantidade de fraldas molhadas e sujas que produz. (Os bebés amamentados têm a tendência a fazer um cocó mais solto do que os alimentados a biberão). Se julgar que o seu bebé não está satisfeito, peça conselho ao pediatra ou médico de família. Ler Mais...
Como saber se abortei com o cha de boldo | Para Pais.